Listas

Saiba quais são 10 carros mais vendidos da Fiat em 2020

No Brasil há mais de 50 anos, a montadora italiana é uma das preferidas dos brasileiros. Saiba quais são 10 carros mais vendidos da Fiat em 2020

carros mais vendidos da Fiat

A conhecida montadora italiana ocupa atualmente a terceira posição entre as marcas que mais vendem carros no Brasil, mas você sabe quais foram os 10 carros mais vendidos da Fiat até agora por aqui?

Após uma minuciosa pesquisa em dados de emplacamento, nós do Senhor Carros trazemos uma lista mais do que atualizada com os carros mais vendidos da Fiat até agora em 2020.

Se você gosta dos carros da marca, tem um modelo ou está pensando em comprar um veículo da montadora, não pode deixar de ler o artigo de hoje. 

Anúncios

Os carros mais vendidos da Fiat em 2020

Embora pouca gente saiba, a Fiat é uma marca global da FCA – Fiat Chrysler Automobiles, tendo participação em muitas outras marcas, como é o caso da Ferrari, por exemplo. 

O grupo, possui unidades de produção em 40 países e presença comercial em 150 países. a Fiat é uma das empresas automobilísticas com maior tradição e reconhecimento entre os brasileiros. 

Instalada na cidade de Betim em MG desde o ano de 1976, a Fiat possui uma capacidade de produção de até 800 mil veículos por ano. 

A empresa concluiu recentemente, um ciclo de investimento de grande importância na faixa dos R$ 7 bilhões, para modernização da fábrica e ampliação da capacidade produtiva. 

Além disso, a montadora também investe no desenvolvimento de novos produtos, tecnologias, qualidade e capacitação de engenharia para execução de projetos ousados inovadores, como é o caso da Fiat Toro, por exemplo. 

É importante mencionar, que a montadora é uma das que mais leva em consideração a opinião dos clientes na hora de desenvolver novos projetos e realizar modificações em veículos que já estão em linha. 

Dito isso, é hora de seguirmos para aqueles que são os modelos mais vendidos da marca por aqui. Partiu conferir!

Anúncios

10 Fiat Weekend

Na décima e última colocação da nossa lista está a Fiat Weekend. 

Uma sobrevivente dos velhos tempos a perua que já foi sucesso de venda entre grandes famílias e trabalhadores está literalmente relegada ao esquecimento. 

Há algum tempo que se fala no encerramento de produção do modelo, entretanto, 2020 é dado como o ano de morte da weekend. Até agora, só foram emplacadas 130 unidades, uma verdadeira derrota. 

Fiat Weekend
Fiat Weekend

9. Fiat Doblo

O Fiat Doblo é outro modelo da montadora que ou você ama ou você odeia, não há um meio termo. 

Seu design um tanto quanto duvidoso divide opiniões, entretanto o modelo é funcional, afinal é capaz de levar um grande número de ocupantes, pode ser utilizado para trabalho e principalmente por pessoas com problemas de mobilidade. 

Fiat Doblo
Fiat Doblo

Com diferentes versões e itens de série, o Doblo teve ao todo 1.610 unidades emplacadas até o final de julho. 

Anúncios

8. Fiat Grand Siena

Na oitava posição entre os 10 carros mais vendidos da Fiat em 2020 temos o sucessor do Siena. 

O Grand Siena foi a aposta da montadora italiana depois do Linea sair de linha. Entretanto, o modelo não foi e ainda não é páreo para os rivais de peso da categoria. 

Fiat Grand Siena
Fiat Grand Siena

Com motor inferior, itens de série básicos e valores pouco atrativos, e concorrência interna do Cronos, o Grand Siena pode ser mais um na linha de sucessão a ser descontinuado em breve. 

Até agora, foram comercializadas apenas 5.461 unidades.

7. Fiat Fiorino

Aqui temos um modelo da Fiat totalmente voltado pro trabalho, a Fiorino. Por isso, não é de se estranhar que ela esteja na lista dos mais vendidos da montadora por aqui. 

Fiat Fiorino
Fiat Fiorino

A Fiorino é uma ótima opção de trabalho pelo simples fato de aliar toda a confiabilidade mecânica da Fiat a um amplo espaço de carga, podendo ser utilizada para as mais diferentes finalidades de trabalho. 

Ao todo, foram emplacadas 6.610 unidades da Fiorino. 

6. Fiat Uno

O Fiat Uno já foi sinônimo de carro popular e conseguiu brigar de igual para igual com o Gol, que foi líder isolado de vendas por anos, mas isso ficou no passado.

