Siga nas Redes Sociais

Listas

Carros que não valem o que custam: Conheça o top 10

Por

Murilo C. 

| Publicado em

Carros que não valem o que custam

Existem hoje no mercado automotivo uma série de carros que não valem o que custam, e muitos perguntam a si mesmos: Mas porque será que esse carro custa tudo isso e ainda tem gente que compra?

Pois, muitas vezes o valor de um carro é determinado pela famosa oferta e demanda.

Quanto mais um carro cai no gosto das pessoas maiores são as chances de ele custar um pouco mais caro pelo simples fato de agradar a galera.

Quando falamos de preços de carros uma coisa é mais do que certa: O mercado de veículos seminovos e usados é muito mais justo do que o de 0km. 

Algo importante de ser colocado é que não significa que esses carros sejam ruins, são apenas caros para o que oferecem quando são ainda novos. 

Pensando nisso, nós do Senhor Carros resolvemos criar uma lista com os dez carros que literalmente não valem o que custam. Será que o seu preferido vai ser citado? Para saber, só conferindo abaixo. 

ANÚNCIOS

Carros que não valem o que custam

Conheçam agora dez modelos de carros que não valem o que custam 

ANÚNCIOS

10. Honda HR-V

O primeiro modelo da nossa lista dos carros que não valem o que custam é o Honda HR-V.

O famoso SUV da montadora japonesa vem perdendo o fôlego com o passar dos anos pelo simples fato da concorrência estar cada vez maior. 

Honda HR-V
Honda HR-V

O mercado de SUV é um tanto quanto competitivo e os consumidor vem percebendo que o HR-V não vale quanto cobram por ele, e nem é preciso sair da concessionária para notar isso.

Basta olhar para o seu irmão de fábrica, o Civic. Ambos têm preços muito próximos, mas o Civic é muito melhor desde sua construção passando por itens de série e acabamento. 

ANÚNCIOS

9. Volkswagen Up!

Continuando com nossa lista dos carros que não valem o que custam chegamos agora ao pequeno Up!

Se analisarmos as vendas do Up! vai ser simples notar que ele é um dos carros da montadora alemã que menos vendem e o motivo disso é mais do que óbvio: Seu preço!

A versão de entrada do Up! custa na faixa de R$ 50 mil, cerca de R$ 15 mil a mais do que os concorrentes Mobi e Kwid por exemplo. 

Volkswagen Up!
Volkswagen Up!

Caso o comprador prefira comprar um carro da própria Volkswagen é possível comprar um Fox, que é muito maior e tem motorização 1.6 por cerca de “apenas” R$ 5 mil a mais que a versão de entrada do compacto. 

Sem sombra de dúvida a volkswagen caprichou na sua construção. Afinal, o modelo é equipado com motores modernos e eficientes, mas infelizmente o bichinho é caro demais pelo que oferece. 

ANÚNCIOS

8. Chevrolet Tracker

O Chevrolet Tracker tem sido muito elogiado pelos especialistas e isso muito justo, afinal o carro é bom e tem qualidade, mas o seu preço é muito salgado. 

Seguindo a mesma linha que mostramos do HR-V a versão de entrada do Tracker custa R$ 85 mil enquanto a versão top de linha do Onix Plus custa R$ 80 mil. 

Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker

Importante dizer que o SUV usa a mesma plataforma e o mesmo motor do seu irmão menor e ainda não possui todos os equipamentos de série que o Onix Plus possui.

Se você buscar na tabela FIPE vai notar que a versão completa bate nos R$ 135 mil, ou seja, é muito dinheiro. Por isso é possível concluir que o Chevrolet Tracker, não vale o que custa. 

ANÚNCIOS

7. Fiat Doblò

Aqui temos outro caso clássico de carro caro que não vale o que custa.

O Fiat Doblò é um projeto muito antigo que não passou por renovação, faz uso de motor antigo e pouco eficiente, conta somente com opção de transmissão manual e possui um acabamento simples. 

Com tudo isso fica muito difícil justificar o valor de quase R$ 100 mil cobrado por ele. Nem mesmo seus sete lugares ou a alta capacidade de carga podem explicar o seu preço. 

Fiat Doblò
Fiat Doblò

Apenas para efeito de comparação, o Chevrolet Spin que também consegue levar sete ocupantes e oferece transmissão automática é mais barato que ele. 

Além disso o Doblò está sempre presente nas listas dos carros que pode sair de linha. 

ANÚNCIOS

6. Toyota Yaris

Quando foi lançado muitos quiseram comparar o Yaris com o Corolla, algo muito díficil de ser feito, principalmente por conta da dirigibilidade muito diferente de ambos. 

Hoje é possível notar que o Yaris está muito mais perto do seu irmão mais novo, Etios, do que seu irmão mais velho, Corolla. E é nas versões de entrada que podemos ver que o Yaris não vale o que custa. 

