Listas

Fake news: Hyundai HB20 Sport não pode ser considerado esportivo

por

Murilo C.

Publicado em

Hyundai HB20 Sport

Existem muitos veículos que são comercializados no Brasil que mais parecem do que são, e o Hyundai HB20 Sport parece ser o mais novo membro do clube dos modelos foram esportivados, que contêm modelos com um visual realmente esportivo, mas não dispõem do item mais importante: Um motor potente debaixo do capô.

Hoje nós vamos desmistificar o mito de que o novo Hyundai HB20 Sport é de fato um esportivo. Bora acompanhar a análise que nós do Senhor Carros Fizemos do modelo?

ANÚNCIOS

Hyundai HB20 Sport o esportivo que não é esportivo

Se a nova versão do HB20 Sport não é tão radical quanto um Sandero RS, pelo menos a montadora acertou em uma coisa: Equipou o modelo com o novo motor 1.0 turbo, muito mais esperto e econômico que o defasado 1.6 16V que equipa o seu irmão com pegada off-road, o HB20X.

O novo Hyundai HB20 Sport vem com uma reforma bacana em termos de visual e ganhou uma série de acessórios e itens esportivos, mas será que realmente vale a pena pagar mais caro por carro que dispõe somente de  uma “roupagem esportiva” e não tem uma tocada realmente emocionante? 

A resposta para esse questionamento passará a ser respondida agora. 

Visual tem apelo esportivo

Quem é ligado nos lançamentos nacionais, sabe que o HB20 2019 foi uma das novidades mais embaraçosas e polêmicas da montadora. As linhas ousadas realmente dividiram e até mesmo os defensores da marca reprovaram a mudança. 

Hyundai HB20 Sport Lateral
Linhas do Hyundai HB20 Sport agradam

Se você é mais um daqueles que não gostaram do visual do Hyundai HB20 2019, temos duas notícias: Uma boa e uma ruim. 

Como é comum nesses casos, vamos começar pela mudança ruim! Infelizmente, a montadora não mudou de vez o design do hatch. Entretanto, a boa nova é que o Hyundai HB20 Sport ficou muito melhor do que a sua versão “normal”.

O HB20 Sport recebeu um verdadeiro tônico embelezador, cuja fórmula tinha uma pitada de esportividade. Na parte frontal, a larga e desnecessária grade trocou a moldura cromada por um acabamento em preto brilhante.

Abaixo, um pequeno filete vermelho, dá o tom do nome “Sport”. Os faróis e lanternas ganharam uma máscara escurecida, enquanto as rodas de liga leve de 16 polegadas são itens exclusivos da versão, e trazem consigo uma calota central vermelha, que combinada com a “esportivação” que o modelo recebeu.

As capas dos espelhos retrovisores também ganharam pintura preto brilhante, mesma cor, inclusive, no bonito aerofólio traseiro. Um pequeno aplique na porção inferior do para-choque traseiro, remetendo a um extrator, dá o toque esportivo que é meramente visual.

No interior, o Hyundai HB20 Sport também tem uma pegada esportiva, com apliques em preto brilhante ao redor das saídas de ar e um acabamento que imita a fibra de carbono no painel.

Os bancos são revestidos em couro e trazem o nome da versão bordado nos encostos. Costuras aparentes na cor vermelha também são fáceis de serem vistas e notadas. 

Hyundai HB20 Sport Interior
Interior do Hyundai HB20 Sport tem apelo esportivo

Essa esportividade interna só não foi passada para o volante, que poderia ter um trabalho mais refinado para deixar o pacote completo. O espaço interno é bom e comporta de maneira confortável quatro adultos. Por fim, o porta-malas, com 300 litros está dentro da média do segmento. 

Equipamentos

A lista de equipamentos do Hyundai HB20 Sport é toda baseada na versão evolution, e esse é um dos pontos altos do modelo. 

Controle de tração e estabilidade, assistente de partida em subida, ar-condicionado, direção e vidros elétricos nas quatro portas, computador de bordo, piloto automático e sensores de estacionamento traseiro fazem parte da lista que vêm de fábrica no HB20 Sport. 

