Listas

Prós e contras do Jeep Renegade: conheça os detalhes do modelo

A exemplo de muitos veículos no mercado o Jeep Renegade possui prós e contras, a boa notícia é que o exemplar possui mais benefícios do que malefícios, o que faz dele sem sombra de dúvidas uma boa compra.

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

ANÚNCIOS

Prós e contras do Jeep Renegade que devem ser levados em consideração

Existem muitos prós e contras do Jeep Renegade. No entanto, quando elas são enfileiradas é possível notar que há muito mais pontos positivos em destaque do que pontos negativos, o que nos leva a crer que o modelo é uma boa opção de compra para aqueles que estão em busca de um SUV para chamar de seu.

Prós e contras do Jeep Renegade

O time de especialistas do Senhor Carros entra em campo mais uma vez para te mostrar o que há de bom e o que há ruim no Jeep Renegade e assim servindo como um guia literal para te ajudar nessa jornada de compra. 

Para conferir os prós e contras do Jeep Renegade basta apenas continuar a leitura do artigo. 

Pró: Alta capacidade tecnológica

Começamos a nossa lista de prós e contras do Jeep Renegade com uma questão que chama muito a atenção: O grande poder tecnológico. 

A versão 2021 do Jeep Renegade é rica em detalhes tecnológicos que saltam aos olhos não apenas dos condutores mas de todos os passageiros que viajam no modelo. 

Ar-condicionado dual zone, faróis Full Led, suspensão independente, seletor de terrenos, sensores de chuva e crepuscular tornam a condução do modelo muito mais divertida e consequentemente agradável. 

Afinal a experiência também é importante no momento de decidir comprar um exemplar. 

Pró: Dirigibilidade

Outro ponto positivo do Jeep Renegade tanto na versão 2021 quanto nas versões anteriores é seu poderio de dirigibilidade. 

Mesmo sendo um SUV com ambição off-road o veículo mostra um ótimo comportamento também em pisos de asfalto. Calçado com pneus de uso misto, o Renegade apresenta ótima fluidez em ruas, avenidas e estradas. 

Dirigibilidade
Dirigibilidade é ponto alto

Diferente do que muita gente pensa, sua dirigibilidade em um trânsito mais pesado é agradável e todo o aparato tecnológico é de grande ajuda na hora de realizar manobras. 

Pró: Segurança

O Jeep Renegade é uma ótima opção para o transporte familiar e de amigos. Sendo inclusive uma boa opção de veículos para solteiros que buscam realizar viagens inclusive com amigos. 

E para levar as pessoas que gostamos nada melhor do que contar com um carro conhecido por seus aparatos de segurança, não é mesmo? E quando o assunto é segurança, o Renegado tem grande resguardo. 

Com 7 airbags, sistema de controle de tração e estabilidade, seletor de terrenos e suspensão independente, rodar com um exemplar é uma tarefa prazerosa e segura ao mesmo tempo. 

Pró: Conforto e espaço interno

Aqui temos mais um ponto positivo na lista de prós e contras do Jeep Renegade. Na verdade um não, dois! 

Com um acabamento refinado é rápido e fácil se sentir confortável no interior de um Renegade. Além disso o amplo espaço interno também chama atenção.

Espaço interno
Segurança e espaço interno são destaques

Motorista, carona e ocupantes do banco traseiro, geralmente viajam de maneira bastante confortável em grandes deslocamentos. Sem sombra de dúvidas o SUV é um modelo indicado para quem busca conforto. 

Pró: Consumo na versão diesel

Pensando em custo x benefício direto do ponto de vista de valor de combustível para locomoção, ter um Renegade movido à diesel na garagem é uma ótima opção. 

Afinal, se trata de um SUV com valor mais acessível do que outros modelos e com um motor extremamente durável que apresenta pouca manutenção. 

Pró: Versões usadas em bom estado

Outro ponto positivo na nossa lista de prós e contras do Jeep Renegade é que por ser um veículo com boa aceitação e consequentemente bons números de vendas é relativamente simples encontrar um modelo usado em bom estado. 

É preciso lembrar que comprar um modelo usado nem sempre é má ideia. Uma vez que é possível encontrar veículos conservados, com baixa quilometragem e o mais importante de tudo: Com valores bem mais acessíveis. 