Toyota Yaris
Toyota Yaris

A diferença de preço do Etios X para o Yaris XL fica na faixa dos R$ 14 mil e ambos usam a mesma transmissão manual e motorização, além do mesmo pacote de segurança e comodidade. 

Assim, é totalmente justo termos o Toyota Yaris nessa lista. 

ANÚNCIOS

5. Fiat Uno Way 1.3

A nova geração do Fiat Uno Way não sofre uma modificação profunda há mais de 10 anos. Nesse meio tempo apenas leves mudanças estéticas e mecânicas foram feitas. 

O compacto que tem histórico de boas vendas e várias qualidades hoje não vale o que custa. 

Fiat Uno Way 1.3
Fiat Uno Way 1.3

A versão topo de linha com motor 1.3 é vendida na faixa dos R$ 55 mil. Se você falasse cinco anos atrás que um Uno chegaria a esse preço a galera ia rir da sua cara.

O Mobi que usa a mesma plataforma pode ser comprado por cerca de R$ 20 mil a menos. É uma diferença gritante. 

ANÚNCIOS

4. Hyundai HB20X Diamond Plus

Quando passou por mudanças profundas em relação à geração anterior muita gente não imaginava que os preços do HB20 poderiam subir tanto, mas isso infelizmente aconteceu. 

A versão mais cara é a aventureira Diamond Plus que conta com câmbio automático e motor 1.6 que cobra valores na casa dos R$ 78 mil mas não tem nenhuma alteração importante em equipamentos de segurança ou itens de série. 

Hyundai HB20X Diamond Plus
Hyundai HB20X Diamond Plus

Visto por muitos e colocado como popular pela montadora, a versão aventureira do HB20 não deveria custar esse preço. 

É mais um caso clássico de carros que não valem o que custam!

ANÚNCIOS

3. Fiat Strada Adventure CD

A Fiat Strada é repleta de qualidade tanto na parte mecânica quanto na parte visual. Isso ninguém pode negar. 

Mesmo com a chegada da nova geração ainda vamos ver por algum tempo o modelo antigo sendo vendido nas concessionárias por preços que dificilmente sofrerão algum tipo de queda. 

Fiat Strada Adventure CD
Fiat Strada Adventure CD

Com a nova Strada toda remodelada, temos ainda a versão Adventure CD 1.8 disponível no mercado que mesmo equipada com itens de série e com a cabine dupla custa na faixa dos R$ 83 mil. 

Se você pesquisar na tabela FIPE vai conseguir encontrar caminhonetes grandes semi novas por preços mais baixos que esse.

A Strada completa é legal? SIM. A Strada completa vale o que custa? Não! Ainda mais agora que uma nova geração acabou de chegar. 

ANÚNCIOS

2. Honda CR-V  Touring

E aqui temos mais um caso de carro da Honda que não vale o preço que custa. Agora a bola da vez é o CR-V Touring. 

A nova geração do modelo chegou ao mercado com valores bem salgados. Mesmo tendo evoluído bastante, quem entende e gosta dos carros da montadora japonesa tem torcido o nariz para o CR-V. 

Honda CR-V Touring
Honda CR-V  Touring

Com motor 1.5 turbo de 190 cavalos, repleto de itens de série e equipamentos de segurança, o CR-V custa em média R$ 205 mil. 

Por esse preço, é possível encontrar concorrentes no mercado que são semelhantes em termos de itens de série, visual e com performance superior, como é o caso do Chevrolet Equinox e o Volkswagen Tiguan. 

Ao praticar esse valor a Honda acaba fortalecendo a concorrência. É praticamente um tiro no pé. 

ANÚNCIOS

1. Toyota SW4 SRX Diamond

E aqui temos o campeão da nossa lista dos carros que não valem o que custam. 

É um modelo completo e cheio de qualidade. O SW4 vende igual água e bate em todos os seus concorrentes com muita tranquilidade. Por isso, a montadora japonesa pode cobrar o que quiser por ele. 

Toyota SW4
Toyota SW4 SRX Diamond

Qualquer um de seus concorrentes custa muito mais barato. Apenas para efeito de comparação dentro da própria montadora: É possível comprar um Corolla e um Etios ambos 0km e ainda sobrar um dinheiro. 

Se você quer um Toyota SW4 SRX Diamond, recomendamos que procure por um seminovo. 

ANÚNCIOS

Conclusão

Infelizmente quando o assunto é valor de carro, comprar um modelo 0km quase sempre vai custar muito mais do que vale. 

Na sua opinião os carros da lista possuem valores acessíveis ou realmente não valem o que custam? Deixe um comentário com sua opinião. Sua participação é muito importante para o Senhor Carros. 

Depois de conferir os modelos de carros que não valem o que custam, que tal descobrir quais são os melhores veículos para tempos de crise? Para isso, é só clicar no botão abaixo!

ANÚNCIOS
ANÚNCIOS

Em Alta