Entretanto, a “versão esportiva” oferece alguns itens a mais e o que mais chama atenção é o carregador de celular por indução, uma exclusividade da versão Sport, ou seja, que não é encontrada nem na versão top de linha do HB20 comum. 

Hyundai HB20 Sport painel
HB20 Sport conta com boa lista de equipamentos

O volante multifuncional é outra atração à parte, pois além dos comandos, possui também, paddle shifts, para troca de marchas. O único opcional de verdade no modelo, é a pintura metálica, que pode ser adquirida pelo valor de R$ 950.

Segurança e manutenção

No quesito segurança, o Hyundai HB20 Sport decepciona pois não oferece airbags laterais, somente as bolsas infláveis frontais que são obrigatórias por lei. 

Os controles de estabilidade e tração, aliado aos assistentes de partida em subida e os ganchos oferecidos para fixação, fazem o modelo cumprir o básico e o necessário em segurança. 

Do ponto de vista de manutenção, temos uma boa notícia. Pelo fato do modelo ser esportivado, e não ser um verdadeiro esportivo, os custos com manutenção são os mesmos que o do HB20 convencional, o que não deixa de ser positivo.

Motor, câmbio, desempenho e consumo

E aqui temos os verdadeiros pontos fracos do Hyundai HB20 Sport: O Motor, o câmbio, e consequentemente o desempenho. 

Ao contrário do HB20X, que é comercializado apenas com o defasado motor 1.6 16V de 130 cavalos, o HB20 Sport possui apenas o novo motor 1.0 turbo de 120 cavalos. Mesmo que seja menos potente, o conjunto entrega um desempenho superior. 

Uma das principais reclamações referentes ao Hyundai HB20 Sport é que o modelo é dotado apenas de câmbio automático de seis velocidades, e isso tem explicação. A montadora se defende das acusações, dizendo que o público-alvo do novo modelo não são os puristas que fazem questão de trocar de marchas, por isso, a opção pelo câmbio automático.

Hyundai HB20 Sport Motor
Hyundai HB20 Sport conta com motor 1.0 turbo de boa performance

Entretanto, de maneira surpreendente, a agilidade é uma das principais características do modelo. Mas não espere respostas explosivas dignas de um modelo esportivo. Se você não for um purista, o comportamento dinâmico do HB20 Sport certamente não irá te desagradar. 

A exemplo de sua geração anterior, o hatch traz ajustes para quem gosta de dirigir. O volante apresentar respostas diretas e funcionais, embora pudesse ser um pouco menos leve, o que iria proporcionar maior sensação de segurança em alta velocidade. 

Os 120 cavalos do motor turbo são mais do que suficientes para realizar ultrapassagens e retomadas de velocidade sem sustos. A suspensão é firme e literalmente gruda o carro no chão e isso resolveu um dos maiores incômodos de seus antecessores, o comportamento instável da traseira em diversas condições de rodagem. 

Com relação ao consumo, o HB20 Sport também não decepcionam, mesmo contando somente com câmbio automático. 

Abastecido com etanol, o carro faz médias de 8,2 km/L na cidade e 10,4 km/L nas estradas. Já quando o combustível muda para gasolina, os números sobem para 11,7 km/L nas ruas urbanas e 14 km/L nas rodovias. 

Valores e dimensões

O Hyundai HB20 Sport tem como intuito dar continuidade aos modelos esportivados anteriores da linha HB20. Antes dele, a montadora já tinha lançado as versões Spicy e R-Spec. 

O modelo custa a “bagatela” de R$ 70.990, sendo mais caro do que a versão evolution, que traz a mesma motorização, mas não é equipada com acessórios esportivos, nem com alguns itens de série. 

Hyundai HB20 Sport traseira
Estabilidade e agilidade são marcas do Hyundai HB20 Sport

O Hyundai HB20 Sport tem 3940 mm de comprimento, 1470 mm de altura, 1720 mm de largura e 2530 mm de distância entre-eixos. 

Conclusão

O HB20 Sport é uma opção interessante para os amantes o Hyundai HB20 convencional que estão dispostos a pagar um pouco mais para ter um modelo com visual esportivo, sem abrir mão do motor turbo econômico e com manutenção acessível.

