Artigos

Lançamentos adiados pelo coronavírus: Os 10 carros que ficarão para depois!

por

Murilo C.

Publicado em

O Covid-19 não para de se alastrar pelo mundo.

Além de prejudicar a vida de milhões de pessoas em todo o planeta, o vírus alterou o funcionamento de mercados de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

Entre eles, o mercado automotivo, e o resultado disso são lançamentos adiados pelo coronavírus. 

Nós do Senhor Carros separamos quais lançamentos sofreram algum tipo de atraso por conta da pandemia.

Confira nossa lista com os 10 principais!

ANÚNCIOS

10. Nissan Versa 

A montadora Japonesa já tinha programado todo o lançamento da nova geração do Nissan Versa para o Brasil, mas os planos foram totalmente afetados pela pandemia que assola o mundo inteiro. 

O Novo Nissan Versa tinha previsão de chegada para o mercado brasileiro entre os meses de abril e maio.

Atualmente seu lançamento está programado para junho, isso se o coronavírus estiver controlado até lá, é claro. 

O Sedã contará com três versões e será equipado com motor 1.6 de 120 cavalos para enfrentar modelos como Chevrolet Onix Plus, Honda City e Fiat Cronos.

Nissan Versa
Nissan Versa

9. Peugeot 208 

O Peugeot 208 é mais um dos lançamentos adiados pelo coronavírus.

Visto como um divisor de águas, a montadora francesa aposta no modelo para voltar a crescer no Brasil.

Na Europa, o modelo agradou tanto que recebeu o prêmio de carro do ano 2020.

Entretanto, desse lado do oceano, precisaremos esperar um pouco mais para descobrir se o modelo vai corresponder às expectativas. 

O modelo apostará em tecnologias inéditas para o segmento, como sistema de frenagem autônoma de emergência e controle de cruzeiro adaptativo.

Sob o capô, um motor 1.2 aspirado Puretech de 90 cavalos ou um motor 1.2 turbo com 130 cavalos foram prometidos pela montadora.

A apresentação do Peugeot 208 estava prevista para Abril, mas como o veículo será produzido na fábrica argentina de El Palomar, e o país vizinho está em um isolamento social mais duro do que o adotado no Brasil, não existe uma data definida para lançamento, que deve ficar para o segundo semestre. 

Peugeot 208
Peugeot 208

8. Fiat Strada 

A Fiat havia liberado teasers da Nova Strada para o público em geral. Pessoas próximas a marca sinalizavam que tudo já estava pronto para o lançamento da pequena picape, mas infelizmente os planos acabaram sendo adiados por motivo de força maior. 

A produção da Fiat foi interrompida em todas as fábricas do país, e isso faz com que não haja uma expectativa quanto a data de lançamento e a nova geração da Strada, muito esperada por conta de uma série de novidades. O modelo contará com elementos compartilhados com o mobi, como estrutura dianteira, portas, para-brisa e interior, além de versões de cabine simples e dupla. 

O modelo de entrada vai manter o motor 1.4 fire de 88 cavalos, enquanto as mais caras serão equipadas com motorização 1.3 firefly de 109 cavalos com um câmbio manual de cinco marchas como única opção.

A montadora foi questionada sobre a possibilidade de um lançamento online, a exemplo do que ocorreu com a Chevrolet Tracker, mas o alto escalão da marca no Brasil afirmou que isso está fora dos planos da empresa. 

Fiat Strada
Fiat Strada 

7. Volkswagen Nivus 

O Volkswagen Nivus é mais um dos lançamentos adiados pelo coronavírus que foi muito sentido pelos profissionais do setor. O modelo tinha previsão de chegar às concessionárias brasileiras na segunda quinzena de maio. 

Além de adiar o lançamento do Nivus, a montadora alemã também vai adiar o lançamento do crossover derivado do Polo para o segundo semestre. 

Na cabine, o Nivus contará com um quadro digital de 12 polegadas de série, além de uma central multimídia com internet 4G integrada inédita no Brasil. O modelo será responsável ainda por estrear o novo logotipo da marca no Brasil e o volante de três raios do Golf 8.