Após reestilização, o modelo subiu de preço e perdeu o apelo popular. Hoje é possível encontrar diferentes versões do pequeno notável, há até mesmo opção de câmbio automático, quem iria imaginar isso, dez, quinze anos atrás?

Fiat Uno
Fiat Uno

A verdade é que mesmo com alterações, o Uno ainda é bem quisto, mas já não é aquele sucesso de vendas. Até o momento, foram comercializadas 7.274 unidade. 

5. Fiat Cronos

Na quinta posição dos carros mais vendidos da Fiat temos o Cronos, o sedan possui um maior número de vendas do que o Grand Siena por conta de seus valores, acessórios e versões. 

O modelo conta com a nova motorização firefly que não está presente no seu irmão mais velho, Grand Siena. Entretanto, o modelo não pegou como a montadora esperava e acabou sendo preterido pelos clientes por seus concorrentes. 

Fiat Cronos
Fiat Cronos

Seu números de vendas são relativamente fracos. Ao todo apenas 8.799 unidades foram vendidas em 2020.

4. Fiat Mobi

Na quarta posição, temos o carro que já foi o mais barato do Brasil. Trata-se do Fiat Mobi. 

O Mobi é a nova opção de popular da Fiat que tomou o lugar do uno e é hoje o modelo considerado de porta de entrada. Entretanto, embora os valores sejam diferentes, ambos acabam fazendo concorrência um para o outro.

Fiat Mobi
Fiat Mobi

Por isso, os números de vendas acabam sendo mais diluídos e não são tão positivos para nenhum dos dois. Ao todo, foram emplacados 20.562 unidades do Fiat Mobi. 

3. Fiat Toro

A Fiat Toro é uma picape diferenciada no mercado e que se enquadra em uma categoria única, batizada pela própria montadora como SUP – Sport Utility Pick Up.

Por estar “sozinha” a Toro nada de braçada desde o seu nascimento, sendo desde seu lançamento um dos carros chefes de vendas da Fiat. 

Fiat Toro
Fiat Toro

Com diferentes versões e uma variada gama de motorização, a Toro agrada aos mais variados tipos de públicos. Ou seja, seu sucesso não é por acaso. 

Até agora, foram comercializadas 24.034 unidades da Toro.

2. Fiat Argo

O Fiat Argo é vice líder entre os carros mais vendidos da Fiat em 2020. 

O Hatch recém-criado, foi uma das apostas da montadora para ingressar no competitivo mercado de compactos e aparentemente está funcionando.

Fiat Argo
Fiat Argo

O modelo possui diferentes versões e duas variações de motor – 1.0 e 1.3. De acordo com especialistas o único defeito do Argo é a programação de sua relação de marchas que às vezes se mostra incompatível com o câmbio manual e o motor 1.0

Ao todo, foram vendidas 27.485 unidades do Argo. 

1. Fiat Strada

E a campeã de vendas não poderia ser ninguém mais do que a Fiat Strada. 

A pequena picape, que acabou de passar por uma remodelação para o ano de 2021 é a menina de ouro da montadora.

Ótima opção para casais sem filhos, solteiros ou para quem precisa de um veículo para trabalho ou passeio.

Fiat Strada
Fiat Strada

Além de ser campeã entre os 0km, donos de estacionamentos e concessionárias afirmam que modelos usados e seminovos são procurados frequentemente por clientes dos mais variados perfis.

No total, 29.415 unidades da Strada foram comercializadas em 2020.

Conclusão

Embora a Fiat seja uma marca consolidada há muito tempo por aqui, seus números de vendas são inferiores a de outras marcas, como é o caso da Volkswagen, por exemplo. 

Entretanto, os carros da montadora são conhecidos por sua potência e confiabilidade e tem líderes de venda bem estabelecidos em sua categoria, como é o caso da Strada e da Toro.

Entre todos os carros mais vendidos da Fiat, qual é o seu favorito? Deixe um comentário pra gente falando quando é a sua escolha e o porque dela. 

Depois de descobrir quais são os carros mais vendidos da Fiat em 2020 te convidamos para conferir uma matéria especial que fizemos sobre a evolução de um modelo mais do que conhecido da marca: O Uno. Para leitura, é só clicar no botão a seguir.

Sobre o autor

Murilo C.

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Em Alta

content

Os piores carros já vendidos no Brasil. Confira!

