Connect with us

Viral

Os 50 carros mais caros no Brasil em 2019!

Por

Senhor Carros 

| Publicado em

A Tabela FIPE é a referência nacional para aqueles que desejam comprar ou vender o seu veículo. Consultamos a tabela para checar os carros mais caros do Brasil em março de 2019. Ficou curioso? Então vire a página e confira o ranking!

50 - Land Rover Discovery

O Discovery, é um modelo de veículo 4x4 da marca Land Rover comercializado em vários países incluindo o Brasil e Portugal. É um modelo intermediário unindo conforto e robustez, utiliza os mesmos diferenciais do Land Rover Defender 90 e a mesma plataforma de chassis. Começou sua produção em 1989 e continua até hoje com o modelo denominado Discovery 4 ou popularmente conhecido como LR4.

Segundo a tabela FIPE, o valor médio do automóvel é de R$473.487, ficando em quinquagésimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Land Rover discovery
Land Rover discovery

49 - Land Rover Range Rover Velar

O Range Rover Velar é um SUV crossover de luxo compacto britânico produzido pela empresa automotiva Jaguar Land Rover sob a marca Land Rover. O quarto modelo da linha Range Rover, o Velar foi lançado no verão de 2017 em Londres, Inglaterra. O nome Velar havia sido usado anteriormente para uma série de Range Rovers de primeira geração em 1969.

O valor médio do automóvel é de R$484.073, ficando em quadragésimo nono na lista de carros mais caros no Brasil.

Land rover velar
Land Rover Velar

48 - BMW M4 Coupe

O BMW M4 é uma versão de alto desempenho do automóvel BMW Série 4, desenvolvido pela divisão de automobilismo da BMW, a BMW M GmbH. Parte da renumeração que divide os modelos 3 coupé e conversível da Série 4 (para diferenciá-lo ainda mais da Série 3), o M4 substituiu os modelos M3 coupé e conversível.

Atualizações sobre o padrão BMW Série 4 incluem: um motor turbo duplo muito poderoso e responsivo; melhoria dos sistemas de manuseio, suspensão e frenagem; aprimoramentos corporais aerodinâmicos; acentos interiores / exteriores com o emblema tricolor "M" (Motorsport); o peso significativamente reduzido em comparação com o padrão 4 Series e seu antecessor com um novo chassi mais rígido e uso extensivo de fibra de carbono, especialmente no teto do carro.

O valor médio do automóvel é de R$493.957, ficando em quadragésimo oitavo na lista de carros mais caros no Brasil.

BMW M4
BMW M4

47 - BMW M3 Sedan

O BMW M3 é uma versão de alto desempenho da Série 3, desenvolvida pela divisão de automobilismo da BMW, a BMW M GmbH. Os modelos M3 foram derivados das gerações correspondentes do BMW Série 3.

O modelo inicial estava disponível em um estilo de corpo coupé. Às vezes, o M3 também está disponível em estilos de carroceria sedã e conversível. Devido aos modelos coupé e conversível que não fazem mais parte da gama 3 Series a partir de 2015, os modelos de cupê e conversível F82 / F83 são agora chamados de M4 com base na recém-lançada Série 4. O nome M3 permanece em uso somente para a versão saloon.

As atualizações dos automóveis padrão da Série 3 incluem motores mais potentes e responsivos, sistemas de manuseio / suspensão / frenagem aprimorados, aprimoramentos corporais aerodinâmicos, componentes leves e detalhes interiores / exteriores com o emblema "M" (Motorsport) tricolor.

O valor médio do automóvel é de R$494.961, ficando em quadragésimo sétimo na lista de carros mais caros no Brasil.

BMW M3 Sedan
BMW M3 Sedan

46 - Jaguar F-Type

O Jaguar F-Type é um carro esportivo de duas portas e dois lugares, fabricado pela fabricante britânica de carros de luxo Jaguar Land Rover sob sua marca Jaguar desde 2013. A plataforma JLR D6a do carro é baseada em uma versão abreviada da plataforma do XK. Ele serve como o sucessor espiritual do famoso E-Type, sendo também o substituto do XK grand tourer.

O carro foi lançado inicialmente como um descapotável de 2 portas, com uma versão coupé fastback de 2 portas lançada em 2013.

O valor médio do automóvel é de R$496.135, ficando em quadragésimo sexto na lista de carros mais caros no Brasil.

Jaguar F-Type
Jaguar F-Type

45 - Porsche 718 Boxster

O Porsche Boxster e o Porsche Cayman são carros esportivos de dois lugares de motor central fabricados e comercializados pela fabricante de automóveis alemã Porsche em quatro gerações - como um roadster de 2 portas e 2 passageiros (Boxster) e um fastback de 3 portas e 2 passageiros coupé (Cayman).

A primeira geração do Boxster foi introduzida em 1996; a segunda geração Boxster e Cayman chegaram no final de 2005; e a terceira geração lançada em 2012. Desde a introdução da quarta geração em 2016, os dois modelos são comercializados como o Porsche 718 Boxster e o Porsche 718 Cayman.

A placa de identificação Boxster é um portmaneau de boxer, uma referência ao seu motor de motor plana ou boxer e roadster, uma referência ao estilo de corpo. A placa de identificação Cayman é uma ortografia alternativa do jacaré, um réptil da família dos crocodilos.

O valor médio do automóvel é de R$511.450, ficando em quadragésimo quinto na lista de carros mais caros no Brasil.

Porsche 718 Boxster
Porsche 718 Boxster

44 - Volvo XC 90

O XC90 é um sofisticado utilitário esportivo de alto-luxo da Volvo sueca, equipado com uma grande variedade de itens de segurança e conforto, como freios do tipo ABS (antitravamento), controle de tração inteligente (somente as rodas que estão firmemente em contato com o solo recebem automaticamente força do motor), sistema WHIPS (sistema passivo de amortecimento nos bancos contra impactos, procurando evitar lesões principalmente na altura do pescoço dos ocupantes do veículo), vários air-bags espalhados pelo habitáculo do veículo, ar-condicionado e aquecedor, etc.