No quesito motorização, o Nivus contará com motor 1.0 200 TSI com 128 cavalos, equipado somente com câmbio automático de seis marchas. 

Volkswagen Nivus
Volkswagen Nivus

6. Mitsubishi Outlander Sport 

Embora tenha a nomenclatura Sport, o modelo na verdade é uma reestilização do Mitsubishi ASX. Rebatizado, o SUV é mais um na lista dos lançamentos adiados pelo coronavírus e tinha estreia prevista para o segundo trimestre deste ano. 

A reestilização é inspirada no irmão mais velho – Eclipse Cross, do qual, inclusive, compartilha a mesma plataforma. Na cabine, a novidade é uma central multimídia de 8 polegadas. O motor é 2.0 flex de 170 cavalos do ASX será mantido, assim como o câmbio automático CVT.

Mitsubishi Outlander Sport
Mitsubishi Outlander Sport 

5. Caoa Chery Arrizo 6

O Caoa Chery Arizzo 6, é mais um modelo dentre tantos lançamentos adiados pelo coronavírus. Com previsão de chegada para o primeiro semestre, provavelmente, o sedã só será lançado no segundo semestre, com a ingrata missão de enfrentar concorrentes como Toyota Corolla e Honda Civic.

A exemplo de seus concorrentes, o Chery Arrizo 6 possui medidas extravagantes, contando com 4,71 metros de comprimento, 1,82 metros de largura, 1,49 metros de altura e 2,67 metros de distância entre-eixos.

O Motor deve ser o mesmo utilizado no Arrizo 5: 1.5 flex capaz de render 150 cavalos, com um câmbio CVT de 9 Marchas. A data de lançamento do Arrizo 6, ainda não foi confirmada pela Caoa.

Caoa Chery Arrizo 6
Caoa Chery Arrizo 6

4. Ford Ranger Storm

A Ford Ranger Storm tinha lançamento previsto para março, mas o coronavirus também adiou os planos da montadora Norte americana. 

A Nova Picape, tem um visual diferente, inspirado no apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo ainda em  2018, com molduras ao redor das caixas de rodas, rodas escurecidas e adesivos nas bases das portas, além disso, os pneus escolhidos são de uso misto. 

O motor é o mesmo das versões top de linha, um 2.3 turbodiesel de 200 cavalos, com um câmbio automático de 6 velocidades. 

Ford Ranger Storm
Ford Ranger Storm

3. Caoa Chery Tiggo 8

Depois do Tiggo 2, 5X e Tiggo 7, a Caoa Chery, a montadora está pronta para colocar mais um SUV nas ruas do Brasil, o Tiggo 8. Após uma reestilização no Salão de Xangai em 2019, o utilitário tinha lançamento previsto no Brasil ainda para o primeiro semestre. 

Entretanto, por conta da pandemia de Coronavírus, a previsão de chegada do novo modelo está prevista para o segundo semestre, assim que as medidas de isolamento social e quarentena forem encerradas. 

Caoa Chery Tiggo 8
Caoa Chery Tiggo 8

2. Citroen C5 AirCross

A Citroen tem se mobilizado para trazer um rival para o Jeep Compass, que vem dominando as vendas no mercado brasileiro, e visando aproveitar o bom momento de vendas do C4 Cactus, a montadora francesa tinha em mente trazer para o Brasil, o  C5 Aircross, entretanto, esse é mais um dos lançamentos adiados pelo coronavírus. 

O novo Citroen C5 Aircross tinha previsão de lançamento entre os meses de maio e junho deste anos. Até agora, não há uma nova definida para sua chegada. O modelo contará com motor 1.6 turbo de 165 cavalos com uma faixa de preço na casa dos R$ 150 mil. 

Citroen C5 AirCross
Citroen C5 AirCross

1. Ford Territory 

E por fim, o último dos lançamentos adiados pelo coronavírus é a SUV Ford Territory. A pandemia afetou muito a estreia do modelo não só no Brasil, como em todo mundo, pelo simples fato de ser produzido na China, local considerado o primeiro epicentro da pandemia no planeta.

