Siga nas Redes Sociais

Artigos

Hilux 2020: As mudanças para se manter no topo das picapes médias

Por

Murilo C. 

| Publicado em

As picapes médias são veículos multifuncionais, pois encararam ruas da cidade, rodovias, estradas de terra, além de levarem grandes quantidades de carga sem perder potência, olhando por essa ótica, podemos afirmar que a Hilux 2020 é um verdadeiro sucesso nesses quesitos. 

Modelo mais vendido no mercado brasileiro entre as caminhonetes nos últimos anos, a Toyota Hilux reflete o que é uma picape média. Tem força, potência, passa pelos obstáculos de maneira fácil e tem grande capacidade de carga.

Hilux 2020

Para esse ano, o modelo ganhou pequenos ajustes, visando a manutenção no topo entre as picapes médias. 

Confira quais são as novidades da Hilux 2020 no artigo que nós do Senhor Carros criamos especialmente para você.

ANÚNCIOS

O histórico da Picape

A Hilux é uma picape antiga da marca que nasceu em 1968 como opção para substituir modelos da época. 

Em seu lançamento, o modelo contava apenas com uma cabine simples e caçamba, e motores básicos capazes de gerar somente 109 cavalos de potência.

No ano de 1972, foi lançada a segunda geração, que de modo geral, não sofreu grandes mudanças na questão estética, a Hilux ganhou alguns centímetros e chegou à América, com três opções de motores: 1.8; 2.0 e 2.2. Todos movidos à gasolina. 

Em 1978, a Toyota lançou a terceira geração da Hilux com uma série de melhorias. Cabine dupla e tração 4x4 foram as principais novidades de maneira conjunta com motorização a diesel e um câmbio automático de três marchas. 

A quarta geração da Hilux se destacou pelo aumento da gama de motores e ampliação em diversos mercados, chegando pela primeira vez ao mercado da América do Sul, mas com produção e comércio apenas no Uruguai

Hilux 1968
Toyota Hilux foi lançada em 1968

Como não poderia deixar de ser, a Hilux continuou a evoluir, ganhando linhas e contornos mais arredondados, embora ostentasse uma uma cabine um tanto quanto quadrada. A Toyota, foi adicionando uma série de melhorias e alcançando diferentes mercados, dando à picape fama de confiável. 

A Hilux 2020 faz parte da sétima geração da picape. Com um visual agressivo, o modelo recebeu algumas melhorias, o que a tornou mais confortável e conectada, sem deixar de lado sua robustez e confiabilidade. 

Informações extra-oficiais, dão conta de que 2021 marcará a chegada da próxima geração da famosa picape. 

ANÚNCIOS

Toyota Hilux 2020: Ainda mais segura em todas as versões

As principais novidades da Hilux 2020 são voltadas à segurança. O novo modelo conta agora com sete bolsas de airbags - frontais, laterais e de cortina Todas as versões, contam com os airbags. 

Além disso, as versões SR e Standard agora são equipadas com controle de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa. Na versão SR diesel, há também o assistente de descida. 

A trava de rodas se faz presente nas versões GR-S, SRX, SRV e SR, e a as versões GR-S, SRX e SRV também possuem trava do estepe. 

ANÚNCIOS

Novos equipamentos

Em termos de equipamentos, a Hilux 2020 também possui novidades. A principal dela é a central multimídia, com tela de oito polegadas, disponíveis para as versões GR-S, SRX e SRV.

Trata-se de um equipamento muito avançado do ponto de vista tecnológico, que permite dar zoom em imagens ou no mapa do GPS, o gadget recebeu ainda aprimoramento com rotas mais precisas e pontos de referência em 3D.

Além disso, a central conta ainda com TV digital, rádio, MP3 Player, Bluetooth, conexão USB e AUX, Miracast, MirrorLink e câmera de ré. 

A versão SRX que é a mais vendida, conta ainda com novas rodas de liga-leve de 18 polegadas, que são as mesmas utilizadas no utilitário esportivo da montadora, o SW4 Diamond e capota marítima de série. 

Interior Hilux 2020
Hilux 2020 conta com novos equipamentos

O modelo, ainda é equipado com bancos revestidos em couro perfumado, acabamento interno em tons escuros e um painel de instrumentos com iluminação na cor branca. Há ainda, luzes diurnas de LED, retrovisor interno eletrocrômico e detalhes internos em preto brilhante. 

Já no caso da versão SRV, há maçanetas externas cromadas e rodas de liga-leve de 18 polegadas de série, estepe com roda de liga-leve, destravamento das portas sem chave, partida por botão, assistente eletrônico de subida, retrovisor interno eletrocrômico e luz de condução diurna. 

ANÚNCIOS

Mudanças visuais impactam nas dimensões

Desde o ano passado o modelo possui um novo visual, inspirado no novo estilo global da Toyota, que foi aplicado em outros modelos, como é o caso do Corolla, por exemplo.