Em termos de mercado, os principais concorrentes do Hyundai HB20 Sport são o Onix Premier Turbo e o Ford Ka Titanium. O modelo da GM é mais caro, enquanto o veículo da Ford é mais barato, o que pode trazer uma briga interessante dos consumidores. 

Mas agora, queremos saber de você. Qual sua opinião sobre o HB20 Sport? Gostou? Não? Por qual motivo? Deixe um comentário contando pra gente se compraria ou não o modelo esportivo da montadora Sul-coreana. 

E já que estamos falando de modelos esportivos, que tal conhecer mais um modelo com apelo das pistas, mas feito para a rua? Estamos falando do Toyota Corolla GR Sport. Para conhecer o veículo que deve chegar ao Brasil em 2021, é só clicar no botão a seguir!

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Listas

Top 10 Carros de luxo mais vendidos no Brasil em 2020

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Os carros de luxo mais vendidos no Brasil parecem estar totalmente imune à crise causada pelo coronavírus que afeta diferentes setores da economia no mundo todo.

De acordo com os dados do portal financeiro Infomoney, mesmo após a chegada da pandemia no Brasil o número de vendas de carros luxuosos literalmente disparou e se manteve num patamar bastante agradável para compradores e vendedores. 

Carros de luxos mais vendidos

Mas será que você sabe quais foram os modelos de luxos mais vendidos até agora? Se sua resposta foi negativa, então você precisa conferir o artigo que nós do Senhor Carros criamos especialmente para você.

Os 10 carros de luxo mais vendidos no Brasil em 2020 

Confira agora os 10 carros de luxo mais vendidos no Brasil até agora em 2020. Você certamente vai se surpreender com a nossa lista 

10. Porsche Cayenne

Começamos a nossa lista com o SUV da montadora alemã Porsche. 

Lançado nos primórdios dos anos 2000 mais precisamente no ano de 2002 muitos fãs da marca acharam um absurdo o lançamento de uma SUV no meio de tantos modelos esportivos. Hoje a escolha se mostra mais do que acertada. 

Esse ano o Cayenne chegou à sua segunda geração e ganhou uma variação com carroceria que o coloca como um SUV Cupê. Isso deixou o design mais harmonioso e muito semelhante com famoso 911, o queridinho da marca. 

Porsche Cayenne
Porsche Cayenne

Podemos afirmar sem sombra de dúvida que o Porsche Cayenne é um esportivo luxuoso que praticamente não possui defeitos.

Os mais críticos podem dizer que ele é gastão. Mas o que é um gasto de combustível perto do seu valor que começa na faixa dos R$ 459 mil? Ao todo 443 unidades foram vendidas. 

9. Porsche 911

Aqui temos mais um exemplar que dispensa apresentações. Afinal, quem não conhece o Porsche 911?

Ao levarmos em consideração as condições de estradas e ruas no Brasil é fácil notar que ele não é um carro para ser utilizado no dia a dia. Por isso, quem compra um 911 certamente só o utiliza em ocasiões especiais. 

Porsche 911
Porsche 911

Um verdadeiro carro de corrida. É assim que muitos definem o Porsche 911 que tem diversas versões, com valores que partem da casa dos R$ 500 mil e podem alcançar cifras de R$ 1.3 milhão. Ao todo foram emplacada 600 unidades do modelo por aqui até agora. 

8. Land Rover Range Rover Evoque

Na oitava posição dos carros de luxo mais vendidos no Brasil em 2020 temos um representante inglês.

O modelo que surgiu a partir de um conceito criado em 2008, mas que só ganhou as ruas em 2011 agrada muita gente no Brasil e mundo afora. 

O luxuoso SUV que era produzido aqui, agora é importado diretamente da inglaterra tem como principal novidade um sistema semi-híbrido.

Nele um pequeno motor elétrico substitui o motor de partida melhorando a eficiência do conjunto como um todo.

Land Rover Range Rover Evoque
Land Rover Range Rover Evoque

De acordo com a marca, esse sistema foi capaz de melhorar o consumo do Evoque em cerca de 6%. O modelo conta agora com todas as luzes: Internas, externas e dos painéis em led. 

