Listas

Carros que mais desvalorizaram na pandemia: Conheça o top 10

Descubra neste artigo quais foram os carros que mais desvalorizaram durante a pandemia e confira algumas dicas para amenizar o processo de desvalorização do seu veículo.

Por

Murilo C. 

| Publicado em

ANÚNCIOS

Desvalorização veicular em tempos de pandemia

Se existe algo inegável em todo o mundo é que a pandemia do coronavírus alterou o funcionamento de tudo no mundo e o mercado automotivo não passou imune. Algo importante de ser elencado são os carros que mais desvalorizaram na pandemia. 

Sabemos que o coronavírus não apenas adiou o lançamento de muitos modelos como contribui para movimentações financeiras diferentes no setor de automóveis. 

Carros que mais desvalorizaram na pandemia

Pensando sempre em te manter informado a equipe do Senhor Carros fez um levantamento dos modelos que mais sofreram desvalorização durante esse conturbado período que estamos enfrentando.

Será que o modelo do seu carro está na lista? Para descobrir você vai ter que ler o artigo a seguir.

ANÚNCIOS

Top 10 carros que mais desvalorizaram na pandemia

Apresentamos agora os 10 carros que mais desvalorizaram durante a pandemia de coronavírus. 

ANÚNCIOS

10. Chevrolet Cobalt 2012 LTZ 1.4

O Cobalt foi lançado em novembro de 2011 no segmento dos sedãs compactos premium em 3 versões diferentes: LS, LT e LTZ e tinha sob o capô um motor 1.4 de 102 cavalos que empurrava bem tanto na cidade quanto na estrada. 

Chevrolet Cobalt 2012 LTZ 1.4
Chevrolet Cobalt 2012 LTZ 1.4

Com um câmbio macio de 5 marchas o modelo é confortável e possui um espaço interno que impressiona, sendo maior que seu irmão mais velho Vectra.

Embora seja um carro legal, a desvalorização de 10,60% pode se tornar um empecilho. 

ANÚNCIOS

9. Renault Sandero 2011 1.0

O Renault Sandero 2011 é mais um dentre os carros que mais desvalorizaram na pandemia. 

O Sandero 2011 chama atenção pelo espaço interno e amplo porta-malas.

Embora seu motor seja 1.0 ele é bastante esperto e desenvolve bem nas estradas, o que passa segurança ao condutor. 

Renault Sandero 2011 1.0
Renault Sandero 2011 1.0

É um veículo que dá pouca manutenção e agrada a maioria dos proprietários. Embora já tenha quase uma década de vida é uma boa opção para primeiro carro. Sua depreciação durante a pandemia foi de 11,30% 

ANÚNCIOS

8. Ford Fiesta 2013 1.0 Rocam Hatch

O Ford Fiesta 2013 é um veículo modesto já para a época de seu lançamento. Assim hoje muitos vão achar que o modelo está defasado (o que não é mentira). 

Em seu interior há muito plástico o que o torna um tanto quanto barulhento principalmente hoje quando já tem 7 anos de idade.

Ford Fiesta 2013 1.0 Rocam Hatch
Ford Fiesta 2013 1.0 Rocam Hatch

O câmbio é bem acertado e permite engates precisos mas a potência do motor deixa a desejar. 

Mesmo sendo um motor rocam o 1.0 se mostra insuficiente para dar conta dos mais de 1080 kg do modelo.

É preciso paciência para ultrapassagens e as saídas são sempre lentas. Tudo isso mais a desvalorização de 11,30% mostram que é um carro para se evitar.

ANÚNCIOS

7. Hyundai Tucson 2015 2.0 automático

O Tucson é um conhecido SUV de família e sempre chamou atenção por seu tamanho e conforto. Muitos proprietários afirmam que o modelo é robusto e funcional. 

No entanto o modelo 2015 é equipado com um motor 2.0 com câmbio automático de apenas quatro marchas o que o torna extremamente beberrão por conta de seu peso e baixa opção para aliviar as rotações do motor.

