Avaliação de veículos

Nissan Kicks 2022: conheça as vantagens e tudo o que ele pode oferecer

Saiba tudo sobre o Nissan Kicks 2022 e descubra por que ele é uma boa opção para todos que estão em busca de um SUV compacto de qualidade.

por

Murilo C.

Publicado em

ANÚNCIOS

As vantagens do Nissan Kicks 2022

O segmento de Crossovers e SUVs compactos é hoje, sem sombra de dúvidas um dos mais recheados e consequentemente um dos mais competitivos no Brasil e o Nissan Kicks 2022 é sem sombra de dúvidas uma das melhores opções dentre as tantas disponíveis comercializadas por aqui. 

Conteúdo Recomendado
Nissan Kicks 2022

Ver como comprar Nissan Kicks 2022

Saiba quais são os diferentes caminhos para comprar seu Nissan Kicks por meio de um bom negócio e ter na garagem um dos melhores SUVs compactos do Brasil!

  • Categoria: SUV compacto;
  • Preço médio usado: R$ 75 mil;
  • Preço médio novo: R$ 100 mil; 
  • Versão recomendada:Nissan Kicks 1.6 Advance AT ;
  • Consumo médio cidade:  8 km/L;
  • Consumo médio estrada: 11 km/L.

Já há algum tempo o Kicks é produzido em território nacional com ampla oferta de versões e acabamentos com preços pra lá de convidativos, além de ser recheado em acessórios e funcionalidades que agradam bastante.

Se você está em busca de um SUV diferenciado, acessível, funcional e com bons números de vendas, então o Kicks é o carro certo para você e toda sua família. 

Bora então conferir tudo o que ele tem para te oferecer?

Nissan Kicks 2022 as novidades e detalhes

Apresentado no final de fevereiro, o modelo 2022 do SUV compacto trouxe uma série de informações sobre suas diferentes versões, que inclusive terão as suas nomenclaturas alteradas em uma clássica jogada de marketing. 

Esse ponto de marketing, foi também utilizado no sedan da marca japonesa, o Nissan Versa. 

Em comum e como já era de se esperar o Kicks 2022 tem a reestilização visual que marca de maneira contundente tanto a sua dianteira como a sua traseira, além de equipamentos em termos de conectividade e segurança. 

Para continuar como o queridinho de muita gente, a linha 2022 do modelo evolui na forma e também nos conteúdos. 

Com chegada nas concessionárias na segunda quinzena de março, as evoluções por dentro e por fora são notáveis. 

Exterior

Toda a plástica caiu muito bem ao Kicks, cujo lançamento oficial ocorreu em 2016, mais precisamente durante as olimpíadas no Rio de Janeiro. 

Produzido no Complexo Industrial em Resende no estado do RJ, o SUV compacto exibe agora uma nova dianteira dotada de para-choque redesenhado, grade frontal Double V-Motion, frisos cromados e detalhes no famoso Black Piano. 

Os faróis de Led com DRL - iluminação diurna, são um item de série nas versões equipadas com transmissão continuamente variável e tanto as luzes de neblina, quanto os repetidores de seta nos retrovisores também contam com Led. 

A traseira também passou por mudanças e melhorias. 

A porção posterior se destaca agora pela nova lanterna de Led conectada por uma régua junto a um para-choque diferentão, mas que agrada. 

Os toques de design passam a impressão de uma carroceria mais larga, no entanto ela mantém o mesmo tamanho do Kics antigo. 

Nas laterais, aparecem o teto flutuante, a antena no estilo barbatana e as belas e inéditas rodas de 17 polegadas. É beleza pra ninguém botar defeito. 

Interior

O salto evolutivo do interior do Kicks 2022 é notório no primeiro momento em que se abre as portas. 

Um ponto alto está nos bancos, que agora contam com tecnologia gravidade zero, capazes de apoiar o corpo com muito conforto sendo considerados um dos melhores do mercado. 

Outra novidade fácil de ser notada é o novo multimídia Nissan Connect com tela sensível ao toque com 8 polegadas com um alto poder conexão e facilidade de uso. 

O quadro de instrumentos também passou por melhorias e conta agora com tela TFT e 12 funcionalidades. 

Um ponto que merece destaque no Kicks 2022 é o seu sistema de som! 