O valor médio do automóvel é de R$514.950, ficando em quadragésimo quarto na lista de carros mais caros no Brasil.

Volvo XC 90 T-8
Volvo XC 90 T-8

43 - Porsche Macan

O Porsche Macan é um utilitário esportivo fora de estrada baseado no Audi Q5, inicialmente anunciado em novembro de 2010 como um projeto de desenvolvimento, e formalmente anunciado pela Porsche em março de 2011, com entregas previstas para meados de 2013. A Porsche aspira a cobrir uma posição do mercado abaixo do Cayenne, que é maior. O carro foi originalmente conhecido por seu nome em chave de Cajun. Em fevereiro de 2012 a Porsche anunciou que "Macan" ("tigre" em indonésio) seria o nome final do automóvel. O Macan será produzido junto ao Panamera e o Cayenne em Leipzig, Alemanha, numa nova ampliação da fábrica.

O valor médio do automóvel é de R$542.558, ficando em quadragésimo terceiro na lista de carros mais caros no Brasil.

Porsche Macan Turbo

42 - Mercedes Benz AMG C-63 S Coupe

A Mercedes-Benz C-Class (W204) é uma gama de carros executivos compactos que foram produzidos pela fabricante de automóveis alemã Mercedes-Benz de 2007 a 2014. Foi o sucessor do Mercedes-Benz C-Class (W203) e foi eventualmente substituído pelo Mercedes-Benz C-Class (W205) em 2014, embora os modelos W204 coupé ainda fossem produzidos para o ano do modelo de 2015. O coupé foi introduzido em 2011 ao lado do sedan W204 e da station wagon. A maioria das versões C-Class é de tração traseira (RWD), mas alguns modelos (como o 4MATIC) estão disponíveis com tração nas quatro rodas (AWD).

O valor médio do automóvel é de R$586.900, ficando em quadragésimo segundo na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz C-63 S Coupe AMG
Mercedes Benz C-63 S Coupe AMG

41 - BMW X5 M

O BMW X5 é um SUV de luxo de tamanho médio produzido pela BMW. A primeira geração do X5, com o código de chassi E53, fez sua estreia em 1999. Foi o primeiro SUV da BMW e também contou com tração nas quatro rodas e estava disponível com transmissão manual ou automática. Em 2006, a segunda geração do X5 foi lançada, conhecida internamente como E70, apresentando o sistema xDrive de tração nas quatro rodas, acoplado a uma transmissão automática, e em 2009 a versão X5 M foi lançada como modelo 2010.

A BMW classificou o X5 como um Veículo de Atividade Esportiva (SAV) em vez de um SUV, para enfatizar sua capacidade on-road, apesar de seu tamanho. Como o Lexus RX 300, o X5 anunciava a mudança de SUVs corpo-a-corpo leves para caminhões para cruzamentos sustentados por plataformas de carros unibody que se tornariam realidade no final dos anos 2000. Entre as montadoras de luxo alemãs, enquanto o Mercedes-Benz Classe M ultrapassou o X5 ao mercado em um ano, o X5 foi o primeiro a usar um chassi monobloco enquanto o M-Class usou uma plataforma de caminhão leve até sua segunda geração. Enquanto o Lexus RX é baseado no sedan de mercado de massa de Toyota Camry, o X5 compartilha seus fundamentos com o sedan de luxo de desempenho do BMW 5 Series.

O valor médio do automóvel é de R$640.125, ficando em quadragésimo primeiro na lista de carros mais caros no Brasil.

BMW X5 M 4.4 4x4 V8 32V Bi-Turbo Aut.
BMW X5 M 4.4 4x4 V8 32V Bi-Turbo Aut.

40 - Audi RS6 4.0 Avant

O Audi RS6 é uma versão superesportiva do Audi A6, situando-se ainda acima do Audi S6.O Audi RS6 é disponível no modelo sedã (Saloon) ou perua (Avant). É um dos sedans mais caros do Brasil, sendo lançado em 2009 por R$ 532.000.

Duas gerações foram produzidas, a primeira em 2002 indo até 2004, com motor V8 com 480 cv de potência. Esse modelo segue as linhas do A6 em 2002. A segunda geração foi produzida de 2008 a 2010, com motor V10 com 580 cv, se tornando o carro mais forte comercializado pela Audi, só superado por protótipos do R8 V10.

O valor médio do automóvel é de R$657.120, ficando em quadragésimo na lista de carros mais caros no Brasil.

 
Audi-RS6-4.0-Avant-TFSI
Audi RS6 4.0 Avant TFSI

39 - Mercedes Benz GLS-500

O Classe GL é um utilitário esportivo de porte grande da Mercedes. Seu acabamento interno é em madeira com detalhes cromados. Contém Airbags dianteiros de dois estágios, laterais traseiros e de cortina.

Estofamento em couro, estribos laterais, faróis com lâmpadas de bi-xenônio e Active Light System. Também contém sistema de câmera traseira e sistema de entretenimento traseiro com duas telas de 7" e unidade de DVD com dois fones de ouvidos.

Suas cores são: Metálicas: Preto Obsidian, Verde Periclasse, Azul Tanzanita, Vermelho Cameolita, Prata Cubanita, Prata Iridium e Bege Sanidine. Sólidas: Preto Formal e Branco Calcita. Especial: Marrom Perídoto. Possui sete bancos, dois a mais que o também Mercedes-Benz ML.

O valor médio do automóvel é de R$682.701, ficando em trigésimo nono na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz GLS-500
Mercedes Benz GLS-500

38 - BMW X6 M

O X6 é um crossover médio de luxo fabricado pela fabricante de automóveis alemã BMW. O motor seis cilindros de 3.0 litros, 306 HP e 40,8 mkgf de torque é o de entrada. Já o V8 biturbo com injeção direta de gasolina, 4.4 litros, 407 HP e 61,2 mkgf fica no topo da linha.