Hyundai Tucson 2015 2.0 automático
Hyundai Tucson 2015 2.0 automático

Outro ponto negativo apontado por muitos donos é a pouca estabilidade. 

Atualmente sua desvalorização é de 11,50%. Assim ao levarmos em conta todos esses pontos e a chegada de sua nova geração recomendamos evitar o modelo citado. 

ANÚNCIOS

6. Citroen C3 2015 1.5

Embora o Citroen C3 2015 também figure entre os carros que mais desvalorizaram na pandemia isso não quer dizer que ele não seja uma boa opção.

O modelo possui um motor 1.5 flex capaz de gerar 122 cavalos a álcool.

Possui elevada tecnologia quando comparado aos seus concorrentes e pode ser uma ótima opção de compra para quem busca um carro mais barato em tempos de crise. 

Citroen C3 2015 1.5
Citroen C3 2015 1.5

Os únicos defeitos apontados pelos proprietários são a fragilidade das bielas e o espaço um pouco apertado para os ocupantes dos banco traseiro. A desvalorização atual do modelo é de 11,50%.

ANÚNCIOS

5. Peugeot 207 2012 1.4

Na quinta posição da nossa lista temos o Peugeot 207 equipado com motor 1.4. Mesmo com quase uma década de vida o Peugeot 207 é muito elogiado.

Trata-se de um modelo completo do ponto de vista de equipamentos e itens de série e com um motor que responde bem tanto em centros urbanos quanto em rodovias. 

Peugeot 207 2012 1.4
Peugeot 207 2012 1.4

O único ponto fraco citado por quem já teve ou ainda tem um está relacionado à suspensão que não é tão preparada para o judiado asfalto brasileiro. O 207 2012 1.4 sofreu até agora uma desvalorização de 12,70%

ANÚNCIOS

4. Citroen C3 2011 1.4

Prestes a completar uma década de vida o Citroen C3 2011 modelo é um meio termo entre seus proprietários não chegando a ser nem uma unanimidade tampouco um desastre. 

O modelo chama atenção pelo seu conforto e tecnologia embarcada. Mas apresenta alguns problemas crônicos como é o caso da suspensão e há muita reclamação de problemas de ordem elétrica.

Citroen C3 2011 1.4
Citroen C3 2011 1.4

Comprar um exemplar pode ser uma boa opção embora seja preciso cautela e atenção. Atualmente sua depreciação é de 12,90%.

ANÚNCIOS

3. Peugeot 207 2011 1.4

Aqui temos mais uma versão do Peugeot 207 cuja avaliação é muito semelhante ao do modelo citado mas que é do ano 2012. 

Com relação a tecnologia e itens de série ele esteve muito à frente da concorrência de outros modelos comercializados por aqui além de ter um bom desempenho e consumo. 

Peugeot 207 2011 1.4
Peugeot 207 2011 1.4

E a exemplo do modelo 2012 esse exemplar também possui a suspensão frágil quando o assunto é rodar nas cidades e estradas brasileiras.

Mesmo assim pode ser uma boa opção para quem está em busca de um carro mais barato. A taxa de desvalorização do Peugeot 207 2011 é de 13%

ANÚNCIOS

2. Citroen C3 2008 1.4 

Na vice liderança entre os carros que mais desvalorizaram na pandemia temos mais um exemplar do pequeno francês C3. Só que agora um exemplar de 2008.

O que mais chama atenção em termos de aspecto positivo do modelo é seu conforto e tecnologia. A direção elétrica é um dos itens mais elogiados por donos e ex-proprietários. O desempenho e consumo também são positivos.

Citroen C3 2008 1.4
Citroen C3 2008 1.4 

O ponto negativo mais uma vez fica por conta da suspensão. Aliás muitos modelos provenientes da frança sofrem no asfalto brasileiro uma vez que o projeto é pensado para rodar em vias europeias e não brasileiras. 