Interior é diferenciado e sistema de som é surpreendente

A sonoridade é garantida pela Bose e conta oito alto-falantes, sendo dois tweeters, amplificador digital mais dois falantes de 2,5 polegadas posicionado dentro do encosto do banco do motorista, uma solução interessante, não é mesmo?

Da mesma forma que ocorre em modelos de segmentos superiores, a qualidade, os graves, o palco e a pureza do som impressionam até os mais exigentes. 

Em termos de conectividade, agora há duas entradas USB, sendo uma delas do tipo USB-C. 

Quem viaja atrás também ganha, pois há muito espaço para pernas e joelhos, o que garante deslocamentos confortáveis e prazerosos. 

Dimensões

Em termos de dimensões, o Kicks 2022 também surpreende. 

O SUV compacto conta com 1,59 metros de altura; 4,31 metros de comprimento; 2,61 metros de distância entre-eixos e 1,76 metros de largura. 

O exemplar pesa 1.139 kg e possui capacidade para levar até cinco ocupantes. No tanque de combustível cabem 41 litros e o porta-malas possui capacidade para até 432 litros. 

Como é fácil notar, o Nissan Kicks 2022 veio para incomodar ainda mais os rivais e tornar a disputa no segmento ainda mais apimentada. 

Depois dessa apresentação, é hora de descobrir TUDO o que o modelo pode te oferecer em termos de conectividade, segurança, conforto, motorização e preços. 

Vamos lá?

Muita conectividade e tecnologia 

O Nissan Kicks 2022 conta com um alto poder de conectividade, o que faz dele um modelo único e que agrada muita gente. 

Central Multimídia Nissan Connect

Você consegue imaginar sua vida desconectada do mundo digital?  A Nissan também não!

Por isso, o Kicks 2022 conta com uma Central Multimídia de 8 polegadas sensível ao toque capaz de se conectar com Apple CarPlay e Android Auto e com isso, garantir o máximo de conectividade e entretenimento a bordo. 

Sistema de navegação

Chega de ficar dirigindo com o celular na mão ou pendurado no vidro. 

O Kicks 2022 conta com um sistema de navegação avançado com tela em cores que é mostrado na central multimídia e inclui uma série de pontos de interesse, como restaurantes, postos de gasolina e até mesmo agências bancárias.

Central otimiza a conectividade do Nissan Kicks 2022

 Além disso, o sistema conta com uma voz que guia o condutor até o destino final, assim, é possível ser orientado sem precisar ficar desviando os olhos do trânsito.

Volante multifuncional

O volante multifuncional garante liberdade para as mãos e atenção plena no trânsito.

Batizado de sistema mãos livres, ele pode ser ativado por meio de controles no volante para que o condutor esteja conectado a todo momento. 

Além disso, o sistema garante conforto e entretenimento, já que é possível reproduzir e parear aplicativos com o sistema multimídia a bordo do veículo. 

Entradas USB e AUX

As entradas USB e AUX elevam a reprodução de músicas a outro patamar, já que é possível reproduzi-las, encontrar artistas e ainda selecionar listas de reprodução a partir do sistema de áudio. 

Computador de bordo

O computador de bordo pode ser acessado diretamente por meio de comandos do volante multifuncional. 

Uma tela de TFT de 4 polegadas presente no painel permite que o condutor tenha acesso a até 12 funcionalidades únicas que garantem o máximo de informação de tudo o que está acontecendo no veículo. 

Sistema de chave inteligente (I-key)

O Kicks 2022 conta com um sistema de chave inteligente que por meio de sensores reconhece a presença da chave. Com isso, as portas são abertas e trancadas automaticamente.

Além disso, o sistema também permite dar a partida no motor por meio do botão Start/Stop!

Ar condicionado digital

O Ar-condicionado digital é considerado hoje não mais um artigo de luxo, mas sim um artigo funcional, afinal, por meio dele é possível escolher diferentes temperaturas ao mesmo tempo e dessa forma, trazer ainda mais conforto para todos os ocupantes.

Retrovisor eletrocrômico

Outra tecnologia que vem ganhando espaço no mercado automotivo é a presença do retrovisor interno eletrocrômico. 

Retrovisor eletrocrômico é destaque positivo

Aderindo ao mercado, o Kicks 2022 também conta com retrovisor eletrocrômico que garante que o condutor não seja ofuscado pelas luzes dos carros que vem atrás. 

Embora seja um item tecnológico, é importante destacar que ele traz segurança. 