Vai de 0 a 100 km/h em 5,4 segundos, e é limitado eletronicamente a 250 km/h. Na Europa as versões a diesel rendem 235 HPe 286 HP O câmbio é automático e permite trocas manuais. Há controle dinâmico, de tração e até da inclinação do chassi, entre outros.

O valor médio do automóvel é de R$683.062, ficando em trigésimo oitavo na lista de carros mais caros no Brasil.

BMW X6 M 4.4
BMW X6 M 4.4

37 - Maserati Ghibli S

O Ghibli é um modelo esportivo, produzido pela Maserati que possui três gerações: a primeira de 1967 a 1973, segunda de 1992 a 1997 e a terceira de 2013 ao presente. O Ghibli I possui motor V8 de 330 HP, enquanto o Ghibli II tinha motor V6 2.0 para o mercado europeu e V6 2.8 para outros mercados.

O valor médio do automóvel é de R$690.000, ficando em trigésimo sétimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Maserati Ghibli S Q4
Maserati Ghibli S Q4

36 - BMW M6 Gran Coupe

O BMW M6 é uma versão de alto desempenho do coupé / conversível da Série 6, projetado e desenvolvido pela divisão de automobilismo da BMW. O BMW M6 foi baseado nas gerações subseqüentes da série 6.

O novo modelo baseia-se na BMW F12 / F13 e partilha a sua caixa de velocidades M-DCT de 7 velocidades, o motor BMW S63 V8 e outras tecnologias com o BMW M5 (F10). O M6 coupé tem um teto de fibra de carbono e outras medidas de economia de peso, o que o torna 20 kg mais leve do que o M5, porém é 140 kg mais pesado que seu antecessor.

Os números do desempenho indicam a aceleração de 0 a 100 km / h em 4,2 segundos e uma velocidade máxima limitada eletronicamente de 250 km / h com a velocidade máxima limitada sendo de 305 km / h com o pacote opcional do M-driver.

O valor médio do automóvel é de R$697.678, ficando em trigésimo sexto na lista de carros mais caros no Brasil.

BMW M6 Gran Coupe
BMW M6 Gran Coupe
 

35 - Audi RS7 Sportback

O Audi A7 é um cupê de alto nível que foi lançado em 2010. Ele se posiciona no mesmo segmento do Mercedes-Benz CLS e do BMW Série 6, juntamente com o modelo da Jaguar que entrará no lugar do XJ. O cupê A7 tem uma nova plataforma, que também serve de base para o próximo Audi A6. O Audi A7 tem um sistema de suspensão a ar, para dar tanto conforto quando o Mercedes-Benz CLS. Os motores do Audi A7 são um 2.8 FSI e 3.0 TFSI, ambos V6 e o top de linha terá um 4.0 TFSI V8.

O mais potente, Audi RS7, usa uma versão modificada do motor dos RS6, um 5.2 V10 com dois turbos, gerando aproximadamente 600 cavalos de potência.

O valor médio do automóvel é de R$721.156, ficando em trigésimo quinto na lista de carros mais caros no Brasil.

Audi RS7 Sportback
Audi RS7 Sportback

34 - BMW M5

BMW M5 é um modelo esportivo da marca BMW. Ele é um derivado da Série 5, modificado pela Motorsport, a divisão de esportivos da BMW. É o sedã mais rápido do mundo, segundo avaliações das principais publicações automobilísticas europeias e sendo de maior carisma dentro do mundo automobilístico, tendo comprovação pela pesquisa "Top of mind" na categoria carro mais completo do mundo, realizada na Europa, em 2006, pelo instituto Research Auto inc.

O M5 recorreu a algumas inovações da Fórmula 1, incluindo os modos de transmissão (manual, automática) e eletrônica como o launch control (controle eletrônico de arranque para as rodas traseiras não entrarem em derrapagem) ou o dynamic stability control (controle dinâmico de estabilidade).

Outra novidade no M5 E60 é o botão Power (com a marca do logotipo "M") que permite ao condutor experimentar os 3 modos de potência: P400, P500 e P500 S. O P400 limita o motor a debitar os 400 cavalos e serve para o uso diário. O modo P500 permite ao condutor sentir o motor V10 de 507 cavalos de potencia máxima. E o P500 S é o mesmo que o anterior mas com uma melhor resposta do motor. O M5 fica definido no modo P400 quando o motor é posto a trabalhar. Os modos P500 só são possíveis de serem usados usando o modo i-Drive e de seguida pressionar o botão com o logotipo "M". A velocidade máxima do M5 de fábrica está limitada eletronicamente aos 250 km/h. Sem limitador, o M5 consegue atingir os 330km/h e é o sedã mais rápido do mundo.

O valor médio do automóvel é de R$744.364, ficando em trigésimo quarto na lista de carros mais caros no Brasil.

BMW M5 Perform XDRIVE
BMW M5 Perform XDRIVE

33 - Maserati Levante S

O Maserati Levante é um veículo SUV produzido pela Maserati, lançado em 2016, sendo o primeiro veículo da montadora nessa classe.

Crossover de luxo de tamanho médio baseado no Kubang concept car que estreou no Salão do Automóvel de Frankfurt 2011 e foi construído pela Maserati na fábrica de Mirafiori em Turim, Itália, a partir de 2016. Produzido e montado na fábrica da Maserati em Turim, o Levante foi colocado à venda na Europa em maio de 2016 e na América do Norte em setembro de 2016.

O valor médio do automóvel é de R$756.666, ficando em trigésimo terceiro na lista de carros mais caros no Brasil.

Maserati Levante S

32 - Lexus LS 500h

O Lexus LS é um sedã de luxo de tamanho completo (F-segmento na Europa) servindo como o principal modelo da Lexus, a divisão de luxo da Toyota. Durante as primeiras quatro gerações, todos os modelos LS apresentavam motores V8 e eram predominantemente com tração traseira, com a Lexus também oferecendo variantes de tração nas quatro rodas, híbridas e de longa distância entre eixos. A quinta geração mudou para usar um motor V6 sem a opção V8, e apenas um comprimento foi oferecido.