Mesmo assim o modelo não deixa de ser uma opção para quem está em busca de um primeiro carro para chamar de seu ou um veículo mais barato. Sua desvalorização atual é de 13,40%

ANÚNCIOS

1. Volkswagen Fox 2009 1.0

E na liderança das desvalorizações em tempos de pandemia temos o Volkswagen Fox 2009 equipado com motor 1.0.

A opinião sobre o hatch é um tanto quanto positiva. Mesmo tendo mais de uma década de vida ainda é um carro com visual moderno e econômico com boas médias de consumo na cidade e na estrada. 

Volkswagen Fox 2009 1.0
Volkswagen Fox 2009 1.0

Os pontos negativos são o espaço apertado no banco de trás e o porta-malas pequeno. Hoje pode ser um ótimo veículo para solteiros que estão em busca de um carro mais barato ou um primeiro veículo para chamar de seu. A taxa de desvalorização do modelo atualmente é de 14%. 

ANÚNCIOS

Conclusão

Embora alguns modelos apresentem altos índices de desvalorização é preciso ter em mente que no momento em que se tira um veículo 0km da concessionária ele automaticamente sofre uma alta desvalorização. 

Hoje os brasileiros não estão ligando muito para a questão da desvalorização de veículos. Um artigo da FENAUTO mostrou que os mercado de usados está aquecido e já apresenta resultados acima da expectativa. 

Comprar um carro desvalorizado pode não ser um negócio ruim. Mas é preciso atenção ao seu estado de conservação em termos de mecânica e funilaria. 

Qual tipo de estratégia você usa na hora de comprar um carro usado ou que apresenta altas taxas de desvalorização? Conta pra gente nos comentários!

Mesmo com índices variáveis de desvalorização muitas pessoas acabam comprando veículos para revendê-los. 

Se seu ganha pão é compra e revenda de carros que tal conhecer aqueles que atualmente são os melhores carros para revenda?  Para saber quais são é só clicar no link abaixo.

ANÚNCIOS

Listas

Chevrolet Spin 2021: Conheça os novos destaques da minivan

Chevrolet Spin 2021 tem aumento de preço, mas oferta de itens e aumento da segurança compensam os novos valores. Confira o que há de novo na minivan que é pau pra toda obra.

Por

Murilo C. 

| Publicado em

Chevrolet spin 2021 vem recheada de novidades

Podemos dizer hoje que a Chevrolet Spin 2021 é uma remanescente de duplo sentido afinal não é absurdo nenhum dizer que o modelo é uma verdadeira mistura de perua e minivan, dois segmentos que fizeram muito sucesso na década de 90 e começo dos anos 2000 mas que hoje quase não são procurados. 

Entretanto como muitos já sabem os SUVs literalmente tomaram espaço de muitos segmentos e rapidamente se tornaram o segmento preferido de muitos brasileiros. 

Chevrolet Spin 2021
  • Categoria: Minivan
  • Preço médio novo: R$ 85 mil
  • Preço médio usado: R$ 60 mil
  • Versão recomendada: 1.8 ACTIV 8V FLEX 4P
  • Consumo médio cidade: 8 km/L
  • Consumo médio estrada: 12 km/L

Com isso tanto peruas quanto minivans literalmente desapareceram das ruas e estradas do país o que é positivo para a Spin pois no momento ela reina sozinha sem nenhum tipo de concorrente para incomodar. 

E com quase uma década de idade o modelo segue sendo produzido em linha e é sem sombra de dúvidas uma ótima opção para quem busca espaço seja para trabalhar ou passear em família sem gastar rios de dinheiro. 

Hoje nossa equipe traz para você uma análise profunda e precisa da nova Chevrolet Spin 2021. Bora conferir? 

Chevrolet Spin 2021: O que há de novo afinal?