A grade frontal foi redesenhada e possui formato hexagonal com três barras horizontais e moldura cromada. 

O para-choque também foi redesenhado, e com isso, os faróis de neblina ganharam uma posição verticalizada. Outra novidade, é a cor branco pérola, mas que está disponível apenas para a versão topo de linha SRX. 

À primeira vista, a Hilux 2020 parece ser muito maior do que realmente é. Na verdade, ela cresceu apenas 7 centímetros e continua sendo menor que sua concorrente, a Chevrolet S10 cabine dupla.

Essa impressão de grandeza é proveniente da nova frente, cuja grade é bastante proeminente.

Os estribos laterais são muito úteis no dia a dia. Na traseira, as lanternas horizontais são grandes e bem delineadas. A câmera de ré está instalada na caçamba e a tampa, possui maçaneta central cromada. 

Traseira Hilux
Hilux 2020 chama atenção

O interior da Hilux 2020 se destaca pelo cluster com iluminação azul e instrumentação analógica de fácil leitura. Outro item que chama atenção é o completo computador de bordo. 

Por conta dessas alterações visuais e estéticas, o modelo sofreu algumas alterações dimensionais. O comprimento total é de 5,31 metros, com 1,81 metros de altura e 1,85 metros de largura. Entretanto, a distância entre eixos não sofreu alteração, se mantendo em 3,08 metros.

ANÚNCIOS

Motorização

A Toyota Hilux 2020 conta com duas opções de motorização. O motor de entrada é o mesmo da antiga geração, um Dual VVT-i Flex 2.7 com 163 cavalos quando abastecido com etanol e 159 cavalos à gasolina. A outra opção de motor, é o novo 1GD 2.8 movido à diesel com 177 cavalos.

Motor Hilux
Hilux 2020 conta com dois motores

Ambas as opções de motores podem ser equipadas com câmbios manual ou automático de seis velocidades. 

ANÚNCIOS

Hilux 2020: Versões

A Hilux 2020 conta com uma série de versões diferentes que variam no que diz respeito à equipamentos, motorização e claro, valores. Vamos te mostrar agora cada uma delas. 

Toyota Hilux SR 2.7 Flex

A versão vem equipada de série com sete airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em subida, travas de rodas, freios ABS com EBD, alarme perimétrico, sistema ISOFIX, faróis de neblina, maçanetas internas cromadas e externas na cor da carroceria, retrovisores pretos, sistema de som com quatro alto-falantes, acendimento automático dos faróis, apoio de braço traseiro, ar-condicionado, banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro rebatível, volante com ajuste de altura e profundidade, computador de bordo, compartimento refrigerado no painel, volante com e manopla de câmbio em couro, protetor de caçamba, trio elétrico e volante multifuncional. 

Toyota Hilux SRV 2.7 Flex

Essa versão conta com central multimídia, travas de estepe, assistente de reboque, luz de frenagem de emergência, alarme volumétrico e periférico, maçanetas cromadas, retrovisores externos cromados e rebatíveis eletricamente, ar-condicionado automático digital, banco do motorista com ajustes elétricos, porta-luvas com amortecedores, retrovisor interno eletrocrômico, bancos em couro e material sintético, destravamento das portas sem chave e partida por botão. 

Toyota Hilux STD Power Pack 2.8 Diesel

Essa versão, conta com todos os itens da Hilux SR 2.7, no entanto, possui algumas exceções de equipamentos, como os faróis de neblina, para-choque traseiro cromado, banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro bipartido rebatível, computador de bordo, estribos laterais e sistema de som, mais o bloqueio do diferencial traseiro e maçanetas externas e internas sem pintura.

Toyota Hilux SR 2.8 Diesel

Nessa versão estão presentes os mesmos equipamentos da Hilux SR 2.7 Flex, mais o assistente de descida, ar-condicionado automático digital, controle de cruzeiro, central multimídia Toyota Play com tela de sete polegadas, TV digital, DVD player, câmera de ré, bluetooth e bloqueio do diferencial traseiro.  

Toyota Hilux SRV 2.8 Diesel

Essa versão é equipada com assistente de descida, subida e reboque, controles de estabilidade e de tração, luz de frenagem de emergência, alarme perimétrico e volumétrico, maçanetas internas e externas cromadas, retrovisores externos cromados rebatíveis eletricamente, sistema de som com seis alto-falantes, banco do motorista elétrico, painel com tela TFT de 4,2 polegadas, banco em couro, estribos laterais pretos, limpador de pára-brisa intermitente, retrovisor interno eletrocrômico, chave presencial e partida por botão. 

Toyota Hilux SRX 2.8 Diesel

E aqui, temos a versão top de linha que possui todos os itens da versão anterior, e ainda possui faróis de neblina em LED, farol baixo em LED, nivelamento automático dos faróis, bancos em couro perfurado, rodas de 18 polegadas diamantadas e luzes diurnas de LED.