O Ford Territory é baseado no modelo chinês da JMC, o Yusheng S330. O SUV possui porte de Jeep Compass e contará com muitos itens de série, tais como câmera 360º, controle de cruzeiro, sistema de estacionamento automático, monitoramento de pontos de cego e alerta de permanência em faixa. O modelo terá sob o capô, um  motor 1.5 turbo flex de 145 cavalos com câmbio automático CVT.

Ford Territory
Ford Territory 

E aí? Na sua opinião qual dos lançamentos adiados pelo coronavírus fará mais falta no mercado brasileiro nesse momento? 

Depois de descobrir quais são os lançamentos adiados pelo coronavírus, que tal conferir a lista daqueles modelos que são considerados os carros mais exclusivos do mundo? Para isso é só clicar no botão a seguir!

Murilo C.

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Listas

É o fim: Saiba quais são os carros que vão sair de linha em 2020

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Carros que vão sair de linha

Sempre que o ano chega em seu segundo semestre, notícias temerosas surgem no universo automotivo e em 2020 a história não é diferente. Muitos modelos já estão com data marcada para desaparecer. Embora alguns vão ser substituídos por novas gerações, há alguns carros que vão sair de linha. 

Se você escolheu 2020 como o ano para comprar um carro, não feche nenhum negócio antes de ler o artigo de hoje, afinal, comprar um carro que vai sair de linha nem sempre é uma boa idéia. 

Com o objetivo de te manter informado, nós do Senhor Carros vamos te mostrar hoje quais são os carros que vão sair de linha em 2020. Não deixe de conferir. 

Carros que vão sair de linha em 2020: Saiba quais são

Saiba agora quais são os carros que vão sair de linha em 2020

Chevrolet Cobalt

Com o lançamento do Onix Plus, a chevrolet disse que o Cobalt não sairia de linha. 

Até agora, o modelo ainda é comercializado em concessionários, mas de acordo com informações de representantes da marca, as unidades comercializadas são 2019/2020.

Cobalt
Cobalt é cotado para aposentadoria eterna

Assim que os estoques acabarem, o Chevrolet Cobalt chegará ao fim de sua jornada. Seu irmão menor, o Joy Plus (antes chamado de Prisma) ganhou sobrevida e deverá deixar o mercado apenas no fim de 2022.

Ford Fusion

As perspectivas são obscuras para o Ford Fusion. A montadora estadunidense já afirmou que o modelo, que é produzido no México e exportado para EUA e Brasil terá a produção encerrada. 

De acordo com a própria Ford, um substituto direto está descartado, uma vez que a marca vai abandonar o segmento de sedãs médios e grandes para focar em SUVs. A chegada do Bronco é um exemplo disso. 

Fusion
Fim da linha para o Fusion

O modelo ainda segue sendo comercializado nas concessionárias, mas sob a chancela de produção e modelo 2019/2020. 

Hyundai IX35

O Hyundai IX35 pode até não sair de linha em 2020, mas seu futuro é um tanto quanto incerto. 

O motivo do modelo estar na lista dos carros que vão sair de linha em 2020 é sua baixa participação no mercado. 

Além de sofrer derrotas consecutivas para concorrentes de outra marca, o Creta faz concorrência interna direta por ser mais moderno e ter valores semelhantes. 

IX35
Imbróglio jurídico e baixas vendas devem colocar fim na produção do IX35

Embora o modelo 2020 esteja sendo comercializado, e eIxista um contrato de produção entre a Hyundai e a Caoa, a empresa sul-coreana se recusa a renová-lo. 

O imbróglio é tão grande que está sendo analisado no tribunal de justiça de Frankfurt na Alemanha. Pela nossa experiência na área, é muito provável que 2020 seja o fim da linha para o IX35. 

Volkswagen Fox

O Fox pode até ganhar sobrevida e sobreviver mais um ano, mas se isso ocorrer, os modelos provavelmente serão comercializados como 2020/2021. 

A sobrevivência do pequeno hatch está atrelada ao seu desempenho comercial. Em 2019 o modelo foi o 19º carro mais vendido por aqui com mais de 38 mil unidades emplacadas. 