Vamos começar soltando um spoiler que tem se repetido em praticamente todos os modelos de carros: O preço da Spin 2021 está mais caro. Algo que aconteceu com muitos outros veículos de diferentes marcas. 

No entanto é preciso ser justo! Levando em conta os valores praticados no mercado automotivo atualmente a Chevrolet Spin 2021 vale o que custa afinal há uma série de novidades que justificam esse aumento. Mostraremos agora cada uma delas. 

Design mais harmonioso

O Design da Spin sempre foi criticado. Principalmente em 2012 seu ano de lançamento quando foi duramente criticada e até mesmo alvo de piadas por conta de suas linhas pouco convencionais.

Seis anos depois o jogo virou e o modelo passou por um amplo processo de reestilização. Felizmente esse estilo harmonioso continua até os dias de hoje. 

No exterior os faróis ficaram mais largos e mais afilados. A grade agora tem um ar mais horizontal e o capô está mais plano e menos abaulado como era antigamente. 

Traseira
Traseira da Spin 2021 é mais bonita

A grande novidade em termos de design da perua está na traseira com novas lanternas horizontais que chegam a invadir a tampa do porta-malas. Sem sombra de dúvidas um visual mais clean e agradável aos olhos. 

Espaço interno

Se no exterior as mudanças são perceptíveis não podemos dizer o mesmo do interior. Recentemente o veículo ganhou um novo painel de instrumentos que é o mesmo que era utilizado no antigo Chevrolet Tracker. 

Mostradores analogicos trouxeram um estilo mais sofisticado e limpo em comparação ao painel digital que possuía um aspecto relativamente simplório para um modelo que estava longe de ser popular

Outro ponto que chama bastante atenção no veículo pelo menos na versão premier são os bancos de couro marrom com costura em azul que ficaram muito bonitos. 

O Chevrolet Spin 2021 se mantém fiel a sua virtude de amplo espaço interno. Com quatro versões disponíveis como mostraremos mais adiante – a top de linha: Premier traz uma terceira fila de bancos no porta-malas. 

O banco de trás está apoiado em trilhos corrediços e pode ser posicionado mais para frente ou mais para trás o que amplia o espaço para os viajantes da segunda e terceira fileira. 

O acesso aos bancos extras é feito pelo lado direito que pode ser totalmente rebatido. basta puxar duas alavancas e assim liberar a entrada dos passageiros.

Porta-malas
Com sete ocupantes porta-malas fica pequeno

Os amantes da remanescente Zafira lamentam que a montadora não tenha utilizado o sistema de rebatimento de bancos extras. Com isso a terceira fileira de bancos é rebatida mas acaba roubando espaço do porta-malas. 

Com as fileiras rebatidas a Spin o porta-malas da Spin tem capacidade de 716 litros. Com todos os bancos no lugar sobram apenas 162 litros. 

Equipamentos

Embora seja um carro para família um item do qual se sente falta na Chevrolet Spin 2021 são os airbags laterais e do tipo de cortina além dos destravamento das portas sem chave e partida do motor por meio do botão. 

No restante os itens são considerados satisfatórios. A versão topo de linha conta com uma linha completa de itens de série. 

Ar-condicionado, direção, vidros e travas elétricas, central de multimídia MyLink capaz de suportar Android Auto e Apple Car, ganchos para fixação de cadeirinha Isofix, OnStar, câmera de ré, sensores de estacionamento, piloto automático e bancos revestidos em couro. 

Equipamentos
Equipamentos básicos e funcionais

Entretanto nota-se a falta de alguns itens básicos e funcionais como é o caso da abertura do porta-malas. É preciso usar a chave na própria tampa para ter acesso ao compartimento traseiro. Um descuido ou falta de atenção da marca. 

Segurança e manutenção são destaques positivos

Embora não venha com os airbags laterais tampouco os do tipo cortina que estão presentes no Onix a perua/minivan surpreende positivamente quando o assunto é segurança. 

