Listas

Ford F-1000 : A história da Picape Clássica que deixou saudades

Conheça a história da Ford F-1000 picape que deixou saudade em muita gente

Por

Murilo C. 

| Publicado em

O segmento de picapes grandes no Brasil teve início no ano de 1957 e foi inaugurado pela F-100. Entretanto nos anos 70 com a crise do petróleo e a alta do preço da gasolina fez as montadoras buscarem alternativas. Assim em 1979 a Ford F-1000 foi lançada equipada com um motor a diesel.

Ford F-1000

O que poucos podiam imaginar é que essa caminhonete iria entrar para a história de vida dos brasileiros e deixar muita saudade. 

Como forma de te informar e homenagear o veículo nós do Senhor Carros fizemos uma análise detalhada da F-1000 desde o seu nascimento até o momento de sua aposentadoria. Bora conhecer?

ANÚNCIOS

Com a Ford F-1000: as picapes foram do campo para as cidades 

De maneira predominante, as caminhonetes da Ford eram mais utilizadas no campo. Mas isso mudou em 1979 com a chegada da F-1000. 

O que pouca gente sabe é que o numeral 1000 dizia respeito a quantidade de carga que ela conseguia carregar: Até 1000 kg.

Como forma de provar que conseguia fazer picapes para uso urbano a Ford Instalou na F-1000 um motor MWM movido 3.9 movido a diesel de 83 cavalos e torque na faixa dos 25 kgfm. O que garantia força e torque suficientes para aguentar o trabalho nas selvas de pedra. 

Ford F-1000 199

Além da força outro chamariz da Ford F-1000 era sua economia de combustível que era cerca de 40% menor do que sua principal concorrente na época a Chevrolet D10 que era movida a gasolina. 

A velocidade máxima da F-1000 era 125 km/h. Algo considerado alto para o início dos anos 80. Ainda mais para uma picape de grande porte. 

ANÚNCIOS

Carroceria compartilhada

Quando surgiu A F-1000 usava a mesma carroceria da F-100 e era vendida com ágio por conta do grande sucesso que fez. 

A F-100 por sua vez foi ficando deixada de lado tanto pelos compradores quanto pela própria Ford e passou a ser vendida como opção de entrada da linha de picapes. 

Um dos principais destaques de sucesso da F-1000 era a presença de freio à disco na dianteira e direção hidráulica como opcional. Isso foi mais um bônus que a fez cair nas graças do povo. 

Ford F100
Ford F-100 compartilhou carroceria com F-1000

O que muita gente não sabe é que para se tornar legal para usar o motor à diesel mesmo usando a mesma carroceria de sua antecessora a F-1000 precisou receber algumas melhorias para conseguir carregar 1.000 kg de carga. 

Isso porque de acordo com a legislação brasileira da época qualquer veículo para ter motor a diesel precisava carregar mais de 1 tonelada para ter aprovação de rodagem.

ANÚNCIOS

Novidades em 1985

Aos poucos pequenas melhorias foram feitas como forma de agradar os consumidores. No ano de 1985 a Ford F-1000 era um sucesso de vendas. 

E por conta dessa sucesso, a Ford decidiu lançar duas novas versões: A F-1000 SS chamada de Super Série e a F-1000A movida a álcool com um motor 3.6 litros de 115 cavalos.

No mesmo ano, a concorrência se mexeu e a concorrente D10 se tornou D20 com novos itens de série e pequenas melhorias cosméticas. 

ANÚNCIOS

Reestilização de respeito em 1986

No ano de 1986 a Ford apresentou mudanças na identidade visual da F-1000.

Assim, a picape ganhou novos faróis quadrados duplos alinhados com uma também nova grade mais retangular, com luzes de indicação posicionadas próximas aos faróis principais. 

As luzes de indicação de seta também foram reposicionados e foram instaladas abaixo dos faróis duplos em formato mais retangular. 

Como nessa época a onda de customização ganhava muita força e adeptos a Ford trouxe o conceito e aplicou à caminhonete.

1986
Ford F-1000 1986

Dessa forma era possível comprar a picape com pintura em dois tons o que virou uma febre. Além disso pneus radiais e calotas de alumínio também estavam disponíveis e podiam ser escolhidos na hora de adquirir a caminhonete.

No interior a Ford caprichou com o intuito de atrair consumidores mais jovens. Assim os bancos foram revestidos com tecido. O sistema de ventilação também ganhou melhorias, mas a grande estrela de toda essa reestilização foi a oferta de teto solar. 