Segurança é ponto alto no Nissan Kicks 2022

Quando falamos em segurança, o Kicks 2022 é uma verdadeira atração. 

Dotado de sistemas específicos que não estão presentes na concorrência, ele oferece níveis de proteção superiores aos de seus concorrentes. Bora conhecer todos eles?

Controle dinâmico veicular (VDC)

O Controle dinâmico veicular (VDC) compensa o subesterço e sobresterço, impedindo que o Kicks saia de frente ou de traseira. 

O sistema funciona reduzindo a velocidade do motor ou aplicando pressão nos freios em uma roda específica.

Tudo isso ocorre por meio do monitoramento constante de sua condução e frenagem. Além disso, o sistema de controle de tração diminui a aceleração quando os pneus frontais derrapam, o que garante pleno controle veicular. 

Controle de tração e estabilidade

O controle de tração e estabilidade funcionam de maneira conjunta atuando de forma a manter as 4 rodas do veículo no chão garantindo o máximo de dirigibilidade e segurança. Quem pilota um Kicks, costuma dizer que tem o carro literalmente não mão!

Sistema com 6 airbags

O Nissan Kicks conta com um avançado sistema de 6 airbags, sendo dois frontais, dois laterais, e dois do tipo de cortina. 

Todos esses bolsões de ar, visam proteger ao máximo os ocupantes do veículo em caso de acidentes. 

Tecnologia Zone Body Construction

Quando uma colisão é inevitável, além dos sistemas de cinto de segurança e airbags, os ocupantes do veículo contam com a ajuda da carroceria para absorver o impacto. 

O Nissan Kicks conta com uma carroceria inteligente capaz de amortecer os impactos, trazendo mais segurança e menos chance de riscos para os ocupantes.

Sistema Isofix

Outro ponto de segurança presente no Kicks 2022 é o sistema ISOFIX para segurar cadeirinhas infantis. Por meio dele, as crianças também viajam de maneira confortável e segura. 

Câmera de ré

Outro item de segurança presente no Kicks 2022 é a câmera de ré, que ajuda na realização de manobras e balizas. Assim que a marcha a ré é engatada, é possível enxergar o visor da câmera na central multimídia. 

Alerta de tráfego cruzado traseiro (RCTA)

O Alerta de tráfego cruzado traseiro é uma tecnologia muito útil que pode ser utilizada de maneira conjunta com a câmera de ré. 

Trata-se de uma tecnologia muito interessante que pode ser usada em estacionamentos, garagens ou durante manobras, evitando todo e qualquer tipo de incidente ou acidente. 

Ou seja, o Nissan Kicks 2022 garante segurança tanto para os seus ocupantes, quanto para quem está ao seu redor. 

Sensores de acendimento automático do farol

Os faróis do SUV são acesos de maneira automática assim que os sensores detectam uma queda natural na luminosidade .

Com isso, o motorista pode enxergar o caminho à sua frente, assim como os veículos que vêm na direção contrária podem notar que há alguém vindo. 

Alerta de Colisão Frontal com assistente inteligente de frenagem (FCW/FEB)

O alerta de colisão frontal com assistente inteligente de frenagem é outra tecnologia aliada à segurança de grande valia. 

Em caso de possibilidade de colisão, o sistema avisa o motorista por meio de sinais visuais e sonoros e caso o motorista demore para responder o freio é automaticamente acionado como forma de minimizar os danos de um eventual acidente. 

Alerta Inteligente de mudanças de faixa (LDW)

O alerta inteligente de mudança de faixa garante ao condutor maior segurança na hora de trocar de faixas na rodovia e com isso minimiza a chance de qualquer tipo de incidentes ou acidentes. 

Monitoramento de ponto cego

E por último, mas não menos importante em termos de tecnologia é o sistema de monitoramento de ponto cego. 

Segurança do Nissan Kicks agrada e é útil

Esse sistema avisa ao condutor que há algum veículo, motocicleta, pedestre ou até mesmo objetos fora do seu raio de visão evitando acidentes e incidentes das mais variadas naturezas. 

Conforto e comodidade elevados

Além de tecnologia e conectividade, o conforto e a comodidade do Kicks agradam e muito tanto condutores, quanto os demais ocupantes do SUV compacto. Toda esse conforto e comodidade são potencializados por itens específicos como mostraremos agora. 