A Chevrolet Spin 2021 conta com controles de estabilidade e tração. Sistemas importantes para um veículo voltado para o uso familiar. 

Outro item positivo são os custos de revisão e manutenção que são honestos e acessíveis. Uma prática comum vindo da Chevrolet. 

Por fim é importante ressaltar que o valor do seguro também é acessível e não causa sustos aos proprietários. 

Motorização e consumo

A Spin é o único modelo da marca que ainda usa o “antigo” motor 1.8 SPE/4 de 111 cavalos quando abastecido com etanol. 

Na versão premier – topo de linha ele está acoplado a um câmbio automático de seis velocidades que recebeu uma nova calibragem que também é utilizada no Onix e Onix Plus de acordo com a montadora. 

Entretanto o funcionamento não é linear e natural. Embora o câmbio atue de maneira competente nas acelerações as retomadas são um pouco lenta. dando a entender que a caixa de câmbio demora a entender que é preciso reduzir uma marcha. 

Motorização
Motor 1.8 é antigo, porém funcional

As reduções inclusive são um tanto quanto perceptíveis. Principalmente em baixas velocidades onde todos os integrantes do veículo sentem o famoso “tranco”

Nas versões mais básicas o câmbio é manual de 6 velocidades com engates precisos e mais funcionais que a versão automatizada. 

As médias de consumo são as seguintes:

Cidade

  • Câmbio manual:  8,1 km/l abastecido com álcool e 11,8 km/l abastecido com gasolina;
  • Câmbio automático: 6,9 km/l  abastecido com álcool e 10,1 km/l abastecido com gasolina.

Estrada

  • Câmbio manual: 9,4 km/l com álcool e 13,7 km/l com gasolina
  • Câmbio automático: 8,4 km/l com álcool e 12,0 km/l com gasolina

Mesmo com um conjunto de motor antigo as médias de consumo são um tanto quanto aceitáveis uma vez que se trata de um veículo grande, pesado e voltado para a família. Assim é possível afirmar que o Chevrolet Spin 2021 cumpre muito bem o seu papel. 

Chevrolet Spin 2021 preços e versões

A Spin 2021 está disponível em quatro versões diferentes. São elas:

  • Chevrolet Spin LS 1.8: R$ 66.515,00
  • Chevrolet Spin LT 1.8: R$ 69.999,00
  • Chevrolet Spin Premier 1.8 R$ 95.390,00
  • Chevrolet Spin Activ 1.8: R$ 97.145,00

Conclusão

Como citamos anteriormente o principal segredo de longevidade da Spin está na ausência de concorrentes em sua faixa de preço.

Atualmente ela é o único modelo capaz de transportar sete passageiros com valores inferiores aos temidos R$ 100 mil. 

Em teoria seu principal concorrente seria o Fiat Doblò. Mas com um projeto antigo com design ultrapassado e valores que superam os R$ 100 mil não dá pra considerarmos o modelo como concorrência. 

Spin branca
Chevrolet Spin deve reinar sozinha por mais alguns anos

Dessa maneira não é absurdo algum afirmam que a minivan tem como concorrentes alguns SUVS como o Hyundai Creta e até mesmo o seu irmão Tracker que possuem valores na faixa dos R$ 90 mil. 

Entretanto nenhum deles consegue levar mais do que cinco passageiros. Assim não é absurdo nenhum afirmar que a Spin possui longa vida pela frente. Até o final de setembro 11.646 unidades do modelo haviam sido emplacadas no Brasil.

Agora queremos ouvir de você: Gostou das novidades da Chevrolet Spin 2021? Conta para gente quais são as suas impressões através dos comentários.

E já que estamos falando de um veículo espaçoso da chevrolet que tal conhecer outro?

Estamos falando da Trailblazer que também traz novidades para a linha 2021. Para saber tudo sobre o SUV que é exclusivo é só clicar no botão abaixo.

Continuar Lendo

Em Alta