Pró: Possibilidade de customização

Outro item que pesa a favor na hora de comprar um Renegade é a possibilidade de customização do seu exemplar. 

Moab
Possibilidade de customização chama atenção

A montadora disponibiliza para o comprador um pack com uma série de acessórios. Assim cada modelo que sai da concessionária é único e não é igual ao outro, o que praticamente garante um exemplar único. 

Pró: Pacote de serviços

E o nosso último mas não menos importante item a favor na hora de comprar um Renegade é a disposição de um pacote de serviços ao proprietário do veículo.

Dentro deste pacote estão o aumento do período garantia de fábrica, os valores fixados de revisões e ainda proteções extras a rodas e pneus. O que permite maior controle de gastos ou diluição de despesas em caso de compra por meio de financiamento. 

Contra: Porta-malas pequeno

O primeiro item negativo na nossa lista de prós e contras do Jeep Renegade é o tamanho do porta-malas. 

Porta-malas
Porta-malas pequeno é calcanhar de Aquiles do Renegade

Talvez por conta do amplo espaço interno ou por algum erro de projeto. Não sabemos. A verdade é que o porta-malas do Renegade é pequeno e deixa a desejar em termos de espaço e isso pode ser visto como um empecilho na hora da compra por muita gente. 

Contra: Motor defasado

O Renegade já está há alguns anos no nosso mercado e já faz tempo que carrega consigo o funcional porém antiquado motor 1.8 Flex.

Como se sabe a Jeep faz parte do grupo FCA que também envolve a Fiat. Há um motor 1.3 turbo flex FireFly pronto para ser colocado em muitos modelos 2021 e um dos veículos que muitos acreditavam que ganharia o novo motor era justamente o Renegade. 

Mas isso não aconteceu e assim o modelo seguirá em desvantagens em termos de economia, sustentabilidade e até mesmo potência. 

Contra: Consumo com etanol

E o nosso último item da lista é o consumo com etanol. Mesmo se tratando de um SUV pesado o consumo do modelo quando abastecido com Etanol deixa bastante a desejar. 

Esse item negativo está diretamente relacionado ao nosso fator anterior que é um motor antigo e defasado sob o capô. Algo que só deve mudar em 2022. 

Conclusão

A exemplo de muitos outros modelos, não existe um carro que seja 100% em termos de itens favoráveis na hora da compra. Assim é preciso pesar os prós e contras antes de fechar qualquer tipo de negócio. 

Entretanto como é possível notar quando falamos de prós e contras o Jeep Renegade possui muito mais itens positivos do que negativos. Podendo então ser considerado um ótimo negócio. 

Se você está interessado em comprar um modelo, seja ele zero km ou até mesmo usado é só clicar no botão abaixo que te ajudaremos a efetuar a compra de um Renegade para chamar de seu. 

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Listas

Top 10 carros chineses mais vendidos no Brasil em 2020

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Por muito tempo, o mercado automotivo brasileiro teve apenas marcas consolidadas e que inspiravam confiança nos consumidores.

Entretanto, hoje há muitos carros chineses brigando para conquistar seu espaço. 

Embora muitos ainda olhem de maneira desconfiada para os modelos de montadoras chinesas, é preciso ter em mente que eles chegaram para ficar. 

Carros chineses

Além disso, é importante ressaltar que mesmo em veículos de marcas famosas e antigas, há uma série de componentes e peças chinesas. 

Pensando no assunto, nós do Senhor Carros fizemos uma extensa pesquisa, e chegamos àqueles que são os 10 carros chineses mais vendidos do Brasil em 2020. 

Será que você sabe quais modelos estão na lista? Para conferir é só continuar sua leitura! 

Os 10 carros chineses mais vendidos em 2020

Saiba agora quais são os modelos chineses que mais venderam no Brasil até agora. 

10. JAC iEV20

Começamos pelo modelo elétrico da montadora chinesa JAC. 

O modelo, que é hoje considerado o elétrico mais barato Brasil, nada mais é em termos de design do que uma reestilização do antigo Jac J2 que saiu de linha em 2017. 

Com interior bonito e apertado, elétrico chinês consegue levar 4 passageiros de maneira confortável.

JAC iEV20
JAC iEV20

Mesmo com uma autonomia de até 400 km de acordo com a montadora, seu manso motor de “apenas” 68 cavalos sugere que seu uso é apenas urbano.