Bancos zero gravity

Visando comodidade, os engenheiros da Nissan se inspiraram literalmente no espaço, onde os astronautas flutuam. 

Para simular esse efeito, eles projetaram um bando dianteiro articulado que proporciona apoio da pelve ao peito, por meio de almofadas que se flexionam de acordo com os pontos de pressão.

Esse tipo de tecnologia ajuda a reduzir o cansaço e incômodos posturais durante longas viagens. 

Luz direcional

Não há nada pior do que chegar em casa, parar na garagem e ter que tatear no escuro para encontrar a maçaneta da porta, não é mesmo?

Com o Kicks esse problema não existe. Ao chegar a noite, basta pressionar o botão de luz direcional antes de descer do veículo que as luzes dianteiras iluminarão o caminho até a entrada da sua casa e depois se apagarão automaticamente. 

Espaço de sobra

Pensando em facilitar as coisas para os compradores irem além, o Nissan Kicks 2022 foi projetado de maneira ainda mais flexível e acessível. 

Desde os bancos traseiros 60/40 até o porta-malas que se abre o suficiente para que grandes volumes possam ser acondicionados sem nenhum tipo de problema. Nunca foi tão fácil aproveitar todo o espaço de um carro como no Kicks. 

Motorização e câmbio

Sob o capô o Nissan Kicks 2022 conta com o motor naturalmente aspirado 1.6 16V também conhecido como HR16DE. 

O motor pode vir atrelado a um câmbio continuamente variável, o famoso CVT, assim como também há a opção de vir com transmissão manual. 

Kicks conta com motor 1.6 sob o capô

Embora muitos possam torcer o nariz para esse motor, ele dá conta do recado e permite uma dirigibilidade até que esperta, graças à leveza do conjunto como um todo. 

Com relação a cavalaria, o motor rende 114 cavalos de potência tanto com etanol, quanto com gasolina. Em termos de peso e potência, o Kicks conta com 9,9 kg para cada cavalo. 

Desempenho e consumo

Mesmo sem uma mecânica turbinada, como muitos de seus concorrentes, o desempenho não é ruim. 

Com câmbio CVT o SUV compacto atinge os 100 km/h em 11,8 segundos. Já com câmbio manual, o tempo cai para 10,3 segundos. 

Independentemente de qual for o câmbio escolhido, o Kicks 2022 tem como velocidade máxima 175 km/h. 

O consumo combinado também não é ruim. O modelo tem um consumo urbano de 11,3 km/L quando abastecido com gasolina e 7,6 km/L quando está com etanol no tanque. 

Já no meio rodoviário, os números saltam para 13,6 km/L com gasolina e 9,3 km/L com etanol. Boas médias. 

Nissan Kicks 2022: Versões e valores

A exemplo do que ocorre com muitos outros veículos, o Kicks 2022 também é comercializado em diferentes versões, algo que naturalmente faz com que seus preços sejam variáveis. 

Hoje, as versões e valores do SUV são:

  • Nissan Kicks 1.6 Sense Manual: R$ 90.390 
  • Nissan Kicks 1.6 Sense AT: R$ 98.390 
  • Nissan Kicks 1.6 Advance AT: R$ 106.390 
  • Nissan Kicks 1.6 Advance AT + Pack Plus: R$ 109.390 
  • Nissan Kicks 1.6 Exclusive AT: R$ 116.390 
  • Nissan Kicks 1.6 Exclusive AT + Pack Tech: R$ 119.890

Depois de todos os pontos positivos que acabamos de mostrar, aliado ao novo design e preços agradáveis, com certeza você colocou o Kicks 2022 na sua lista de desejos, não é mesmo?

Mas se mesmo depois de tudo isso, você ainda estiver em dúvidas sobre como é ter um exemplar para chamar de seu, não se preocupe. 

Vamos te mostrar agora, quais são as principais vantagens e desvantagens do Kicks. Com isso, vamos te orientar sobre fazer ou não a compra de um exemplar. Bora conferir?

As vantagens e desvantagens do Nissan Kicks 2022

Vamos mostrar agora, qual é o comportamento do Kicks no dia a dia e quais são os seus pontos fortes e fracos no dia a dia. 

Vantagem: Design

O primeiro ponto positivo que precisa ser levado em consideração quando falamos do Kicks 2020 é o seu design. 

Em termos de beleza, o modelo possui hoje um dos visuais mais interessantes do segmento quando comparado à concorrência. 

