Senhor Carros responde

Qual o valor do Onix sedan 2020?

O Novo Chevrolet Onix Sedan 2020 possui um valor médio de R$58 mil no mercado chinês. No Brasil, o valor facilmente ultrapassará a marca de R$70 mil.

Chevrolet Onix, o carro mais vendido do Brasil, vai ganhar sua versão Sedan em 2020.

Mas você deve estar se perguntando, qual o valor (preço) do Onix Sedan 2020?

O Senhor Carros responde pra você:

O Novo Chevrolet Onix Sedan 2020 possui um valor médio de R$58 mil no mercado chinês.

No Brasil, o valor facilmente ultrapassará a marca de R$70 mil.

Desde já o veículo está dando o que falar e o que a Chevrolet espera é que os resultados do Sedan sejam similares ao Hatchback, que há cinco anos ocupa o posto de carro mais vendido do país. Com toda a qualidade que o Onix Plus 2020 possui, não será uma surpresa tê-lo acima no ranking nacional. 

Confira abaixo os valores do novo Chevrolet Onix: 

  • Chevrolet Onix Plus 1.0 Turbo MT 2020: R$ 58.790
  • Chevrolet Onix Plus LT 1.0 Turbo MT 2020: R$ 61.190
  • Chevrolet Onix Plus LT 1.0 Turbo AT 2020: R$ 66.490
  • Chevrolet Onix Plus LTZ 1.0 Turbo MT 2020: R$ 65.790
  • Chevrolet Onix Plus LTZ 1.0 Turbo AT 2020: R$ 70.990
  • Chevrolet Onix Plus Premier 1.0 Turbo AT 2020: R$ 73.190
  • Chevrolet Onix Plus Premier 1.0 Turbo AT 2020 + pacote opcional: R$ 76.190
Onix Sedan 2020

Ou clique abaixo e confira nossa matéria completa sobre o modelo.

Em Alta

content

8 dicas para saber se o carro teve quilometragem adulterada

Confira 8 dicas imperdíveis para saber se o carro teve quilometragem adulterada e assim evite uma compra ruim. Saiba mais aqui!

Continue lendo
content

Prós e contras do Renault Duster: Como é ser dono do SUV

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Prós e contras do Renault Duster: Como é ser dono do SUV

Continue lendo
content

Toyota Corolla GR Sport: Será que ele vem pro Brasil?

Descubra todo o sobre o novo Toyota Corolla GR Sport, o esportivo da montadora japonesa que pode chegar no Brasil em breve!

Continue lendo

Artigos

3 tipos de financiamento diferentes para comprar seu carro

Conheça os 3 diferentes tipos de financiamento que existem hoje para que você possa comprar seu carro de maneira tranquila e adequada ao seu estilo

Os diferentes tipos de financiamento para comprar um carro

Embora o brasileiro seja apaixonado por veículos, são poucas as pessoas que conseguem comprar um carro à vista, a maioria precisa buscar formas mais longas para enfim, colocar um carro na garagem, mas o que poucos sabem, é que hoje existem 3 diferentes tipos de financiamento que podem te ajudar a comprar um carro. 

Carros por assinatura

Conheça a modalidade de carro por assinatura

Saiba como fazer para conseguir um carro por assinatura e dirigir de maneira totalmente desapegada por aí!

Esses tipos, na verdade, se tratam de modalidades únicas e com características bem distintas.

Por serem tipos únicos, essas possibilidades se tornam mais ou menos adequadas com os diferentes perfis de compradores e consequentemente seus objetivos. 

Foi pensando em te informar e te ajudar na compra do seu carro, que resolvemos criar o artigo de hoje. 

Nossos especialistas vão detalhar pra você quais são os detalhes de cada um desses financiamentos para que você entenda qual opção é a melhor para você. 

Se você está em busca do seu carro, mas ainda não sabe qual caminho tomar para conseguir o seu veículo é simples:

Bora ler o artigo para descobrir! Vamos começar?