O desenvolvimento do LS começou em 1983 como o projeto F1, o nome de código para um carro-chefe secreto que seria posicionado em um tamanho e faixa de preço mais altos do que o Toyota Crown - que historicamente era o principal modelo da empresa. O sedã resultante seguiu um extenso processo de design de cinco anos a um custo de mais de US $ 1 bilhão, e estreou com um novo motor V8 e vários recursos de luxo. O Lexus LS foi concebido desde o seu início para os mercados de exportação, e a divisão Lexus foi formada para comercializar e atender o veículo internacionalmente. O original LS 400 estreou em vendas fortes e foi amplamente responsável pelo lançamento bem-sucedido da marca Lexus.

Desde o início da produção, cada geração do Lexus LS foi fabricada na cidade japonesa de Tahara, Aichi. O nome LS significa "Luxury Sedan".

O valor médio do automóvel é de R$760.640, ficando em trigésimo segundo na lista de carros mais caros no Brasil.

Lexus LS 500H
Lexus LS 500H

31 - BMW 750iL M Sport

O BMW Série 7 é um sedan de luxo em tamanho produzido pela montadora alemã BMW desde 1977. É o sucessor do sedã "New Six" BMW E3 e está atualmente em sua sexta geração.

A Série 7 é o principal carro da BMW e só está disponível em um estilo de carroceria (incluindo modelos de longa distância entre eixos e limusine). Ele tradicionalmente introduz tecnologias e temas de design exterior antes de chegar a outros modelos da linha da BMW.

A primeira geração da Série 7 foi equipada com motores a gasolina de 6 cilindros em linha, e as gerações seguintes foram impulsionadas por motores inline-4, straight-6, V8 e V12 com aspiração natural e turbo-compressão. Desde 1995, os motores a diesel foram opcionais na Série 7.

Ao contrário dos salões das séries 3 e 5, a BMW não produziu um modelo M para a Série 7 (ou seja, um "M7"). No entanto, em 2014, uma opção "M Performance" ficou disponível para a Série 7.

O valor médio do automóvel é de R$763.968, ficando em trigésimo primeiro na lista de carros mais caros no Brasil.

30 - Land Rover Range Rover Vogue

O Range Rover (L405) é um SUV de luxo de tamanho britânico feito pela Land Rover. É a quarta geração da série Range Rover.

O veículo foi revelado no Paris Motor Show 2012 e as vendas do Range Rover começaram no final do mesmo ano.

Os primeiros modelos incluem uma escolha de dois motores a gasolina (5.0 litros 375 PS LR-V8 e 510PS LR-V8 Supercharged) e dois a diesel (3.0 litros 258PS TDV6 e 4.4 litros 339PS SDV8), todos com transmissão automática de oito velocidades

O valor médio do automóvel é de R$774.331, ficando em trigésimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Land Rover Range Rover Vogue
Land Rover Range Rover Vogue

29 - Porsche Cayenne

O Porsche Cayenne é um utilitário esportivo de luxo produzido pela Porsche desde 2002. É o primeiro modelo da Porsche equipado com um motor V8 desde 1995, quando foi encerrada a produção do Porsche 928. É o segundo modelo mais vendido da marca, atrás apenas do clássico Porsche 911. A Cayenne possui uma grande gama de motores além de possuir mais de 500 opções de acabamento, a Cayenne compartilha chassi com Volkswagen Touareg e Audi Q7, além de compartilhar o motor V8 com o Touareg, o utilitário esportivo de luxo da Volkswagen.

O valor médio do automóvel é de R$779.850, ficando em vigésimo nono na lista de carros mais caros no Brasil.

Porsche Cayenne
Porsche Cayenne

28 - Mercedes Benz AMG E-63 S

As séries Mercedes-Benz E-Class (W213 e S213) representam a quinta geração da gama Mercedes-Benz E-Class de carros executivos, incluindo as configurações sedan (W213) e station wagon (S213). Vendido a partir de 2016 (como modelo 2017), é o sucessor dos modelos W212 / S212 E-Class. Ao contrário da geração anterior, esta geração cupê / conversível compartilha a mesma plataforma que o sedan / vagão. As versões Mercedes-AMG E 63 e E 63 S de alto desempenho do W213 também estão disponíveis a partir de 2016 (como modelo 2017).

Desde meados da década de 1990, o Mercedes-Benz E-Class foi equipado com faróis quad e um design diferenciado em comparação com o C-Class e o S-Class. Com o modelo de 2017, a Mercedes decidiu seguir uma direção mais simplificada, vista pela primeira vez com a atualização mid-generational E-Class de 2014 e, em seguida, indo em uma direção totalmente nova com o novo modelo 2017.

Lançado na primavera de 2016 após uma estreia mundial no Salão Internacional do Automóvel da América do Norte em janeiro de 2016, o 2017 E-Class era o carro tecnologicamente mais avançado que a Mercedes já produzira na época.

O valor médio do automóvel é de R$781.373, ficando em vigésimo oitavo na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz E-63 S AMG
Mercedes Benz E-63 S AMG

27 - Land Rover Range Rover Sport

O Range Rover Sport é o modelo da Land Rover baseado no Discovery e portanto apresenta boa versatilidade em diferentes tipos de terreno.

A primeira geração iniciou a produção em 2005 e foi substituída pela segunda geração Sport (codinome: L494) em 2013.

O valor médio do automóvel é de R$793.155, ficando em vigésimo sétimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Land Rover Range Rover Sport SVR SUPERCHAGED
Land Rover Range Rover Sport

26 - Mercedes Benz S-560L

O Mercedes-Benz S-Class, anteriormente conhecido como Sonderklasse (em alemão para "classe especial", abreviado como "S-Klasse"), é uma série de veículos de luxo produzidos pela montadora alemã Mercedes-Benz, uma divisão da empresa alemã Daimler AG. A designação S-Class para os modelos topo de gama da Mercedes-Benz foi oficialmente introduzida em 1972 com o W116 e continua em uso desde então.