O Renegade é bonito? Sim, mas vai ter que se reinventar para continuar agradando sem perder o seu DNA tradicional. Já o T-Cross, apresenta linhas normais que podem não agradar aqueles que são mais básicos. 

Nissan Kicks é lindo

Do mesmo problema sofrem ainda ainda o Tracker, que não possui imponência em termos de aparência e o também o Creta, que embora tenha um bom design, não é tão inovador. 

Já dissemos algumas vezes que antes de ser bom, qualquer carro precisa ser bonito e nisso o Kicks acertou duplamente, pois se trata de um ótimo veículo que de quebra ainda é bonito! 

Vantagem: Equipamentos e espaço interno

Desde a versão de entrada o Kicks conta com muitos itens de série, como acendimento automático dos faróis, seis airbags, volante multifuncional, controles de tração e estabilidade, central multimídia e muitos outros. 

Conforme as versões vão ficando mais caras, naturalmente que a oferta de equipamentos também melhora, algo muito positivo, diga-se de passagem, não é mesmo?

O espaço interno é outro ponto positivo! O Kicks 2022 consegue levar quatro adultos grandes para uma viagem ou deslocamentos mais longos de modo confortável. O quinto ocupante pode não ficar tão confortável por conta do túnel. 

O espaço para o motorista é muito confortável e encontrar uma boa posição de pilotagem é ideal. 

Além disso, é importante lembrar que o porta-malas é um dos maiores da categoria e é capaz de carregar com facilidade e destreza toda a bagagem de uma família. 

Vantagem: Dirigibilidade e conforto

A direção assistida eletricamente é rápida ao esterço. De batente a batente são quase três voltas e meia e a dinâmica ficou ainda melhor após o trabalho de novos pontos de fixação do eixo traseiro e da caixa de direção. 

Dessa forma, foram aprimoradas a área de contato e a firmeza das suspensões. Ou seja, o Kicks 2022 agora é mais ágil e estável nas mudanças de trajetória. 

O contato com o piso é fruto dos pneus Bridgestone Turanza T005 205/55 R17 que foram desenvolvidos especialmente para o SUV. 

Não é absurdo nenhum afirmar que o Kicks 2022 até deixa o motorista com um gostinho a mais de piloto. 

O controle dinâmico de chassi mostra um controle inteligente em curvas, além disso, o exemplar conta agora com estabilizador de carroceria, o que aliado aos sistemas de segurança, faz com que o SUV seja muito na mão. 

É praticamente impossível que o Kicks saia de frente ou de traseira. Além do mais, o controle inteligente de freio motor transmite mais conforto tanto para o contorno de curvas quanto em descidas de serra. 

Todos esses pontos, só elevam o conforto dentro da cabine. É praticamente impossível que solavancos e desníveis do asfalto sejam sentidos pelos ocupantes do veículo. 

Além disso, o conforto ao rodar se tornou ainda melhor após a adoção do chamado para-brisa acústico. De acordo com a Nissan ele traz uma redução de até 35% dos ruídos provenientes do motor. 

Vantagem: Acabamento honesto

O Nissan Kicks 2022 conta com um acabamento honesto. O painel passa um pouco de requinte e é até mesmo agradável, com faixa de couro com soft touch acompanhada de um bom posicionamento dos botões e do painel de instrumentos de TFT com velocímetro analógico. 

Acabamento é honesto e agradável

Já as portas e os botões em geral possuem um acabamento em um plástico de alta qualidade, porém rígido e sem muito esmero, mas que deve ser visto como um problema. 

Vantagem: Preço

A questão do preço é outra grande vantagem. Como muita gente sabe, os valores praticados no mercado de 0 km estão relativamente altos.

No entanto, quando comparado ao seus concorrentes, o Kicks apresenta preços mais acessíveis, o que não deixa de ser um chamariz. 

Enquanto a versão mais cara do Kicks quase chega aos R$ 120 mil, o Renegade mais caro ultrapassa os R$ 170 mil. T-Cross e Tracker também são mais caros que o modelo japonês. 

Vantagem: Dinamismo

O baixo peso do Nissan Kicks traz outra grande vantagem: o dinamismo. Embora seja um SUV compacto, seu comportamento é semelhante ao de um Hatch. 