Sabia que já existiram carros que pagaram mico no Brasil? Preparamos para você uma lista bem dinâmica dos piores carros produzidos no Brasil. Confira!

Continue lendo
content

Carros voadores: os modelos que já são realidade

Conheça os modelos de carros voadores que já são realidade, quanto custam e quando eles começarão a voar por aqui. Confira!

Continue lendo

Artigos

Guia completo de como economizar no seguro de carro

Descubra através de nosso post como economizar no seu seguro de carro, levando em consideração os fatores cruciais para garantir a economia.

Quem tem automóvel, sabe o quanto é importante ter seguro de carro. Há muitos fatores externos que podem ocorrer, e é importante estar assegurado. 

Entretanto, na hora de contratar esse serviço, o bolso pesa. E ninguém quer gastar mais do que tem, não é mesmo? Por isso é importante encontrar um valor que caiba dentro do seu orçamento. 

Antes que você comece a formular maneira de economizar, já avisamos que não é necessário cortar coberturas para realizar a economia no seguro de carro. 

Afinal, de que adianta um seguro se você não possuirá cobertura de sinistros, por exemplo?

Neste guia completo de como economizar no seguro de carro, iremos elencar dicas e cuidados que você deve ter antes de contratar este serviço e durante a vigência da apólice. Vamos lá!

Como economizar no seguro de carro antes da contratação?

Esta é a primeira pergunta que deve ser respondida. Você não deve fazer a contratação de um seguro de carro antes de prestar atenção em algumas questões. São elas:  

Simulação do seguro de carro

Antes mesmo de comprar um carro, você deve fazer a simulação do seguro do modelo que está pensando em adquirir.

Apostamos que talvez você nem tenha pensado nisso, não é mesmo?

Muitas pessoas se deixam levar pela emoção, pela necessidade ou apenas pelas características do carro. Mas, o fato é que é preciso levar em conta o modelo do carro. 

Isso porque alguns veículos contam com o prêmio (que é o preço do seguro) com um custo bastante acessível. O motivo? O baixo índice do roubo de veículos. Diferente de modelos mais visados.

Outro ponto que você deve pensar antes de adquirir o automóvel refere-se a facilidade com que você pode encontrar peças para reposição. Afinal, isso também é bem importante quando o custo da proteção é calculado.  

Carros de anos mais antigos, por exemplo, tendem a ter um seguro com preço mais elevado. 

Contrate um bom corretor

Ter a ajuda de um profissional especializado na hora de realizar uma simulação é bem importante. Sim, você pode realizar simulações online primeiro. Mas, depois é importante fazer contato com o corretor. 

É ele quem vai tirar suas dúvidas quanto ao seguro de carro e também mostrar coberturas mais interessantes para o seu veículo e que caibam no seu orçamento familiar. 

Ele não só auxilia na escolha, como também na própria contratação do seguro. 

Um especialista é a melhor opção na hora de entender as suas necessidades e qual o melhor produto para sua situação.

Ademais, corretores têm acessos a cotações que muitas vezes você, sozinho, não consegue obter. Além de possíveis descontos!

Contudo, aqui fica um alerta: é importante que o corretor escolhido seja registrado no SUSEP, Superintendência de Seguros Privados. Somente profissionais cadastrados são autorizados a atuar com seguro de carro. 

Faça pesquisa de empresas de seguro de carro

Antes de escolher a seguradora para seu veículo, é importante verificar a empresa. 

Realizar cada empresa realiza a análise de risco de maneira diferente, o que impacta no preço final do seu seguro de carro. 

Algumas questões levadas em conta nessa cotação, são: modelo de carro, onde você mora, o seu perfil como motorista, etc. 

Cada um desses pontos tem um diferente peso na hora do cálculo de custo da proteção. 

Sendo assim, quanto mais seguradoras você entrar em contato, mais fácil você descobrir aquela com melhor custo benefício. 

Contrate apenas o que você precisa

Não é segredo que quando temos muitas opções, podemos ficar perdidos. E com isso, ficamos bastante voltados a incluir diversas coberturas na apólice do seguro de carro. 

Por isso, na hora de contratar, tenha em mente o que você precisa. Afinal, cada cobertura impactará no preço final do seguro. 

Leve em conta fatores externos: você mora em uma região com muitas chuvas e propensa a sofrer inundações? Então inclua essa cobertura no seu seguro de carro. 

Não tem esse problema? Não inclua.

Contrate o que é necessário e não o que é luxo.