A Ford F-1000 foi (e é até hoje) uma das poucas picapes a oferecer teto solar. 

ANÚNCIOS

Os anos 90 da Ford F-1000

No início dos anos 90 a F-1000 foi a primeira picape nacional a ser contemplada com um sistema de turbocompressor para o seu motor a diesel. 

Assim sua potência subiu para 119 cavalos trazendo melhorias em seu torque e aceleração. Na época ela era capaz de atingir os 100 km/h em 18 segundos. Algo impressionante para um veículo que pode transportar até uma tonelada de carga. 

ANÚNCIOS

Chegada da nova geração em 1992

A Ford F-1000 só foi ganhar sua segunda geração no ano de 1992 e isso garantiu a picape um sopro de vida. 

Mesmo sendo competitiva e tendo muita tecnologia e itens de série a disposição começou a perder terreno para Chevrolet D20. Principalmente em termos de estilo que era algo que vinha sendo cada vez mais pedido pelos consumidores.  

Para atender essas solicitações a nova geração da caminhonete ganhou um novo interior com atenção extra para posição de dirigir, um novo apoio central de braço e uma remodelação no teto solar que passou a ser de vidro. 

As modificações também chegaram ao motor. O turbodiesel saltou para 122 cavalos com um torque de 37 kgfm. 

Na questão visual a dianteira era composta por faróis maiores e ainda mais retangulares embora não tivesse mais as lentes duplas presentes na geração anterior.

Ford F-100 4x4
Versão 4×4 foi grata surpresa

A grade diminuiu levemente e os repetidores de seta agora mais quadrados ficavam nas extremidades dos faróis. 

Em 1994 uma grata surpresa: O modelo ganhou uma versão 4×4 visando os consumidores mais aventureiros. Uma versão de cabine estendida também foi lançada. 

E no ano de 1996 a F-1000 ganhou um motor 4.9 de seis cilindros movido a gasolina com 148 cavalos e injeção eletrônica. 

ANÚNCIOS

A última geração da F-1000

A última atualização da picape saiu em meados de 1996. Foi quando a F-1000 ganhou linhas mais arredondadas com seus faróis menores do que os da linha anterior. 

A grade frontal veio novamente mais larga e com filetes horizontais o que passava um ar mais agressivo do que o do modelo anterior. 

No ano de 1998 a picape ganhou uma versão batizada de lightning. Mesmo nome utilizado pela Ford SVT nos EUA.

Sob o capô estava o mesmo motor 4.9 litros V6 movido a gasolina. Os para-choques eram pintados na cor da carroceria, os vidros eram levemente esverdeados e a as rodas de alumínio compunham o visual última Ford F-1000.

F250
Ford F250 a sucessora da F-1000

E por fim o ano de 1999 foi de transição. Ao sair de linha no final de 1998 a F-1000 preparou o terreno para sua sucessora: A também famosa e querida F250.

ANÚNCIOS

Conclusão

O mercado de picapes no Brasil é antigo e sofre renovações constantes. Embora em alguns momentos as caminhonetes possam ter ficado em baixa uma matéria da revista Istoé mostra que novamente esse tipo de veículo está em alta. 

Grandes estrelas como é o caso da F-1000 e da D20 por exemplo fizeram tanto sucesso que são famosas até os dias de hoje. Da mesma forma que novos modelos também ganharam seu espaço, como é o caso da Hilux e da S10.

Outra prova de que o mercado de picape está em expansão são os lançamentos de picapes programados para o próximo ano. 

Depois de conhecer a história gloriosa  da Ford F-1000 te convidamos a conferir quais são atualmente as melhores caminhonetes do Brasil e os lançamentos aguardados para esse crescente setor. Para conferir é só clicar abaixo!

ANÚNCIOS

Listas

Prós e contras da Volkswagen Saveiro: Como é ter um exemplar

Saiba quais são os prós e contras da Volkswagen Saveiro e descubra de maneira literal como é ser dono de um exemplar da picape compacta com mais história no Brasil.

Por

Murilo C. 

| Publicado em

Prós e contras da Volkswagen Saveiro

Com mais de 30 mil unidades emplacadas em 2020, a picape compacta foi o quarto modelo mais vendido da marca alemã no Brasil. O que a coloca como um dos veículos mais queridos do brasileiro. Hoje vamos te mostrar quais são os prós e contras da Volkswagen Saveiro

Prós e contras da Volkswagen Saveiro

Se você é apaixonado pela picape que possui quase quatro décadas de vida e gostaria de saber como é ter um exemplar para chamar de seu, sorria, pois o momento finalmente chegou. 