Os 3 tipos de financiamento diferentes para comprar um carro

Não existe um, nem dois, mas três tipos de financiamento de carros que podem ser utilizados na hora da compra. 

Cada um possui suas particularidades e peculiaridades um tanto quanto interessantes. 

Depois de muito estudo e pesquisa, nossos especialistas te mostram agora, os detalhes e como cada um deles funciona. 

Dá uma olhada:

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

Apelidado de CDC, o Crédito Direto ao Consumidor é uma das melhores opções entre os diferentes tipos de financiamentos para quem deseja comprar um carro. 

Ela é uma das formas mais conhecidas de comprar um automóvel. 

Nesse tipo de negócio, o comprador solicita um empréstimo – ou financiamento para um banco ou uma instituição financeira que concede o crédito no valor do carro. 

Nesse caso, em geral, é oferecido um valor de entrada e o restante é dividido em parcelas iguais, mas com uma taxa de juros. 

Enquanto esse tipo de financiamento durar, o carro fica como garantia de que o empréstimo será quitado. Ou seja, o veículo fica alienado! 

Em outras palavras: Você terá a posse do carro, mas ele não será seu de fato, até que o financiamento seja totalmente pago. 

Isso significa que você não poderá fazer nenhum tipo de negociação com o veículo até que a sua dívida esteja totalmente quitada. 

Além disso, é importante citarmos que, enquanto o contrato estiver ativo e o valor do financiamento não for quitado, o carro fica como garantia à instituição. 

Se você não pagar, o carro vai pra leilão para abater os prejuízos de quem ofereceu o crédito. 

Boa notícia: negociação direta com a instituição

A boa notícia dentro desse tipo de financiamento, não é preciso da presença de concessionária para que você coloque a mão no seu carro.

É importante reforçar a possibilidade de buscar taxas de juros mais favoráveis com a instituição, tornando o crédito ainda mais atrativo. 

Quanto menos juros e melhores forem as parcelas, melhor será o negócio para você!

Leasing

A nossa segunda opção entre os diferentes tipos de financiamento é o leasing!

Também é possível financiar um carro através do leasing, que na verdade é um processo diferente do CDC. 

No Leasing, o comprador paga um aluguel mensal por um prazo determinado para a empresa responsável por esse tipo de operação e o veículo fica no nome dela durante o processo de pagamento das parcelas. 

Quando todo o pagamento tiver sido concluído, a posse do carro é então passada para o nome do comprador. 

É importante dizer que essa posse do carro é passada sem nenhum tipo de cobrança ou custo além do que já foi pago ao longo do tempo. 

Nesse caso, assim como no CDC, você consegue fazer a negociação direto com a empresa especializada no leasing, sem a necessidade de intermediação da concessionária. 

As taxas de juros também são fixas e são definidas no momento da assinatura do contrato. 

No mercado, esse diferente tipo de financiamento também é conhecido como arrendamento mercantil. 

A exemplo do CDC, se o comprador deixa de fazer o pagamento das parcelas, a empresa também pode retomar o carro, mas de maneira mais eficiente.

No leasing, como o carro é comprado pelo banco e “alugado para ser comprado” por quem está pagando as parcelas, não é preciso toda a burocracia judicial. 

Consórcio

E a nossa terceira opção entre os três tipos de financiamento é o consórcio

Em um consórcio, um grupo de pessoas interessadas em adquirir um carro paga valores mensais para uma empresa, a administradora do consórcio. 

Todos os meses, ela realiza sorteios que têm como objetivo contemplar um cliente e fornecer uma carta de crédito. 

Embora muita gente não ache isso, o consórcio é, sim, um dos tipos de financiamento conhecidos no mercado, a exemplo do CDC. 

Muitos dizem que o consórcio não cobra juros, o que é verdade e parece ser uma opção atraente em um primeiro momento. 