Analise diferentes tipos de seguro de carro

O tipo de seguro de carro mais comum é o seguro chamado de compreensivo. Contudo, é importante saber que existem outras opções presentes no mercado

Isso porque uma delas pode se enquadrar melhor nas suas necessidades e no seu orçamento. 

Os seguros mais baratos são o básico e o “só para roubo”. 

Outras opções são o seguro popular e o rastreador. 

É importante conhecer o que cada seguro tem a oferecer e analise se algum deles atende suas necessidades e tenha o melhor custo benefício. 

Aqui, você pode novamente contar com o auxílio de um corretor.

Considere a franquia

A franquia padrão é a primeira apresentada na hora de contratação de um seguro de carro. Ela possui um valor mediano, mas você precisa levar em conta o valor do seguro também. 

Ou seja, se o valor do prêmio já é alto, junto com a franquia, pode ficar pesado para você. Ou não. Por isso é preciso considerar a franquia. 

É possível diminuir ou aumentá-la. Uma franquia mais alta, por exemplo, geralmente significa um seguro de carro mais barato. 

Entretanto, isso significa que o motorista será o responsável por pagar a maior parte do prejuízo em caso de sinistro parcial. 

A franquia é sempre paga pelo usuário/segurado quando ele ocorre.

Por isso, tenha em mente que não vale à pena modificar o valor da franquia apenas para ter uma parcela menor de seguro de carro, se isso significará prejuízo no longo prazo. 

Às vezes, pagar um pouco a mais no seguro de carro previne que você tenha que pagar menos em situações não planejadas, como furto, inundações, etc. 

Sendo assim, é importante que você avalie as opções e situações que pode enfrentar e conversar com o seu corretor. 

Formulário de risco

Na hora de contratar um seguro de carro você precisará preencher uma boa quantidade de formulários. 

Sim, sabemos que isso parece chato e dá até uma preguiça!

Contudo, preencher o formulário de risco é crucial para que a seguradora avalie o seu perfil de risco e a apólice que você poderá ter. E assim, será determinado o valor do prêmio que terá que ser pago. 

Se você não colocar que seu carro possui trava elétrica ou alarme, por exemplo, não terá desconto no seu seguro. 

E desconto é sinônimo de economia no seguro de carro!

Ademais, se você prover informações errôneas para a seguradora, ainda que sem intenção, isso significa que sua indenização pode ser negada. 

Imagina ter o carro furtado e ainda ter que arcar com todo o prejuízo, mesmo pagando o seguro?!

Além disso, você pode até mesmo ser processado por fraude! Portanto, dedica um bom tempo para preencher o formulário de risco e evite problemas desnecessários.

Motorista mulher como condutora primária

Mulheres tendem a ser um perfil de menor risco na condução de veículos. Isso porque elas sofrem um número menor de acidentes. Consequentemente, o seguro de carro para mulheres é mais barato. 

Neste contexto, pode ser uma ótima ideia colocar uma mulher como condutora primária no seu seguro (caso você tenha essa possibilidade). 

Mas, fique atento na fraude outra vez: você só deve colocar a mulher como condutora adicional se ela, de fato, utiliza o carro também. E como condutora primária, ou seja, de forma frequente. 

Condutores adicionais

Muita calma nessa hora! Sim, é possível adicionar condutores adicionais na contratação do seu seguro de carro. 

Contudo, tenha em mente que será cobrado um valor extra a cada pessoa adicionada, aumentando o preço final. 

Mas, se outras pessoas dirigem o carro de maneira frequente, elas devem ser mencionadas à seguradora. 

Contudo, se por exemplo, você tem um parente ou amigo que utiliza o carro apenas uma vez ao ano, você não precisa adicioná-lo. Isso só será um valor extra desnecessário.

Local de estacionamento

Muita gente esquece desse detalhe. Mas, se você não possuir uma garagem privativa para estacionar o seu carro, isso pode afetar o valor do seu prêmio. 

Se esse for o seu caso, avaliar a necessidade de pagar um estacionamento mensal pode ser uma ótima opção. 

Estacionar na rua é considerado um risco, pois o carro está mais propenso a sofrer danos ou furto. Consequentemente, o preço final do seguro de carro aumenta. 

Uma boa forma de avaliar as opções é fazer uma simulação com garagem privativa e outra sem. Depois, compare os preços e veja o melhor custo benefício. Afinal, o custo com o estacionamento pode ser mais barato o que o custo extra no seguro.