No entanto, o modelo parece ter agradado a poucos, já que até agora foram comercializadas apenas 18 unidades. 

9. Caoa Chery New QQ

Dentre os carros chineses lançados por aqui, o QQ foi uma verdadeira atração à parte, pois contava com itens de segurança e conforto que só estavam presentes em modelos mais caros e renomados. 

Durante algum tempo, o Chery QQ foi o carro mais barato do Brasil, mas acabou sendo superado por concorrentes como Fiat Mobi e Renault Kwid, por exemplo. 

Hoje esse pequeno notável é uma boa opção para deslocamentos urbanos.

Caoa Chery New QQ
Caoa Chery New QQ

Especialistas não indicam seu uso em longos trajetos que envolvem rodovia por conta de sua leveza, uma vez que pode ter seu desempenho afetado por intempéries do clima. 

Por conta de seu baixo número de vendas, o modelo saiu de linha no final de 2019, mas alguns modelos 19/20 estão disponíveis nas concessionárias da marca. 

Com o passar dos anos, desde seu lançamento em 2011, o modelo foi caindo no esquecimento. Prova disso é que apenas 21 unidades foram emplacadas até agora em 2020. 

8. JAC T50

O JAC T50 é um utilitário esportivo, produzido para brigar com modelos já consagrados por aqui, como Jeep Renegade, Honda HR-V, Nissan Kicks e até mesmo o Hyundai Creta. 

Para brigar com modelos consolidados, o JAC T50 possui preço acessível e uma lista farta de equipamentos para seduzir futuros clientes. 

JAC T50
JAC T50

Mesmo com amplo espaço interno, bom acabamento, itens de segurança, o T50 peca na motorização, que embora seja robusta, uma vez que o modelo conta com um motor 1.5 sob o capô, ele só pode ser abastecido com gasolina.

Ocupando a oitava posição no ranking dos 10 carros chineses mais vendidos do Brasil, foram vendidas somente 69 unidades do JAC T50.

7. JAC T60

Logo em seguida do T50, temos o seu irmão, o JAC T60. 

Análises mostram que o modelo é sim, todo novo, repaginado, mas não tem uma identidade definida. É difícil definí-lo, como um SUV ou um Crossover apenas ao olhá-lo. 

JAC T60
JAC T60

Equipado com muitos itens de série, como central  multimídia e volante multifuncional, além de itens de segurança, mas também peca na questão do motor, que não é Flex, e sim, só à gasolina.

Seu câmbio CVT é pouco preciso, e isso afeta diretamente o desempenho e o consumo. Por conta disso tudo, seus números de vendas são decepcionantes, pois apenas 83 unidades foram vendidas em 2020.

6. Caoa Chery Arrizo 6

O Arrizo 6 é um sedã médio, lançado em junho e que tem o objetivo de brigar com ninguém menos do que Toyota Corolla, Honda Civic e até mesmo Volkswagen Jetta. 

Com um motor 1.5 turbo flex, o modelo possui um câmbio CVT de 9 marchas simuladas, além de uma ampla oferta de acessórios e itens de segurança. 

Caoa Chery Arrizo 6
Caoa Chery Arrizo 6

O recente lançamento chama atenção pelo visual, entretanto, apenas o tempo irá dizer se o Arrizo 6 se dará bem no mercado brasileiro. Nesses quase 60 dias de vida, o modelo apresentou bons números, afinal foram 113 unidades emplacadas. 

5. JAC T40

Depois do lançamento, a JAC fez algumas atualizações no T40 para o modelo de 2020. 

Colocado na categoria de SUVs, ele sofre para roubar qualquer fatia da concorrência.

Assim como seus irmãos de marca que já mostramos aqui, o T40 é repleto de tecnologia e itens de segurança, mas a montadora insiste no erro de não usar um motor Flex.

JAC T40
JAC T40

Empurrado com um motor movido somente à gasolina, com um câmbio CVT pouco confiável e reclamações de baixa visibilidade traseira, o JAC T40 é mais um dentre os carros chineses com números ruins de vendas. 

Em 2020 apenas 205 unidades foram vendidas. 

4. Caoa Chery Arrizo 5

O Arrizo 5 é uma versão mais light do Arrizo 6, para facilitar a comparação, podemos exemplificar com as versões da Honda: City e Civic. Recentemente, o modelo ganhou uma versão totalmente elétrica.