É preciso ficar esperto no consórcio

Embora não cobre juros, as administradoras cobram uma taxa de administração e reajustes são feitos de tempos em tempos, o que garante que o seu poder de compra vai se manter, caso você só receba a contemplação no final do contrato. 

Esse é um ponto que precisa de bastante atenção. 

Nos dois outros tipos de financiamento que a gente te mostrou, o valor das parcelas é fixo, com base em uma taxa de juros pré-definida. 

No consórcio pode haver variações ao longo do contrato, já que o reajuste é feito com base no valor do carro registrado na Tabela Fipe. 

E tem outro ponto: o consórcio é uma boa opção apenas se você não tiver pressa para ter o carro na garagem. 

A menos que tenha algum dinheiro guardado para oferecer como lance nos sorteios – e conseguir pegar a carta de crédito, existe a possibilidade de você ser contemplado tanto na primeira parcela como na última. 

De maneira prática, a duração do contrato do consórcio é de 36 meses e deve-se considerar a possibilidade de você ter o carro com você somente depois dos 3 anos. 

Ainda que você receba o valor corrigido, garantindo que ele seja suficiente para comprar o carro com as características que você deseja, o tempo de espera precisa ser levado em consideração.

E como escolher entre os diferentes tipos de financiamento?

Com vários tipos de financiamento disponíveis no mercado, você deve estar se questionando:

Como escolher entre essas opções?

Antes de mais nada, é preciso avaliar quais deles cabem dentro do seu orçamento. Assim, o primeiro ponto é encontrar uma parcela que caiba no seu bolso. 

Não esqueça que além do pagamento das parcelas mensais, você vai ter outros custos, como o seguro auto, os impostos como IPVA, combustível, gastos com manutenção, licenciamento e muitos outros. 

Além disso, a pressa para obter o carro e poder utilizá-lo é outro ponto que deve ser avaliado com calma. 

Se você quer fazer a compra para trabalhar com o carro, por exemplo, precisa fechar um contrato que já te dê a possibilidade de levar o veículo para casa. 

Nesse caso, o consórcio acaba sendo uma opção descartada. 

Nossa sugestão para você escolher é bastante simples:

Coloque todos os pontos na balança, pese os prós e contras de cada uma das modalidades que acabamos de te mostrar e veja qual delas pode ser a mais benéfica para o seu bolso e as suas necessidades. 

Simples assim!

Conclusão

Agora que você já conhece os três tipos de financiamentos diferentes para comprar seu carro é hora de sentar e avaliar tudo. 

Apenas depois de uma análise detalhada é que você vai conseguir definir qual é a melhor opção para você!

Agora se seu negócio é ter um caro, usá-lo, mas não quer se preocupar com IPVA, seguro auto e mais um monte de burocracias existe uma modalidade está crescendo no Brasil e no mundo:

São os carros por assinatura.

Você sabia que você pode conseguir um carro por assinatura diretamente com a montadora na concessionária?

Se interessou? Quer saber mais sobre essa modalidade? Então, faz o seguinte:

Clica aí embaixo e saiba como conseguir um carro por assinatura!

Carros por assinatura

Conheça a modalidade de carro por assinatura

Saiba como fazer para conseguir um carro por assinatura e dirigir de maneira totalmente desapegada por aí!

Você também pode gostar

content

Leilão para comprar carro: Descubra como e onde arrematar o seu

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Leilão para comprar carro: Descubra como e onde arrematar o seu

Continue lendo
content

Pneu remold é bom e seguro? Veja como escolher

Descubra de uma vez por todas se o pneu remold é bom, seguro e se vale a pena, além de qual é a melhor opção para colocar no seu carro!

Continue lendo
content

Sandero GT Line 2020: Novidades são meramente estéticas

Renault lança Sandero GT Line 2020, mas as mudanças são meramente estéticas. O apelo esportivo do modelo está só no visual!

Continue lendo