Siga nas Redes Sociais

Listas

De despercebida à liderança de vendas: A evolução da Fiat Strada!

Conheça a história e toda a evolução da Fiat Strada

Por

Murilo C. 

| Publicado em

Fiat Strada

Nos dias de hoje a Fiat Strada é sinônimo de sucesso e vendas. Depois de passar por uma renovação visual a pequena notável da montadora italiana deve ganhar ainda mais fôlego para se manter na liderança e continuar arrebatando os corações de seus admiradores. 

A renovação do modelo veio em hora oportuna e é apontado por especialistas como um trunfo da montadora para manter os bons níveis de vendas durante a pandemia!

Quem vê o modelo brilhando nos últimos anos muitas vezes não se lembra que os dias da pequena picape nem sempre foram de glórias.

Aproveitando os dias de estrelato da Strada, nós do Senhor Carros vamos te contar hoje toda a história de evolução desse que é um dos modelos preferidos do Brasileiros. 

Para conhecer a evolução de um dos melhores veículos do Brasil é só continuar a ler esse artigo. Partiu?

ANÚNCIOS

Pioneirismo da Fiat com picapes

Antes falarmos da Strada é preciso voltar no tempo para compreender que o sucesso começou há muito tempo atrás. 

A montadora italiana foi pioneira no segmento de picapes quando no ano de 1978 criou a 147 Pickup.

Na época era a solução ideal para quem precisava de um veículo com caçamba e não tinha espaço nem dinheiro para comprar uma Chevrolet D10 ou uma Ford F-1000.

147 Pickup.
147 Pickup foi a primeira picape da Fiat

Rapidamente a concorrência se mexeu e modelos como Ford Pampa, Chevrolet Saveiro e Volkswagen Saveiro surgiram.

Todas desenvolvidas a partir de modelos já existentes como forma de facilitar o processo de criação 

Com o passar dos anos, a montadora mudou a base e a pickup 147 se aposentou dando origem a Fiorino. Foi apenas em 1998 que a Fiat Strada surgiu como uma integrante da família do Palio. 

Embora o Palio nunca conseguiu se estabelecer perante ao seu irmão Uno, a Strada rapidamente encontrou o seu lugar e se estabeleceu como líder de seu segmento.

ANÚNCIOS

Fiat Strada começou simples

Como tudo tem que ser a Strada teve um início básico. Quando lançada contava apenas com cabine simples e suspensão com feixes de mola. 

Por ter uma caçamba maior do que as rivais conseguia transportar maior volume de carga e o motor 1.5 de 76 cavalos da versão Working atendia às expectativas de quem precisava andar com com a picape cheia. 

Fiat Strada 98
Fiat Strada 98: Começo de uma lenda

Além do motor 1.5 de 76 cavalos, a Strada contou com o motor 1.6 8V de 92 cavalos e o poderoso 1.6 16V de 106 cavalos. 

No interior a picape repetia o Layout do Palio o que para época era algo muito sofisticado. Assim, a Strada tinha à disposição: rádio com toca-fitas, ar-condicionado e vidros elétricos. 

ANÚNCIOS

Rivais forçaram evolução

No final dos anos 90 a Strada tinha duas rivais ferrenhas: A picape Corsa e a segunda geração da saveiro. Ambas tinham linhas mais modernas e faziam mais sucesso com o público jovem.

A Saveiro inclusive contava com uma abertura traseira da janela. Embora isso causasse uma aparência de mais espaço atrás do banco nada mais era que um recurso da montadora para encaixar as portas dianteiras do Gol e Parati, já que todos usavam a mesma base.

Entretanto o artifício da Volkswagen serviu como inspiração. Em 199 a Fiat teve a ideia de reduzir a parte traseira do volume da cabine e estender a caçamba criando um compartimento de bagagem interno sobre o tanque de combustível.