E para finalizar o Evoque conta ainda com um sistema inovador batizado de ClearSight Ground View. Capaz de reproduzir uma imagem 3D e transparente do que se passa sob o capô. 

O Evoque 2020 parte de R$ 281 mil podendo chegar a R$ 322. Até agora foram vendidas 884 unidades. 

7.  Mercedes Benz GLA

Chegamos à sétima posição com um modelo de uma marca conhecida pelo luxo e pela qualidade. 

O modelo “alemão” passou para uma renovação completa deixando-o mais condizente com sua proposta de SUV, afastando o rótulo de Hatchback. 

Comparado com modelo anterior o GLA 2020 ficou 1,4 centímetros menor. Seu entre-eixos possui agora 2,73 metros. A principal alteração pode ser sentida na altura, já que o modelo ganhou 10,4 centímetros extras fazendo com que tenha agora 1,50 de altura. 

Mercedes Benz GLA
Mercedes Benz GLA

Para transmitir a sensação de SUV ao volante a posição de dirigir ficou mais alta e o banco do motorista também sofreu grande elevação. Apenas para efeito de comparação, o banco do GLA é 14 centímetros mais alto que o do famoso Classe A. 

Os valores do GLA partem de R$ 185 mil e podem chegar a R$ 200 mil. Ao todo 985 unidades foram emplacadas por aqui em 2020. 

6. Land Rover Discovery Sport

A montadora inglesa trouxe para o Discovery Sport algumas alterações pontuais que só podem ser notadas com um pouco de atenção. 

Por fora o modelo tem faróis em formatos filetados e com novos contornos em LEDs que trazem a função de luzes diurnas. O capô e a linha de cintura permanecem iguais com pequenas alterações na grade frontal.

Land Rover Discovery Sport
Land Rover Discovery Sport

A entrada de ar nas extremidades do pára-choque dianteiro ficou mais fina e perdeu as luzes auxiliares. O modelo ainda conta com duas opções de motor à gasolina ou a diesel. 

Com valores partindo de R$ 249 mil e podendo chegar próximos de R$ 270 mil dependendo da versão, o Land Rover Discovery Sport vendeu 1191 unidades. 

5. Mercedes Benz Classe C

Ocupando a quinta posição entre os carros de luxo mais vendidos do Brasil temos mais um exemplar da Mercedes. O famoso Classe C. 

O modelo que é um dos mais procurados no Brasil possui três versões diferentes: Avantgarde, Exclusive e Sport. Todas elas são empurradas pelo mesmo motor 1.6 turbo flex com 156 cavalos de potência.

Desde sua criação o Classe C mantém um design elegante com muito estilo e sem arroubos extravagantes. 

Mercedes Benz Classe C
Mercedes Benz Classe C

A versão 2020 possui filetes cromados na grade dianteira que acomodam a famosa estrela da marca acima das tomadas de ar. Na traseira lanternas em LED invadem sem nenhum tipo de exagero a lateral do veículo. 

Já a versão Sport possui linhas um pouco mais distintas na grade frontal a nas entradas de ar. Com valores partindo de R$ 180 mil e podendo chegar a R$ 279 mil. Ao todo foram vendidas 1315 unidades. 

4. Volvo XC60 

Na quarta posição, mais um veículo com DNA alemão. Nesse caso o Volvo XC60 que foi anunciado com algumas novidades para o mercado brasileiro em 2020. 

As principais mudanças se concentram na versão R-Design que é a mais vendida no Brasil. O visual dessa configuração perdeu alguns elementos cromados que se tornaram preto brilhantes e ganhou novas rodas e saída de escapamento dupla.

Volvo XC60
Volvo XC60 

A gama do modelo 2020 ganhou uma nova versão chamada de Polestar Engineered que é considerada como topo de linha. Essa versão também é híbrida com um motor 2.0 de 420 cavalos que funciona de modo combinado a um motor elétrico. 

Do ponto de visual, a versão top de linha conta rodas exclusivas, cintos de segurança dourados e acabamento interior em tom de carvão. 

Fora isso, a Volvo aplicou somente pequenas mudanças especiais no XC60 com a antiga filosofia: Em time que está ganhando não se mexe. Os valores partes de R$ 245 mil e podem chegar a R$ 335 mil. Ao todo, 1577 unidades foram vendidas. 