A Hilux 2020 conta ao todo com 12 configurações diferentes. No motor 2.7 Flex a tração pode ser 4x2 ou 4x4 com câmbio manual ou automático. Já com o propulsor 2.8 a diesel a tração sempre será 4x4 com opções de câmbio manual ou automático. 

Hilux 2020 branca
Cor branco pérola só está disponível na versão top de linha
ANÚNCIOS

Dirigibilidade e comportamento

A Hilux 2020 conta com um chassi 20% mais rígido e carroceria cerca de 40% mais rígida e alterações na geometria das suspensões, principalmente na traseira. 

Ambos os motores possuem funcionamento suave e boa disposição em baixas rotações. A nova caixa de transmissão garante respostas boas ao acelerador. No uso normal, tudo funciona perfeitamente sem sustos, ou trancos na hora de trocar as marchas. 

A dirigibilidade é típica de uma picape, mas melhorou muito em relação ao modelo anterior. A direção é leve e possui boas respostas às mudanças bruscas de direção, os freios, embora pudessem ser melhores, dão conta do recado. 

Volante Hilux
Hilux 2020 tem boa dirigibilidade

A estabilidade é um ponto que merece atenção e não é mérito apenas dos dispositivos de segurança. O conjunto de suspensão tem um bom ajuste. A traseira pula menos quando está vazia, o que promove mais conforto e estabilidade. 

Fora da estrada, a Hilux 2020 sabe como aproveitar os bons ângulos de ataque e saída, que ajudam na transposição de valas e demais obstáculos pelo caminho. O controle de tração, controla as saídas de traseira através de um leve acionamento dos freios. 

Na versão Flex, as retomadas são medianas e ao rodar em velocidade de cruzeiro de 110 km/h o motor marca apenas 2.000 rpm, o que garante um ruído mínimo na cabine. 

ANÚNCIOS

Valores e consumo

Os valores da Hilux 2020, variam diretamente de acordo com as versões, quanto mais completa, mais cara. Confira:

  • Hilux SR Cabine Simples 4×2 2.7 Flex Manual: R$ 119.940;
  • Hilux SR Cabine Simples 4×2 2.7 Flex Automática: R$ 125.440;
  • Hilux SRV Cabine Simples 4×2 2.7 Flex Automática: R$ 135.190;
  • Hilux SRV Cabine Dupla 4×4 2.7 Flex Automática: R$ 146.590;
  • Hilux Chassi Cabine Simples 4×4 2.8 Diesel Manual: R$ 126.200;
  • Hilux Cabine Simples STD 4×4 2.8 Diesel Manual: R$ 130.360;
  • Hilux Cabine Simples STD Narrow 4×4 2.8 Manual: R$ 147.205;
  • Hilux Cabine Simples STD Power Pack 4×4 2.8 Diesel Manual: R$ 149.705;
  • Hilux SR Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel Automática:R$ 169.940;
  • Hilux SRV Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel Automática: R$ 187.890;
  • Hilux SRX Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel Automática R$ 205.590;
  • Hilux GR-S Cabine Dupla 4×4 2.8 Diesel AT 2020 – R$ 214.690.

Por se tratar de uma picape grande e pesada, o consumo da Hilux nunca foi dos melhores, e isso continua na versão 2020. 

Consumo Hilux 2020 na cidade

  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex automática 4×2: 4,8 km/litro no etanol e 6,9 km/litro na gasolina
  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex automática 4×4: 4,8 km/litro no etanol e 6,9 km/litro na gasolina
  • Toyota Hilux CD 2.8 Diesel automática 4×4:  9,0 km/litro no diesel
  • Toyota Hilux CS 2.8 Diesel manual 4×4: 9,3 km/litro no diesel

Consumo Hilux 2020 Estrada 

  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex automática 4×2: 5,6 km/litro no etanol e 8,1 km/litro na gasolina
  • Toyota Hilux CD 2.7 Flex automática 4×4: 5,6 km/litro no etanol e 8,1 km/litro na gasolina
  • Toyota Hilux CD 2.8 Diesel automática 4×4: 10,5 km/litro no diesel
  • Toyota Hilux CS 2.8 Diesel manual 4×4: 11,2 km/litro no diesel
ANÚNCIOS

Conclusão

A Hilux é uma picape média que domina as vendas há algum tempo, recentemente, a Fiat Toro tem incomodado, a veterana japonesa, entretanto, a picape italiana tem sido uma opção para quem busca conforto e comodidade. 

Quando o assunto é trabalho e força bruta, a Hilux 2020 está pronta para o que der vier, portanto, certamente terá mais um ano tranquilo de vendas e liderança em seu segmento.

Você gostou da Hilux 2020? Já dirigiu? Se sim, conta pra gente qual foi a sensação de dirigir essa picape, deixando um comentário logo abaixo. 

Aproveitando que estamos falando da Hilux você conhece o modelo esportivo dessa picape média? Se sua resposta tiver sido não, então clique no botão a seguir para conhecer a Hilux GR Sport!

ANÚNCIOS

Em Alta