O S-Class estreou muitas das mais recentes inovações da empresa, incluindo tecnologias de transmissão, características internas e sistemas de segurança (como os primeiros pré-tensores dos cintos de segurança). O S-Class classificou-se como o sedan de luxo mais vendido do mundo e sua última geração, o W222 S-Class, estreou em 2013. Como nas iterações anteriores, o W222 S-Class é vendido em padrão e longo versões de distância entre eixos; Os powertrains I4, V6, V8, V12, diesel e híbrido são oferecidos. Todos os modelos construídos no México ou vendidos nos Estados Unidos estão disponíveis apenas na longa distância entre eixos.

O valor médio do automóvel é de R$796.416, ficando em vigésimo sexto na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz S-560L
Mercedes Benz S-560L

25 - Mercedes Benz GLS-63

O Classe GL é um utilitário esportivo de porte grande da Mercedes. Seu acabamento interno é em madeira com detalhes cromados. Contém Airbags dianteiros de dois estágios, laterais traseiros e de cortina. Sistema de leitor de DVD e CD Changer para 6 discos. Estofamento em couro, estribos laterais, faróis com lâmpadas de bi-xenônio e Active Light System. Também contém sistema de câmera traseira e sistema de entretenimento traseiro com duas telas de 7" e unidade de DVD com dois fones de ouvidos. Suas cores são: Metálicas: Preto Obsidian, Verde Periclasse, Azul Tanzanita, Vermelho Cameolita, Prata Cubanita, Prata Iridium e Bege Sanidine. Sólidas: Preto Formal e Branco Calcita. Especial: Marrom Perídoto. Possui sete bancos, dois a mais que o também Mercedes-Benz ML.

O valor médio do automóvel é deR$858.580, ficando em vigésimo quinto na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz GLS-63
Mercedes Benz GLS-63

24 - Nissan GT-R

O Nissan GT-R é um modelo de automóvel superesportivo produzido pela Nissan, foi anunciado em 2001 em homenagem a Bruno Batista com o objetivo de dar sequencia a marca GT-R (que surgiu na década de 1960 que fez sucesso com o Skyline), em 6 de dezembro de 2007 foi oficialmente lançado no Japão, em 2008 chegou aos Estados Unidos, Canadá e Portugal, no resto do mundo apenas em 2009.

O GT-R carrega a cultura japonesa desde seu projeto inicial, seu design foi inspirado nos robôs Gundam, o carro é oposto aos concorrentes europeus e americanos, o GT-R tem linhas fortes e robustas sugerindo baixa eficiência aerodinâmica, mas o que acontece é justamente o contrario, com um coeficiente aerodinâmico de 0,26 o design GT-R é pensado e produzido para reduzir arrastos e vórtices ao máximo, além de empurrar o carro para baixo aumentando a aderência e segurança em altas velocidades.

O valor médio do automóvel é de R$910.000, ficando em vigésimo quarto na lista de carros mais caros no Brasil.

Nissan-GT-R
Nissan GT-R

23 - Mercedes Benz AMG S-63

A Classe S é uma linha de sedans de porte grande da Mercedes-Benz. Tradicionalmente é o carro topo de gama da marca alemã e normalmente é equipado com os melhores avanços tecnológicos da marca. O S63 é o modelo atual.

O valor médio do automóvel é de R$1.017.230, ficando em vigésimo terceiro na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz S-63
Mercedes Benz S-63

22 - Audi R8 5.2 V10 Quattro

O R8 é um modelo superesportivo de dois lugares da Audi. É baseado no carro conceito Audi Le Mans Quattro, apresentado em 2003 no salão de Frankfurt.

Com poucas variações conforme o carro conceito. A grande grelha em forma de trapézio, identidade da marca, está bem integrada à frente, mas agora com os anéis a repousar em cima do capô e na traseira, o carro tem entradas de ar que melhoram a aerodinâmica parecidas às da frente que têm a mesma função e também a de refrigerar os travões. Conta com motor V8 de 4,2 litros e 32 válvulas (4 por cilindro) que rende 500 HP a 7800 rpm, e o faz acelerar de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos, atingindo uma velocidade máxima de 311 km/h. Partilha a plataforma com o seu irmão Lamborghini Gallardo. Com um comportamento fascinante dado o seu motor central, que equilibra a distribuição de pesos, contando também com a famosa tração integral quattro.

O valor médio do automóvel é de R$1.049.100, ficando em vigésimo segundo na lista de carros mais caros no Brasil.

Audi R8 5.2 V10 Quattro
Audi R8 5.2 V10 Quattro

21 - Mercedes Benz GT C Roadster AMG

O Mercedes-AMG GT é um carro esportivo de duas portas e dois lugares produzido em coupé e roadster pela Mercedes-AMG. O carro foi introduzido em 9 de setembro de 2014 e foi oficialmente revelado ao público em outubro de 2014 no Salão Automóvel de Paris. Depois do SLS AMG, é o segundo carro esportivo desenvolvido inteiramente pela Mercedes-AMG. Lewis Hamilton ajudou no desenvolvimento. O Mercedes-AMG GT começou a ser vendido em duas variantes (GT e GT S) em março de 2015, enquanto uma variante de corrida GT3 do carro foi introduzida em 2015. Uma variante de corrida GT4, direcionada a pilotos semi-profissionais e baseada no GT Variante R, foi introduzida em 2017. Todas as variantes são montadas na fábrica da Mercedes-Benz em Sindelfingen, Alemanha.

O GT C é uma variante orientada para o desempenho do Mercedes-AMG GT. O motor M178 nesta variante é ajustado para uma saída de 557 HP. .