O Motor 1.6 aliado ao câmbio CVT trabalha bem dentro da cidade pelo bom escalonamento de marchas simuladas da transmissão. 

Além dessa agilidade dinâmica, o modelo exibe também a competência de um SUV. Seu vão livre de 200 milímetros permite que ultrapasse obstáculos sem nenhum tipo de dificuldade. 

A suspensão é bem ajustada e trabalha de maneira conjunta ao sistema de controle da carroceria que faz com que o Kicks rode de maneira suave mesmo em pisos irregulares, algo que ajuda na agilidade de troca de direções e rapidez nas manobras. 

Poderia ser melhor: Desempenho

Como mostrado, o Kicks é vendido com apenas uma opção de motor: o 1.6 de 114 cavalos. 

Na cidade ele se mostra com fôlego suficiente se aproveitando do baixo peso do carro para alcançar boas acelerações. Só que na estrada, ele fica devendo um pouco. 

Desempenho poderia ser melhor

As retomadas nas rodovias são um pouco mais lentas, o que pode se tornar um problema quando o modelo estiver carregado de ocupantes e também de malas. 

Desvantagem: Apenas uma opção de motor

Aqui temos a primeira desvantagem do Kicks que é apenas uma opção de motor. Já tem algum tempo que os críticos batem nessa tecla e nada da montadora resolver essa questão. 

O que pesa um pouco dentro do aspecto negativo dessa única opção de motor é o câmbio automático CVT. 

Mesmo com o modo Sport ativado, a transmissão tem respostas lentas, uma característica marcante desse tipo de câmbio.

Assim, realizar ultrapassagens ou fazer retomadas em morros é algo particularmente incômodo para o trem de força do Kicks 2022. 

O ideal seria adotar um motor 1.3 ou 1.0 turbo, como o que a montadora usa nos EUA e na Europa, ou então responder com um novo tipo de câmbio. 

Desvantagem: Autonomia na cidade

Embora seja um modelo econômico, inclusive com um bom rendimento para o segmento, o tanque “pequeno” do Kicks pode minar a sua autonomia na cidade quando abastecido com etanol. 

Com uma média de 7,6 km/L com etanol, significa que ele consegue rodar cerca de 310 km/L no meio urbano. A norma do segmento é que o tanque de combustível tenha pelo menos 50 litros.

Com um tanque aumentado, a autonomia do Kicks subiria os 400 km, algo muito mais adequado à sua proposta. 

Versão híbrida a caminho

Como diria o velho ditado: tudo o que é bom pode ficar ainda melhor. Essa geração pode ainda dar um salto de inovação e tecnologia caso se confirme a chegada da versão híbrida com tecnologia e-Power. 

A expectativa é que essa versão chegue por aqui ainda esse ano. Por ser o carro mais importante da montadora por aqui, não há espaço para que outro modelo inaugure a tecnologia por aqui. 

Conclusão

O Nissan Kicks que já era um carro bem vendido, certamente continuará com bons números de vendas, com chances de ficar entre o top 3 do seu segmento. 

As alterações foram pontuais e certeiras em um momento em que sua antiga aparência já estava ficando cansada. 

Aliada ao novo design, o pacote de acessórios também agrada bastante e mesmo não tendo um super desempenho é um modelo gostoso de se pilotar. 

Assim, podemos afirmar que mesmo com os pontos negativos que colocamos aqui, o Nissan Kicks 2022 é sim uma ótima compra para quem está em busca de um SUV compacto para desbravar ruas e estradas. 

Se esse for o seu caso, nossa dica é simples: basta clicar no botão abaixo que iremos te conduzir rumo a um artigo com dicas de como comprar um Kicks por meio do melhor negócio possível! 

Conteúdo Recomendado
Nissan Kicks 2022

Ver como comprar Nissan Kicks 2022

Saiba quais são os diferentes caminhos para comprar seu Nissan Kicks por meio de um bom negócio e ter na garagem um dos melhores SUVs compactos do Brasil!

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Listas

Nacionais que não fazem falta: Os 10 piores carros produzidos no Brasil

Conheça os piores carros produzidos no Brasil e evite-os a todo custo!

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Automóveis despertam uma paixão natural em muita gente e isso pode ser um problema, pois leva muita gente a pensar com a emoção e não com a razão. O fato de ser passional já fez muita gente comprar os piores carros produzidos no Brasil.