3. BMW X1

A linha X1 da BMW é muito admirada pelos brasileiros e a versão 2020 ganhou novos apêndices, se tornando ainda mais equipada. 

A principal novidade se dá em termos de visual. O BMW X1 2020 ganhou uma nova grade que segue a tendência de outros modelos da marca.

O pará-choque também mudou e abandonou os faróis de neblina redondos para adotar luzes horizontais. 

Na parte traseiras as lanternas foram totalmente redesenhadas e a saída de escapamento ficou maior e mais imponente.

O visual é completado com as novas rodas que podem ser de 18 ou 19 polegadas dependendo da versão escolhida pelo comprador. 

BMW X1
BMW X1

No interior a principal novidade é a central multimídia de 10,2 polegadas nas versões mais caras.

A lista de equipamentos e itens de série continua um tanto quanto farta capaz de agradar até os consumidores mais exigentes. 

O BMW X1 parte de R$ 195 mil podendo chegar a R$ 235 mil. Até agora 1863 unidades foram vendidas em 2020. 

2. BMW Série 3

Mais uma vez temos um modelo da BMW fazendo uma dobradinha no pódio com medalha de bronze e prata. Ocupando a segunda posição dos modelos mais de luxo mais vendidos do Brasil temos o Série 3. 

O Série 3 é o modelo preferido da marca pelos brasileiros e chega à sétima geração totalmente reformulado em termos de visual, proporções, itens de segurança, conectividade e sistemas de assistentes de condução.

Em termos visuais a grade frontal é mais larga e com moldura única. Os faróis se tornaram mais modernos e sofisticados e os para-choques e lanternas traseiras ganharam contornos mais retilíneos e envolventes. 

Internamente a cabine está mais ampla e combina materiais como couro e alumínio.

BMW Série 3
BMW Série 3

Essa combinação oferece nova disposição dos elementos internos. O painel de instrumentos está mais completo e o console central mais elevado. 

Em termos de conectividade, acessórios e itens de série o BMW Série 3 é completo e capaz de agradar até aqueles que são extremamente exigentes. 

Disponível em três versões o BMW série 3 parte de R$ 195 mil podendo chegar a R$ 217 mil. Ao todo 2874 unidades foram emplacadas até o momento no Brasil em 2020. 

1. Toyota SW4

E o campeão entre os carros de luxos mais vendidos no Brasil em 2020 é o Toyota SW4. 

O SUV modelo 2020 da marca japonesa foi anunciado ainda na metade de 2019 e traz uma série de novidades interessantes.

A principal delas diz respeito à segurança com a adição de mais bolsas de airbags. Assim o modelo totaliza sete airbags em todas as versões. 

Toyota SW4
Toyota SW4

Na questão de navegação o SW4 ganhou nova central multimídia de oito polegadas capaz de receber toques simultâneos com permissão de zoom. O GPS do equipamento também foi melhorado. 

O modelo ganhou uma nova versão a SRX diamond que tem como base a SRX de sete lugares e moto turbo diesel.

No interior há novos revestimentos, chave personalizada e bancos dianteiros com sistema de ventilação. 

A famosa e funcional versão SR Flex de sete lugares saiu de linha. Agora a versão mais acessível é a SRV 2.7 flex AT. Fora o que citamos o modelo segue com poucas alterações estéticas. 

Os valores do modelo partem de R$ 175 mil e podem chegar a R$ 280 mil. Especialistas são unânimes de que a SW4 não vale o que custa. Mesmo assim até agora, 4.856 unidades foram comercializadas.

Conclusão

Como ocorre em diferentes partes do mundo parece não haver crise quando falamos do mercado de luxo, mesmo estando no Brasil.

Agora queremos saber de você! Qual é o seu preferido na lista dos carros de luxo mais vendidos no Brasil? Deixe um comentário contando o motivo da sua escolha. Sua opinião é muito importante para nós.

E depois de conhecer os 10 carros de luxo mais vendidos no Brasil que tal conhecer uma marca que só produz veículos luxuosos que vai chegar por aqui ano que vem? Para saber mais, basta clicar no botão a seguir!

Continuar Lendo

Em Alta