O valor médio do automóvel é de R$1.118.320, ficando em vigésimo primeiro na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz GT C Roadster AMG
Mercedes Benz GT C Roadster AMG

20 - Maserati Gran Turismo Sport

O Maserati GranTurismo é um grand tourer produzido pela fabricante de automóveis italiana Maserati. Inaugurado no Salão de Genebra de 2007, o GranTurismo tem um coeficiente de arrasto de 0,33. O modelo foi inicialmente equipado com um motor V8 de 4.2 litros desenvolvido em conjunto com a Ferrari.

O motor gera uma potência máxima de 399 HP e está equipado com uma transmissão automática ZF de 6 velocidades. O corpo 2 + 2 foi derivado da plataforma Maserati M139, também compartilhada com o Maserati Quattroporte V, com suspensão dianteira double-wishbone e suspensão traseira multilink. O grand tourer enfatiza o conforto em harmonia com a velocidade e o prazer pro motorista.

O valor médio do automóvel é de R$1.150.000, ficando em vigésimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Maserati Gran Turismo Sport
Maserati Gran Turismo Sport

19 - Mercedes Benz G-63 AMG

O Classe G é um SUV da Mercedes-Benz, marca alemã de automóveis pertencente ao grupo Daimler AG. Inicialmente produzido para utilização militar, passou a estar disponível ao público a partir de 1979. O projeto iniciou-se em 1972 no âmbito de uma parceria entre a Mercedes-Benz e a Steyr-Daimler-Puch, hoje Magna Steyr.

Continua atualmente a ser fabricado em Graz na Austria. Em sua forma básica, o veículo pouco mudou desde então, tecnicamente recebeu, no entanto, sempre melhorias e atualizações. As modificações se referem principalmente à variantes do motor, do interior e recursos de segurança.

O valor médio do automóvel é de R$1.179.900, ficando em décimo nono na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz G-63 AMG
Mercedes Benz G-63 AMG

18 - Mercedes Benz S-65 AMG Coupe

O Mercedes-Benz Classe S (C217) é um carro de luxo / grande tourer fabricado pela Mercedes-Benz desde 2014.

O modelo C217 foi o sucessor do CL-Class (C216) e é a versão atual do cupê S-Class. É também o primeiro Mercedes cupê a levar o nome S-Class desde 1992.

O valor médio do automóvel é de R$1.258.650, ficando em décimo oitavo na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes Benz S-65 AMG Coupe
Mercedes Benz S-65 AMG Coupe

17 - Porsche Panamera Turbo S

O Panamera é um automóvel de luxo coupé de 4 portas de porte grande lançado pela Porsche em 2009. Tem motorização dianteira V6 e V8 feitos em Stuttgart, a carroceria é fornecida já pintada pela fábrica da Volkswagen localizada em Hanôver, e a montagem final ocorre em Leipzig. Treze cores e combinações de materiais podem ser escolhidas para o interior do Panamera. As versões são S, 4S e Turbo. Nas duas versões mais “fracas”, o porta-malas tem capacidade para 445 litros, ao passo que na Turbo estamos falando de 432 litros.

O valor médio do automóvel é de R$1.302.510, ficando em décimo sétimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Porsche Panamera
Porsche Panamera

16 - Merdedes-Benz-AMG GT R

O Mercedes-AMG GT é um carro esportivo de duas portas e dois lugares produzido em coupé e roadster pela Mercedes-AMG. O carro foi introduzido em 9 de setembro de 2014 e foi oficialmente revelado ao público em outubro de 2014 no Salão Automóvel de Paris. Depois do SLS AMG, é o segundo carro esportivo desenvolvido inteiramente pela Mercedes-AMG. Lewis Hamilton ajudou no desenvolvimento. O Mercedes-AMG GT começou a ser vendido em duas variantes (GT e GT S) em março de 2015, enquanto uma variante de corrida GT3 do carro foi introduzida em 2015. Uma variante de corrida GT4, direcionada a pilotos semi-profissionais e baseada no GT Variante R, foi introduzida em 2017. Todas as variantes são montadas na fábrica da Mercedes-Benz em Sindelfingen, Alemanha.

O GT R é uma variante de alto desempenho do Mercedes-AMG GT e foi revelado no Goodwood Festival of Speed ​​em 24 de junho de 2016. O motor M178 desta variante está ajustado para uma potência de 577 HP. O GT R acelera de 0 a 100 km / h em 3,6 segundos e tem uma velocidade máxima de 319 km / h.

Quando foi lançado, o GT R teve várias mudanças cosméticas em comparação com o carro padrão, notavelmente as lâminas verticais na grade dianteira, uma asa traseira fixa, novas entradas de ar dianteiras e novos difusores dianteiros e traseiros. O estilo do GT R é mais comparável ao do carro de corrida AMG GT3.

O valor médio do automóvel é de R$1.305.228, ficando em décimo sexto na lista de carros mais caros no Brasil.

Mercedes-AMG GT R
Mercedes-AMG GT R

15 - Maserati Quattroporte

O Quattroporte é um sedan de quatro portas superesportivo da Maserati, desenvolvido em parceria com a Ferrari. O nome traduzido do italiano significa literalmente "quatro portas". O carro está atualmente em sua sexta geração, com o primeiro introduzido em 1963, e o modelo atual lançado em 2016.

O valor médio do automóvel é de R$1.450.000, ficando em décimo quinto na lista de carros mais caros no Brasil.

Maserati Quattroporte GTS
Maserati Quattroporte GTS

14 - Mclaren 540c Coupe

O McLaren 540C é um carro esportivo da McLaren. É baseado no McLaren 570S e foi apresentado pela primeira vez ao público no Shanghai Motor Show 2015. A entrega dos primeiros veículos começou no início de 2016. Ele representa o atual modelo de nível de entrada da frota da McLaren, e seu motor V8 biturbo de 3,8 litros oferece 22 kW a menos do que o 570S.

O valor médio do automóvel é de R$1.505.100, ficando em décimo quarto na lista de carros mais caros no Brasil.