Embora passional, o consumidor brasileiro também é exigente. Uma matéria da revista Exame mostrou há anos que as montadoras se preparam para atender clientes cada vez mais exigentes. 

Piores carros produzidos no Brasil

Em tempos de crise muita gente pode acabar vendendo seu carro e comprando um carro usado como forma de manter as contas em dia, mas para isso alguns cuidados devem ser tomados. 

Como forma de refrescar a memória de muita gente e evitar trocas ruins, nós do Senhor Carros fizemos uma lista com aqueles que são os 10 piores carros nacionais já produzidos. 

Para saber quais são eles é só continuar a leitura do artigo de hoje!

Os 10 piores carros produzidos no Brasil

Conheça agora quais são os 10 piores carros produzidos no Brasil.

10. Fiat Marea

Sim! O Marea vai estar em toda lista de carros ruins. O modelo é uma unanimidade quando o assunto é carro problemático e infelizmente o modelo justifica essa horrorosa fama. 

A principal discrepância de qualidade é a necessidade de se tirar o motor por completo para para trocar uma simples correia dentada. Mas os problemas não param por aí.

Fiat Marea
Fiat Marea

Os modelos e versões do Marea tinham alguns erros inaceitáveis de projetos. Ou seja, a FIAT o tratava com um verdadeiro Frankenstein. 

Um exemplo clássico disso é o modelo 2005 que tinha um motor 2.4 de 160 cavalos e um câmbio automático de apenas 4 marchas. Além disso, o Marea é conhecido por explosões e fogo sob o capô. 

Sem sombra de dúvidas é um modelo que merece estar presente em nossa lista. 

9. Fiat Tipo

Na nona posição temos mais um veículo da montadora italiana que ficou famoso pela sua má qualidade. 

Assim como o Marea o Tipo teve a imagem manchada por casos de incêndio. Um problema nas mangueiras do sistema hidráulico da direção, fazia com que um líquido inflamável fosse despejado no motor. 

O Resultado: Fogo! Já pensou estar dirigindo e o carro começar a pegar fogo? Não dá, né?

Fiat Tipo
Fiat Tipo

O Tipo foi lançado em 1988 e até 1991 contava com uma série de opções de motor e potência. Teve até modelo movido a diesel. 

Em 1993 o Tipo passou por uma renovação e ganhou até mesmo uma versão com três portas (muito antes do Veloster). Em 1994 o modelo recebeu melhorias de segurança, até sair de linha em 1995, sendo substituído pelo Bravo. 

Até hoje o Tipo é visto como um dos piores carros produzidos por aqui. Sendo assim você deve evitá-lo a todo custo.

8. Fiat Freemont

Não. Essa lista não tem apenas carros da Fiat. Mas o Freemont é mais um caso que precisa ser citado. Principalmente os modelos mais antigos. 

Embora seja um carro amplo e com bastante espaço sendo uma ótima opção para famílias é mais um exemplar dentre os piores carros brasileiros. 

Fiat Freemont
Fiat Freemont

Muito semelhante ao Dodge Journey quando lançado contava com uma opção de câmbio automático com apenas 4 marchas. Algo que acabava com seu desempenho e aumentava o já alto consumo de combustível.

Se você gosta muito do design e o espaço do Fiat Freemont é um atrativo para você nossa sugestão é que busque as versões mais novas que passaram por melhorias no câmbio, consumo e potência. 

Caso contrário as chances de você passar raiva e virar sócio dos postos de gasolina são grandes.

7. Troller Pantanal

Além de ruim, o Troller Pantanal é um desconhecido de muita gente por conta do seu baixo número de vendas. Apenas 77 unidades foram vendidas, uma verdadeira vergonha. 

Troller Pantanal
Troller Pantanal

O Modelo foi produzido durante os anos de 2006 e 2008 e passou por um recall pelo simples fato de que sua estrutura poderia se desfazer de uma hora para outra enquanto estivesse andando. 

Hoje os modelos são comercializados são vendidos a preços MUITO baratos, mas não caia em tentação. Se você se deparar com um Troller Pantanal à venda você só deve fugir. 

6. Hyundai Veloster

Aqui temos um exemplar que causou muita confusão e sofreu com críticas pesadas da mídia especializada na época em que ainda era vendido. 

O Veloster era bonito e contava com bom acabamento interno e externo. Porém era chamado pela montadora de esportivo. 