Contas pagas em dia

Como a seguradora está fazendo uma análise de risco, o seu score de crédito também será levado em consideração. 

Sendo assim, é importante manter as contas do seu orçamento familiar equilibradas e em dia. Afinal, ser um bom pagador indica que você irá pagar o seguro de carro em dia também. E que você irá acarretar com os custos devidos. Influenciando, portanto, no preço final. 

Rastreador

O rastreador é uma opção a ser considerada, pois aumenta as chances do carro ser recuperado em caso de furto. 

Consequentemente, isso irá influenciar no preço do seguro de carro. Afinal, é uma proteção a mais para o veículo. 

Quer mais um motivo? O rastreador consegue baratear até aproximadamente 30% do seguro do carro. Considerável, não é mesmo?

Ademais, o rastreador diminui as chances de você ter que pagar uma indenização integral, que é paga quando o carro não consegue ser recuperado pela polícia. 

Forma de pagamento

Pagamento à vista é uma boa opção para quem quer economizar no seguro de carro. Se você tem essa possibilidade, vá em frente! 

As seguradoras apreciam quem paga à vista. A maioria faz um valor bem mais em conta nestes casos. Ademais, é possível até mesmo parcelar o valor do prêmio sem o acréscimo de juros. 

Ninguém gosta de pagar juros, não é mesmo? Entretanto, é bom ressaltar que o número de parcela se torna reduzido. 

Mas, se o valor do seguro é alto, talvez seja mais vantajoso pagar parcelado ao invés de à vista.

Danos a terceiros

Ninguém quer se envolver em acidentes, mas eles acontecem. 

Avaliar o acréscimo de uma cobertura de danos a terceiros deve ser levada a sério. 

Desta forma, a seguradora fica responsável por indenizar a outra pessoa envolvida e você não sai prejudicado. 

Contudo, neste caso, é importante tomar cuidado com o valor da cobertura de danos a terceiros. 

Você não precisa da maior cobertura, uma em torno de R$50 mil já pode ser o suficiente, não aumentando em demasia o valor do seu seguro de carro.

Informações atualizadas para o seguro de carro

Lembre-se: suas informações devem ser verdadeiras. Portanto, sempre atualize os dados que você forneceu ou irá fornecer à seguradora. 

Elas irão impactar diretamente no preço do seguro de carro. 

Então, se você mudou de endereço recentemente, se casou e tem mais um condutor primário. 

Ou ainda, agora você possui uma garagem ou paga um estacionamento mensal, atualize suas informações. 

A sua nova residência pode ser em uma área com menor risco de roubo, diminuindo o valor do prêmio. Ou então, a garagem irá diminui-lo. 

Todas as informações são importantes para encarecer ou diminuir o valor do seguro de carro. Mas, não esconda a informação mesmo se o valor for encarecido, pois você pode enfrentar consequências bem severas, conforme já mencionamos. 

E, com certeza, o custo extra do seguro será bem menor do que a contratação de um advogado para defendê-lo em um processo judicial que você muito provavelmente irá perder. Assim, além de uma indenização para segudadora, também terá que pagar os honorários do advogado da mesma. 

Um prejuízo enorme, não é mesmo? Sempre forneça a verdade.

Sempre contrate um seguro de carro

Você percebeu quantos fatores devem ser levados em consideração antes de realizar um seguro? Para economizar com o seguro de carro, você deve começar a pensar nele antes mesmo de comprar um veículo!

Destacamos aqui, contudo, que não importa o seu orçamento familiar. Se você quer adquirir um automóvel, você deve contratar um seguro. Por isso, pense bem antes de tomar esse passo. Veja se conseguirá equilibrar as contas. Afinal, você não quer enfrentar um prejuízo em caso de um acidente ou em caso de furto. 

Agora que você leu o nosso Guia completo de como economizar no seguro de auto, que tal se divertir conferindo os veículos ostentados pelas celebridades brasileiras? Clique aqui

Você também pode gostar

content

É o fim: Saiba quais são os carros que vão sair de linha em 2020

Infelizmente muitos modelos de automóveis não são eternos. Confira a nossa lista e descubra quais são os carros que vão sair de linha em 2020

Continue lendo
content

Saiba como comprar Fiat Mobi e feche um ótimo negócio

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Saiba como comprar Fiat Mobi e feche um ótimo negócio

Continue lendo
content

Quer dirigir um carro elétrico, mas não tem grana? Beepbeep é solução

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Quer dirigir um carro elétrico, mas não tem grana? Beepbeep é solução

Continue lendo