Mclaren 540c Coupe
Mclaren 540c Coupe

13 - Maserati Levante Trofeo

O Maserati Levante é um veículo SUV produzido pela Maserati, lançado em 2016, sendo o primeiro veículo da montadora nessa classe.

Crossover de luxo de tamanho médio baseado no Kubang concept car que estreou no Salão do Automóvel de Frankfurt 2011 e foi construído pela Maserati na fábrica de Mirafiori em Turim, Itália, a partir de 2016. Produzido e montado na fábrica da Maserati em Turim, o Levante foi colocado à venda na Europa em maio de 2016 e na América do Norte em setembro de 2016.

O Maserati Levante Trofeo foi revelado no Salão Automóvel de Nova York de 2018. O Trofeo possui um motor V8 twin turbo de 3,8 litros e tração integral Q4, com torque máximo de 590 HP.

O valor médio do automóvel é de R$1.723.430, ficando em décimo terceiro na lista de carros mais caros no Brasil.

Maserati Levante Trofeo

12 - Porsche 911 GT2 RS 3.8 V6 700cv (991)

O Porsche 911 GT2 é um automóvel esportivo de alto desempenho construído pela fábrica alemã Porsche desde de 1994. O Porsche 911 GT2 surge na linha dos grandes desportivos que ao longo da vida do Porsche 911 sempre foram surgindo a par das versões "normais". Realizado com base no 911 Turbo tem a carroçaria mais leve e o motor boxer viu a sua cilindrada aumentada para 3,6 litros, o que obrigou a aumentar a capacidade de travagem, o que foi feito com a adoção de discos em cerâmica.

O valor médio do automóvel é de R$1.885.800, ficando em décimo segundo na lista de carros mais caros no Brasil.

Porsche 911 GT2
Porsche 911 GT2

11 -Mclaren 570S Spider

O McLaren 570S é um carro esportivo projetado e fabricado pela montadora britânica McLaren Automotive. Foi revelado no New York International Auto Show de 2015. A McLaren prevê que o modelo ajudará a triplicar o volume de vendas da empresa até 2020.

A versão conversível do 570S foi revelada no evento Goodwood Festival of Speed ​​de 2017. Ele pega emprestado o mecanismo de dobragem do teto da linha Super Series. O teto de alumínio de duas peças dobra-se em um compartimento localizado atrás dos assentos do carro, deixando o contraforte traseiro no lugar. Ao contrário do 12C Spider e do 650S Spider, o Spider do 570S não precisou de uma reengenharia significativa para o mecanismo do teto dobrável devido ao monocélula de carbono usado no 570S.

O Spider tem novas rodas de alumínio forjado e três cores especiais de lançamento, nomeadamente Vega Blue, Sicilian Yellow e Ventura Orange.

O valor médio do automóvel é de R$2.226.550, ficando em décimo primeiro na lista de carros mais caros no Brasil.

Mclaren 570S Spider
Mclaren 570S Spider

10 -Lamborghini Urus

O Lamborghini Urus é um SUV conceptual, desenhado pela marca italiana Lamborghini, apresentado no Auto China em 23 de abril de 2012.[2] O seu nome vem do nome dos antepassados selvagens do gado doméstico também conhecidos como auroques.

O valor médio do automóvel é de R$2.398.424, ficando em décimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Lamborghini Urus
Lamborghini Urus

9 - Ferrari Portofino

O Ferrari Portofino é um esportivo grand touring produzido pela fabricante automotiva italiana Ferrari. É um conversível de duas portas 2 + 2 hard top. O carro é nomeado após a vila italiana de Portofino e também sucede a V8 grand tourer anterior da empresa, a Califórnia T. O carro foi revelado no Salão Automóvel de Frankfurt 2017.

O valor médio do automóvel é de R$2.400.000, ficando em nono na lista de carros mais caros no Brasil.

Ferrari Portofino
Ferrari Portofino

8 - Rolls Royce Ghost ll

O Rolls-Royce Ghost é um carro de luxo britânico produzido pela Rolls-Royce Motor Cars. A placa de identificação "Ghost", em homenagem ao Silver Ghost, um carro produzido pela primeira vez em 1906, foi anunciada em abril de 2009 no salão Auto Shanghai.

A Rolls-Royce apresentou o novo Series II Ghost no 2014 Geneva Motor Show.

Mudanças visuais ao longo do Series I Ghost incluem faróis reesculpidos e luzes diurnas ininterruptas. A Série II também ganhou um "canal de vigília" afilado no capô, emanando das asas do Espírito de Êxtase. Inserções cromadas foram adicionadas às entradas de ar dianteiras, que foram ampliadas para alimentar mais ar de resfriamento para os freios dianteiros. Os pára-choques também foram sutilmente revisados, enquanto a linha de personagem lateral que a Rolls-Royce chama de "linha de flutuação" foi inclinada para frente. Também foram oferecidas novas opções de roda de liga e cor.

O valor médio do automóvel é de R$3.200.000, ficando em oitavo na lista de carros mais caros no Brasil.

Rolls Royce Ghost II
Rolls Royce Ghost II

7 - Lamborghini HURACAN

O Lamborghini Huracan é um automóvel desportivo construído pela empresa italiana Lamborghini, substituindo o lendário Gallardo, uns dos carros mais bem sucedidos da história da companhia. Como é tradição na marca Lamborghini, o nome Huracan surgiu do lendário touro de lide indultado na praça Real Maestranza de Sevilla.

O Huracán utiliza o mesmo bloco do motor do anterior Gallardo, um 5,2 litros V10. As alterações introduzidas permitiram aumentar a potência dos 520 HP do Gallardo LP-520-4 para 610 cv. O Huracan acelera dos 0 a 100 km/h em apenas 3,2 segundos e alcança a marca de 200 km/h em 9,5 segundos.

O valor médio do automóvel é de R$3.290.000, ficando em sétimo na lista de carros mais caros no Brasil.