Hyundai Veloster
Hyundai Veloster

A Hyundai anunciou que o motor dispunha de 140 cavalos quando na verdade possuía “somente” 128. Muitos proprietários se sentiram lesados e processaram a montadora que precisou pagar multa por propaganda enganosa. 

A falta de potência do motor aliada ao escândalo fez o modelo se tornar um dos piores carros produzidos no Brasil. Afinal ninguém gosta de ser enganado.

5. Lada Laika

O Laika chegou ao Brasil no início da década de 1990 e tinha na confiabilidade mecânica o seu ponto alto. Além disso a tração traseira fazia do modelo uma opção interessante e divertida de dirigir.

Lada Laika
Lada Laika

Entretanto embora fosse produzido no Brasil o modelo foi desenvolvido com tecnologia para rodar com gasolina pura, assim como era na Rússia seu país de origem. Por aqui a gasolina era diluída com etanol e isso acabou com o desempenho do Laika. 

4. Peugeot Hoggar

A Peugeot Hoggar é outro exemplo crônico de carro ruim fabricado em solo nacional. 

A pequena picape foi produzida para brigar com Montana, Saveiro e Strada. Sendo as duas últimas líderes de no segmento. 

Peugeot Hoggar
Peugeot Hoggar

Sem nenhum tipo de experiência anterior no segmento de pequenas picapes a Hoggar se mostrou fraca e com alto consumo de combustível quando estava com a caçamba carregada. 

Além disso muitos exemplares sofrem um desgaste precoce na suspensão. O que aumenta os gastos dos proprietários com manutenção muito antes do considerado ideal. Por isso é um modelo com lugar cativo em nossa lista. 

3. Citroen Xantia

Muito do receio que os brasileiros possuem com os carros da Citroen é proveniente de tempos antigos e o Xantia tem sua parcela de culpa nisso. 

O Xantia era considerado um carro à frente do seu tempo quando foi produzido. Com uma ampla gama de itens de série até agradava em um primeiro momento. Mas se seus proprietários precisassem de mão de obra especializada estavam literalmente perdidos.

Citroen Xantia
Citroen Xantia

Com tecnologia alta para a época e com componentes sofisticados eram poucos o que sabiam mexer nos seus sistemas elétricos e hidráulicos. E isso fazia qualquer tipo de reparo se tornar uma fortuna! 

Além do mais seus motores eram fracos para época quando comparados aos concorrentes nacionais já consolidados como era o caso do Volkswagen e Chevrolet, por exemplo. 

2. Simca Chambord

A Simca era uma montadora francesa que produziu carros no Brasil entre as décadas de 50 e 60. 

A montadora quis trazer aos brasileiros veículos com linhas americanas e conseguiu! Pelo menos em teremos de visual. 

Simca Chambord
Simca Chambord

O Simca Chambord que ganhou até música era bonito e espaçoso mas não andava nada. O modelo que era pesado possuía sob o capô um motor V8 com míseros 80 cavalos que era insuficiente para empurrar nas ruas e estradas. 

Nos dias atuais até mesmo os colecionadores fogem do Simca Chambord e o consideram um dos piores carros já produzidos em terras nacionais 

1. Gurgel BR 800

E como não poderia faltar temos também o Gurgel. 

Lançado em 1987 o Gurgel BR 800 tinha uma proposta louvável: ser um modelo barato, popular e 100% nacional. 

Na época o objetivo era fazer com que o modelo não custasse mais de 3 mil dólares. Mas por conta de uma série de problemas fiscais o modelo acabou sendo lançado na média dos 7 mil dólares. 

Gurgel BR 800
Gurgel BR 800

Apelidado de feinho até hoje, o modelo rodava incríveis 25 km por litro, não tinha correias e dispunha de refrigeração à água. No entanto não deslanchou em vendas. 

Sua performance era ruim e seu preço ficou muito semelhante aos de concorrentes da época, como é o caso do Uno Mille. Assim, o BR 800 é considerado por muitos até hoje como um dos piores carros produzidos no Brasil. 

Conclusão

Agora queremos saber a sua opinião. Concorda ou discorda com a nossa lista? Deixe um comentário contando quais são os seus motivos. 

Depois de conhecer os piores carros produzidos no Brasil, que tal conhecer modelos raros produzidos aqui que você nem sabia que existiam? Para saber quais são eles é só clicar no botão abaixo.

Continuar Lendo

Em Alta