Fox
Vendas podem sacramentar a produção do Fox

O problema é que seus emplacamentos vêm sofrendo quedas constantes. É importante lembrar que a SpaceFox já foi descontinuada exatamente por conta de seu fraco desempenho de vendas. 

Gerações que sairão de linha em 2020

A exemplo de alguns carros que vão sair de linha em 2020, há também as gerações que estão se despedindo para dar lugar às suas sucessoras, que terão apenas seus nomes, mas que na prática serão totalmente diferentes. Bora saber quais são?

Renault Duster

Conforme já mostramos aqui, o novo Duster passou por algumas alterações que são fáceis de serem notadas, mas que deixaram a desejar. 

O carro foi sim, e é considerado pela montadora francesa como uma nova geração, mas só de olhar, é possível encontrar muitas semelhanças com a geração anterior. Além disso, a motorização é sem sombra de dúvidas o ponto fraco dessa “renovação”

O novo Renault Duster conta apenas com uma opção de motor, o “defasado” 1.6 Sce de 120 cavalos. 

Duster
Nova geração do Duster é semelhante à anterior

O aclamado motor 2.0 aspirado saiu de linha e o substituto natural, que seria o 1.3 turbo ainda não deus as caras por aqui. Algo que pode atrapalhar as vendas. 

Chevrolet Tracker

O Tracker é mais um modelo que terá sua geração renovada. 

O modelo que antes era fabricado e importado do México passou por idas e vindas no mercado brasileiro e agora tenta se firmar de uma vez por todas como um SUV competitivo e atrativo. 

Além do visual renovado, as versões mais básicas do novo Chevrolet Tracker trazem sob o capô um motor 1.0 turbo flex de 3 cilindros, capazes de render até 116 cavalos de potência e câmbios manual ou automático de 6 marchas. 

Tracker
Chevrolet Tracker mudou da água pro vinho

Já as versões superiores, são equipadas com um inédito motor 1.2 turbo, também de três cilindros, flex, mas somente com câmbio automático de 6 velocidades. Sem sombra de dúvidas um “plus” para enfrentar a concorrência. 

Peugeot 208

Considerado o “carro chefe” da montadora francesa no Brasil, o 208 vai ganhar uma nova geração incrível. 

O modelo será igual ao europeu que foi lançado no ano passado. A exemplo de muitos outros veículos, o novo 208 teve seu lançamento e vendas atrapalhados pela pandemia do novo coronavírus. 

A geração atual do 208 é fabricada na fábrica de Porto Real no RJ, mas o novo será produzido na Argentina, na fábrica da montadora na cidade de El Palomar e será importado para o Brasil com os benefícios comerciais assegurados pelo Mercosul. 

208
Peugeot 208 passou sofreu mudanças profundas

O hatch é parte importante dos planos da Peugeot para aumentar a participação no mercado automotivo brasileiro a partir de 2021.

Honda FIT

A quarta geração do Honda Fit foi apresentada na última edição do Salão do Automóvel de Tóquio e é esperada aqui no Brasil ainda no segundo semestre de 2020. 

Embora tenha sido totalmente reformulado, o modo mantém o foco no aproveitamento do espaço interno e praticidade no interior do habitáculo. 

Além da renovação estética, o Fit conta com novidades no motor. Pela primeira vez, o modelo será equipado com uma unidade 1.0 turbo de três cilindros e injeção direta associado a um câmbio CVT. 

Honda Fit
Honda Fit passou por alterações mais do que necessárias

Já no mercado europeu, o Fit da nova geração terá uma versão híbrida, movida por um motor 1.5 à combustão movido a gasolina e outro elétrico. 

Agora queremos saber de você. Qual é o seu modelo preferido entre os carros que vão sair de linha de 2020? Deixe um comentário contando pra gente. 

E depois de descobrir quais são os modelos de carros que vão sair de linha em 2020 que tal conferir uma lista com aqueles modelos que mais se destacaram na última década? Para isso, é só clicar no botão a seguir.

Continuar Lendo

Em Alta