Para conferir, é só continuar a leitura! 

Prós e contras da Volkswagen Saveiro

Conheça agora todos os prós e contras e da Volkswagen Saveiro.

Pró: Design

O primeiro item da nossa lista de prós e contras da Volkswagen Saveiro é o design. 

A primeira coisa que alguém nota em um veículo é o design. Quando um exemplar é bonito isso já significa que há meio caminho andado para que a compra/venda seja efetivada. 

Ninguém gosta de carro feio e podemos constatar de maneira simples e direta que de feia a Saveiro não tem nada. 

Embora seja um veículo comum aqui no Brasil, é impossível não virarmos o pescoço quando um exemplar passa na rua, não é mesmo?

Pró: Robustez

Aqui temos um ponto positivo que é inclusive carregado no nome da Saveiro. Dentre as versões disponíveis há a Robust, o que serve para corroborar a tese de que a picape é literalmente pau para toda a obra. 

A robustez da Saveiro é sentida de maneira simples e direta em seu uso rotineiro, ela se comporta muito bem no trânsito em grandes centros, em rodovias e estradas de terra. 

Robusta
Robustez é ponto alto da Volkswagen Saveiro

Mesmo com a caçamba vazia ou cheia, ou com todos os ocupantes em seu interior ela apresenta ótimo desempenho o que só reforça a tese de que se trata de um veículo funcional e extremamente robusto. 

Pró: Ergonomia

A ergonomia é outro ponto um tanto quanto positivo da Saveiro 2021. Todo o interior foi pensado em fornecer uma ótima experiência em termos de condução ao motorista. 

A altura do painel, o volante multifuncional, o sistema de ajuste do banco, e todos os botões do console central foram pensados e desenvolvidos para fornecer ao motorista o que há de melhor em termos de experiência de condução. 

Pessoas das mais variadas estaturas conseguem aproveitar todo o potencial da Saveiro justamente por conta de sua ergonomia. 

Pró: Dirigibilidade

Dando andamento em nossa lista de prós e contras da Volkswagen Saveiro temos a dirigibilidade como outro ponto chave.

Com ângulos de entrada bem determinados, boa carroceria, plataforma especialmente desenvolvida e suspensão funcional, a dirigibilidade da Saveiro é mais uma atração à parte. 

Além disso, a qualidade da dirigibilidade é potencializada pela qualidade do motor. Com duas opções de propulsor, um de 8V e outro de 16V as respostas da Saveiro são rápidas e funcionais. 

É muito comum que quem dirija a Saveiro saia com um sorriso no rosto. 

Pró: Tecnologia e conectividade

A conectividade é mais um ponto de grande importância e destaque na Volkswagen Saveiro. 

Muitas marcas possuem evoluções tecnológicas em seus veículos, mas não as disponibiliza para todos os exemplares, algo que a montadora alemã não fez. 

Conectividade
Tecnologia e conectividade são pontos altos

Como em veículos maiores, como é o caso do VW Virtus, Amarok, T-Cross, Polo e muitos outros, a Saveiro é repleta de tecnologia em termos de conectividade. 

Com central multimídia, sistema infotainment, sistema park pilot, computador de bordo, retrovisor tilt down a saveiro é um verdadeiro desbunde em termos de gadgets tecnológicos. 

Não é absurdo nenhum afirmar que a picape não fica devendo nada em termos de qualidade tecnológica para grandes exemplares da marca e até mesmo de marcas concorrentes. 

Pró: Segurança

Seguindo a linha de positividade tecnológica a segurança é outro item que merece destaque na Saveiro. 

Como era de se esperar por conta da legislação, a Saveiro conta com airbags frontais e o sistema ABS conta com freio a disco nas quatro rodas. 

Além disso, a picape conta ainda com faróis de neblina, para condições extremas de visibilidade e sistema de partida em aclives, evitando acidentes e incidentes. 

Pró: Força e consumo de combustível

Outros dois pontos que precisam ser destacados aqui são a força e o consumo de combustível da Saveiro. 

Como já foi dito e mostrado a picape conta dois motores. Ambos 1.6 mas um com 8V e outro com 16V. 

Ambas as configurações apresentam bom desempenho, o que reflete em força, principalmente quando a picape está carregada e bom consumo de combustível. 

Traçando um paralelo com outras picapes compactas a Saveiro se manteve na média, algo muito positivo para quem precisa brigar para retomar o espaço no mercado que foi tomado pela Fiat Strada. 