Cabine estendida
Em 1999 Strada ganhou cabine estendida

A possibilidade de levar pertences dentro da cabine agradou os consumidores que ao mesmo tempo buscavam um veículo para trabalhar e um carro que pude ser usado no dia a dia. 

O compartimento permitia levar até duas malas médias. Isso resolvia o problema de quem precisava viajar e não queria deixar a bagagem exposta na caçamba. Esse foi o pulo da gato para assumir de vez a liderança no segmento. 

ANÚNCIOS

Reestilização para diferentes versões

Em 2001 a Fiat deu início à reestilização da linha Palio. O hatch recebeu uma série de novidades externas e internas. 

Por fora as mudanças foram novos faróis, lanternas, para-choques, capô e tampa do porta-malas.

No interior a principal atualização foi no painel. Além disso a inclusão do Cd Player foi ouro salto em termos de evolução e reestilização. 

Emboras mudanças tenham começado em 2001 a Strada só recebeu as atualizações em 2002.

Adventure
Versão Adventure também ganhou reestilização

A reestilização também chegou às outras versões como foi o caso da Strada Adventure.

Nessa época surgiu também o novo motor 1.8 8V de 108 cavalos que foi fruto da parceria técnica entre Fiat e GM. A unidade de potência dava mais torque à já forte picape. 

ANÚNCIOS

Geração bolha e motor 1.4

Dois anos depois e já consolidada como líder, em 2004 a Fiat Strada ganhou nova atualização acompanhando seus irmãos de montadora. Era o início da era da geração bolha. 

O apelido era uma alusão direta aos faróis que tinham um formato de parábola dupla. Para-choques novos e lanternas completavam a nova plástica da picape. 

No interior a Strada também passou por renovações, mas mantendo a disposição de equipamentos como sistema de som, comando de difusores e comandos de refrigeração próximos ao porta-objetos.

Afinal em time que está ganhando não se mexe.

No ano seguinte a Fiat incluiu o motor 1.4 fire de 85 cavalos. Motor esse que fez muito sucesso por sua força e economia e teve longos anos sob a capô de muitos modelos da montadora. 

ANÚNCIOS

Terceira reestilização e recurso Locker 

No ano de 2008 a Strada passou por sua terceira reestilização que ficou marcada por novidades nos faróis, para-choques e lanternas traseiras que se estendiam para a tampa da caçamba. 

A versão Adventure ganhou elementos estéticos que deixavam o seu visual mais robusto e intimidador com novas molduras no nos para-choques, santontônio emoldurado e estribos.

Strada Locker
Strada ganhou versão Locker

No interior o painel passou por plásticas simples simples que não alteravam a disposição dos instrumentos.

As principais novidades eram os inclinômetros longitudinal e lateral e uma bússola. A novidade também recebeu o bloqueio diferencial batizado de Locker. 

O Locker era um recurso para ampliar a capacitação da Strada em pisos irregulares e estradas de terra. A sua irmã Weekend Adventure também ganhou tal recurso. 

ANÚNCIOS

Cabine dupla

Mesmo com liderança consolidada a Fiat não ficou parada. Da mesma forma que em 1978 se espelhou nas grandes picapes da época, no ano de 2009 a inspiração veio das picapes médias com o lançamento da versão com cabine dupla. 

Tratava-se da solução não apenas para quem tinha na picape um carro de família e que precisava trabalhar ou usar o veículo para diversão aos finais de semana.

Cabine dupla
Fiat Strada Cabine dupla foi revolução

Embora o banco traseiro só carregava dois ocupantes e não três como em veículos tradicionais a solução foi satisfatória. 

O modelo se tornou um sucesso e a opção de cabine dupla também foi oferecida para outras versões da pequena picape. 

ANÚNCIOS

Motores E-Torq e câmbio dualogic

Em 2010 a Fiat incorporou a muitos modelos os motores E-torq. As unidades 1.6 16V de 116 cavalos e 1.8 16V de 132 cavalos chegaram para substituir o antigo e defasado 1.8 da GM. 