O modelo possui o mesmo câmbio CVT de 9 velocidade do seu irmão maior. O motor é 1.5 turbo Flex. 

Caoa Chery Arrizo 5
Caoa Chery Arrizo 5

No quesito tecnologia e segurança, o Arrizo 5 também é completo, mas sua missão de disputar com marcas consolidadas, como Honda, Toyota, Volkswagen, Chevrolet e até mesmo Fiat é um tanto quanto ingrata. 

Mesmo com uma pandemia em percurso seus números de vendas são razoáveis, pois foram vendidas apenas 576 unidades. 

3. Caoa Chery Tiggo 7

O Tigo 7 passou por uma reestilização um tanto quanto pesado para se manter “firme” no mercado de SUV. 

As principais mudanças podem ser vistas no exterior, com a mudança de linhas e no interior, onde ganhou estilo mais retilíneo, painel central, instrumentos de comando e até mesmo acabamentos. 

Caoa Chery Tiggo 7
Caoa Chery Tiggo 7

Com motor 1.5 biturbo, o SUV entrega bom desempenho, além de um amplo espaço interno, bastante confortável para 5 passageiros.

Mas como sabemos, a briga no ramo das SUVs é grande. Ao todo, o foram emplacadas 1150 unidades do Chery Tiggo 7. 

2. Caoa Chery Tiggo 2

Na vice-liderança entre os carros chineses mais vendidos no Brasil em 2020 está o Tiggo 2. 

O modelo segue a linha de muitos exemplares chineses, com alta oferta de tecnologia embarcada, itens de segurança, com excesso de acabamentos em plástico que às vezes deixa a desejar. 

Caoa Chery Tiggo 2
Caoa Chery Tiggo 2

Na questão da motorização, a montadora não repete os erros da JAC, e tem sob o capô uma unidade de potência 1.5 Flex que rende até 115 cavalos com etanol. 

Confortável e com preços acessíveis o modelo não faz feio, já que ao todo foram vendidas 2467 unidades até agora em 2020.

1. Caoa Chery Tiggo 5X

E na liderança do nosso ranking de carros chineses mais vendidos no mercado brasileiro está o Tiggo 5X. 

O Tiggo 5X é de longe o carro chinês com maior aceitação e consequentemente confiança dos brasileiros. A começar pelo seu design, muito mais bonito que os dos outros SUV que compõem a nossa lista. 

Também repleto de itens de série, grande preocupação com segurança e com bom acabamento interno, a mecânica mais requintada explica seus bons números de vendas. 

Caoa Chery Tiggo 5X
Caoa Chery Tiggo 5X

O Tiggo 5X tem sob o capô um motor 1.5 turbo flex, capaz de gerar até 150 cavalos com etanol.

O modelo conta um câmbio automático de dupla embreagem, que proporciona boas trocas, ótimo desempenho e consumo de combustível agradáveis.

Até agora, o Tiggo 5X vendeu a todo 4514 unidades, é quase a soma do número de vendas de todos os outros modelos da lista. 

Conclusão

Quando se fala de carros chineses é preciso ser realista e afirmar que ainda existe um preconceito dos brasileiros com relação a eles. 

Embora modelos com a “nacionalidade” chinesa sejam bons em termos de confiança e funcionamento ainda há muito receio com itens como mão de obra especializada e oferta de peças. 

Algumas montadoras ainda cometem alguns erros grotescos, como é o caso da JAC que em pleno 2020 oferece alguns modelos com motorização apenas à gasolina, por exemplo.

Entretanto, a Caoa Chery vem fazendo a lição de casa, prova disso são seus sedans cada vez mais elogiados e a crescente participação do Tiggo 5X no mercado de SUVs. 

Mas agora queremos saber de você. Na sua opinião, qual é o melhor dentre os carros chineses mostrado nessa lista? Você tem interesse ou coragem de comprar um veículo com origem chinesa? Utilize os comentários para deixar sua resposta. 

E já que estamos falando de veículos oriundos de marchas chinesas que tal conhecer uma nova marca de SUV de luxos que vai desembarcar no Brasil em 2021? Estamos falando da Exeed. para saber tudo sobre ela, é só clicar no botão abaixo! 

Continuar Lendo

Em Alta