Pró: Preço das revisões

Tão importante quanto comprar um exemplar de saveiro é conseguir mantê-lo. 

Isso é algo importante de ser exaltado porque muita gente acha que basta apenas comprar um exemplar e pronto. Mas isso não é verdade. 

Junto com um carro novo alguns gastos estão acompanhados, como é o caso do combustível, IPVA, licenciamento e também das revisões que são necessárias para manter a garantia do veículo. 

A Saveiro dispõe de revisões programadas a cada 10 mil km até alcançar os 60 mil km e ao juntarmos todas essas revisões o proprietário vai gastar em média R$ 3.500. Um valor semelhante ao que é gasto nas revisões de um veículo popular. 

Pró: Caçamba funcional

E para finalizar os itens positivos na lista de prós e contras da Volkswagen Saveiro 2021 temos que elencar a qualidade da caçamba. 

Caçamba
Caçamba agrada muito

A caçamba é grande com capacidade de até 924 litros. Além disso, a tampa da caçamba conta com um sistema de abertura com amortecimento a gás.

A abertura a gás evita incidentes na abertura e contribui para aumento da vida útil do dispositivo. 

Contra: Valor da versão top de linha

O nosso primeiro item negativo na lista de prós e contras da Volkswagen Saveiro é justamente o preço. 

Nas versões intermediárias o valor praticado da picape é compatível com a maioria dos veículos 0 km comercializados no mercado automotivo brasileiro. 

Entretanto, quando falamos da versão top de linha tem muita gente que torce o nariz.

Mesmo dispondo de cabine dupla e uma série de acessórios, gastar quase R$ 100 mil em uma picape compacta é algo que foge da realidade de muita gente. 

Contra: Alto índice de roubos

Todos gostam da Volkswagen Saveiro e isso não é uma exceção. 

O alto índice de roubos do veículo prova que o modelo é realmente amado por muitos e muitas. 

E como muita gente sabe, quando um veículo tem um alto índice de roubo o valor do seguro auto sobe às alturas. O que pode acabar pesando no bolso de muita gente que tem o sonho de ter uma Saveiro para chamar de sua. 

Mas isso pode ser contornado, buscando um seguro auto que seja moldável e de acordo com a realidade e os desejos de cobertura de cada proprietário. 

Contra: Acabamento poderia ser melhor

E por último em nossa lista de prós e contras da Volkswagen Saveiro temos o acabamento. 

Um ponto importante de ser ressaltado sobre o acabamento da picape é que ele não é de má qualidade, mas poderia ser em material levemente superior, uma vez que os valores do modelo não são tão acessíveis. 

acabamento
Acabamento poderia ser melhor

No entanto, isso não é capaz de ofuscar todos os pontos positivos que foram mostrados até aqui! 

Conclusão

Algo importante de ser elencado não apenas no caso da Saveiro, é que não existe um exemplar que seja considerado 100% no mercado. 

Sempre haverá discrepâncias e falta de concordância em diferentes pontos entre os variados veículos. 

Como é possível notar a Saveiro possui muito mais itens positivos do que negativos, sendo que a maioria dos contras aqui apresentados são de caráter totalmente opinativo. 

Assim, nós do Senhor Carros afirmamos que a Saveiro é sim um ótimo veículo. 

Agora que você já conhece todos os seus pontos positivos e negativos, certamente seu desejo de comprar um exemplar para chamar de seu deve ter crescido, acertei?

Então, para conferir quais são as melhores formas de comprar uma Saveiro você só precisa fazer uma coisa: Clicar no botão abaixo!

Continuar Lendo

Em Alta


Siga nas Redes Sociais

AVISO LEGAL

O Senhor Carros não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto financeiro, seja cartão de crédito, financiamento ou empréstimo. Caso isto aconteça, nos avise imediatamente.

Trabalhamos para manter todas informações o mais atualizadas possível. Porém, vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições financeiras e/ou de provedores de serviços de um site específico. Com relação a instituições com as quais não temos parceria: não garantimos a precisão e atualidade das informações. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições financeiras que você escolher. Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente os produtos sobre os quais escrevemos e revisamos, e também sobre a ordem dos "melhores" artigos e posicionamento de produtos no Senhor Carros. Dada a quantidade de informações em nosso site, não fornecemos nenhum tipo de garantia sobre a qualidade e atualidade das informações; por isso, priorizamos informações de nossos parceiros.