A Strada recebeu o motor de maior potência e acabou ganhando uma nova versão a Sporting. Essa nova versão seguia o padrão adotado em modelos como punto, Stilo, Siena, Palio e Idea.

Strada Sporting
Fiat Strada Sporting

O resultado ficou interessante com a Picape recebendo novas molduras no para-lamas integradas à uma saia lateral. Novos para-choques e faróis com máscara negra a deixaram com um invocado. 

No ano seguinte, a Fiat Strada recebeu o câmbio dualogic que no futuro viria a ser uma dor de cabeça para a montadora por conta de seus problemas e manutenção cara.

Dualogic
Strada já teve o problemático câmbio dualogic

Outros modelos da marca como Stilo e Punto também foram equipados com o problemático câmbio.

ANÚNCIOS

Terceira porta

Mesmo a cabine dupla sendo uma solução satisfatória o acesso à fileira traseira era pouco prático. Afinal o brasileiro estava desacostumado a andar em automóveis de duas portas. 

Mas colocar mais duas portas na picape iria demandar modificações extremas que poderiam afetar todo o projeto e até mesmo o desenvolvimento de uma nova carroceria. Algo fora de cogitação para a marca. 

A solução foi buscar no mercado uma solução. Assim em 2014 a adoção de uma terceira porta que abria em ângulo contrário do lado direito resolveu essa questão, já que abria um grande vão de acesso. 

três portas
Terceira porta foi grande sacada da Fiat

A inspiração veio da Ford Ranger Crew Cab que tinha adotado uma terceira porta alguns anos antes. 

Para tornar a “engenhoca” viável, a Fiat precisou fazer reforços estruturais na Strada como forma de impedir a torção da carroceria. Assim a Strada conta com a terceira porta até hoje. 

ANÚNCIOS

1 milhão de marcas vendidas

Em pouco tempo a adoção da terceira porta se mostrou uma decisão acertada.

Com isso a Fiat ampliar a opção para a versão de trabalho, a Hard Working equipada com o motor Fire 1.4. Com isso o modelo atingiu a incrível marca de unidades vendidas. 

Apenas para ilustrar a popularidade da picape: Em março de 2015 a Fiat Strada foi o modelo mais vendido do Brasil com 9.946 exemplares emplacados de acordo com dados da FENABRAVE - Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores. 

1 milhão
Modelo atingiu 1 milhão de unidades vendidas

Esse volume de vendas desbancou modelos como HB20 e Onix que iniciou seu reinado em 2015, além do Palio que foi o carro mais vendido em 2014. 

ANÚNCIOS

Nova geração enfim chega às ruas

E como ocorreu com muitos outros veículos a nova geração da Fiat Strada teve seu lançamento adiado pelo pandemia de coronavírus. 

Totalmente reestilizada em termos visuais e funcionais a picape conta os novos motores 1.3 Fire Fly e o antigo e funcional motor 1.4 Fire Evo.

Nova Fiat Strada
Nova Fiat Strada

Ao todo há cinco versões disponíveis com os preços partindo de R$ 63.590 podendo chegar a R$ 79.990.

Com as mudanças a Fiat pretende manter a Strada na liderança do segmento por mais muitos e muitos anos. 

ANÚNCIOS

Conclusão

Como é fácil notar, a Strada não é líder do seu segmento à toa. É muito difícil encontrar quem não goste da pequena picape.

Mas queremos saber de você: Você gosta do modelo ou prefere algum outro entre seus concorrentes? Conta pra gente através dos comentários. 

Depois de conhecer toda a evolução da Fiat Strada que tal conhecer os modelos mais vendidos da montadora em 2020?

Como você deve imaginar, a picape está entre eles, mas há outros nomes que são verdadeiras surpresas. Para conferir é só clicar no botão abaixo!

ANÚNCIOS
ANÚNCIOS

Em Alta