Lamborghini Huracan
Lamborghini Huracan

6 - Rolls Royce Wraith

O Rolls-Royce Wraith é um grand tourer de luxo de 4 lugares fabricado pela Rolls-Royce Motor Cars e baseado no chassi do Rolls-Royce Ghost.

O nome Wraith vem de uma antiga palavra escocesa que significa imagem de um fantasma ou espírito, um nome que ele compartilha com o modelo de 1938 da empresa original Rolls Royce.

O estilo do corpo é um cupê de 2 portas sem pilar, onde todas as janelas laterais podem rolar como em um conversível. Este estilo de corpo era popular em carros americanos durante os anos 50 e 60 e era conhecido como o estilo de corpo Hardtop.

O valor médio do automóvel é de R$3.600.000, ficando em sexto na lista de carros mais caros no Brasil.

Rolls Royce Wraith
Rolls Royce Wraith

5 - Ferrari 488 Spider

A Ferrari 488 (Tipo F142M) é um carro esportivo de motor central produzido pela fabricante de automóveis italiana Ferrari. O carro é uma atualização para o 458 com mudanças notáveis ​​no exterior e no desempenho.

O carro é alimentado por um motor V8 de 3,9 litros com turbocompressor, menor em deslocamento, mas gerando uma potência maior do que o motor naturalmente aspirado da 458. A Ferrari 488 Spider é uma variante aberta de dois lugares do 488 com um capota rígida dobrável, semelhante ao seu antecessor.

A aceleração de 0 a 100 km / h permanece inalterada em 3,0 segundos, enquanto a aceleração de 0 a 200 km / h demora um pouco mais em 8,7 segundos e a velocidade máxima também é um pouco menor 325 km / h.

O valor médio do automóvel é de R$3.610.100, ficando em quinto na lista de carros mais caros no Brasil.

Ferrari 488 Spider
Ferrari 488 Spider

4 - Ferrari GTC4 LUSSO

A Ferrari GTC4 Lusso é um grand tourer de quatro lugares produzido pela fabricante de carros italiana Ferrari, sucessor da Ferrari FF.

O motor Ferrari F140 65 V12 do GTC4 Lusso possui 690 HP a 8.000 rpm, graças a um taxa de compressão aumentada para 13,5: 1. A Ferrari reivindica uma velocidade máxima de 335 km / h, inalterada em relação ao FF, e um tempo de aceleração de 0-100 km / h de 3,4 segundos.

O carro usa uma versão melhorada (apelidada de 4RM Evo) do sistema patenteado de tração nas quatro rodas da Ferrari introduzido no FF, integrado com direção nas quatro rodas em 4RM-S. Foi revelado no Salão de Genebra de 2016.

O valor médio do automóvel é de R$3.910.000, ficando em quarto na lista de carros mais caros no Brasil.

Ferrari GTC4 LUSSO
Ferrari GTC4 LUSSO

3 - Ferrari 812 SUPERFAST V12 800cv

A Ferrari 812 Superfast é um grand tourer de motor central dianteiro, com tração traseira produzido pela fabricante italiana de carros esportivos Ferrari, que fez sua estreia no Salão Automóvel de Genebra de 2017. O 812 Superfast é o sucessor da Ferrari F12 berlinetta.

O carro tem uma versão ampliada de 6,5 L do F112 V12 em comparação com o motor de 6,3 litros usado no F12berlinetta. O motor gera uma potência de 789HP a 8.500 rpm e 718 N⋅m de torque a 7.000 rpm. O motor do 812 Superfast é, a partir de 2018, o mais potente motor de automóvel de aspiração natural já produzido, de acordo com o fabricante.

O valor médio do automóvel é de R$4.200.000, ficando em terceiro na lista de carros mais caros no Brasil.

ferrari-812-superfast
Ferrari 812 Superfast

2 - Rolls-Royce Dawn

O Rolls-Royce Dawn é um conversível de luxo de 4 lugares fabricado pela Rolls-Royce Motor Cars. Foi anunciado a tempo do Salão Automóvel de Frankfurt 2015. O motor é um V12 twin-turbo de 6,6 litros com injeção direta que produz 563 cv a 5.250 rpm e torque de 820 Nm a 1.500 rpm. O carro tem uma velocidade máxima limitada de 250 km / he pesa 2.560 kg. Pode acelerar de 0 a 100 km / h em 4,9 segundos.

O valor médio do automóvel é de R$4.385.000, ficando em segundo na lista de carros mais caros no Brasil.

Rolls Royce Dawn 6.6 V12
Rolls Royce Dawn 6.6 V12

1 - Lamborghini AVENTADOR LP 700-4 ROADSTER

O Lamborghini Aventador LP 700-4 é um carro esportivo de motor central produzido pela fabricante italiana Automobili Lamborghini, sendo o substituto do Murciélago. Ele é codificado como LB834 e LB835 para a versão Roadster. O Aventador foi publicamente anunciado no Geneva Motor Show em 28 de Fevereiro de 2011.

Mantendo a tradição, o nome Aventador é em homenagem a um lendário touro da década de 90, ele era considerado o animal mais nervoso que já batalhou na Plaza de Toros de Zaragoza. Sua produção será limitada a 4000 unidades (4099 Murciélagos foram produzidas). A Lamborghini afirma que o Aventador está duas gerações na frente de qualquer carro a venda, usando suspensão inspirada em carros da Fórmula 1 e chassi feitos em fibra de carbono.

O valor médio do automóvel é de R$4.740.200, ficando em primeiro na lista de carros mais caros no Brasil.

Lamborghini AVENTADOR LP 700-4 ROADSTER
Lamborghini AVENTADOR LP 700-4 ROADSTER

Se você gostou dessa lista, clique nos links para compartilhar nas redes sociais. O Sr. Panda agradece!

[xyz-ips snippet="Related-Posts"]
____CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE____

SIGA NO FACEBOOK

Em alta