Artigos

O volante é das mulheres

Por

Senhor Carros 

| Publicado em

Não pense você que conhecer tudo sobre carros é algo apenas do universo masculino. Com a idade, deixa de ser brincadeira de criança e as meninas não precisam mais roubar os carrinhos de Hot Wheels dos irmãos, amigos e primos. Agora elas têm os delas! Escolhem, colecionam, personalizam, projetam e até montam.

E não estamos falando apenas da tendência de muitas fábricas que contratam mulheres por causa de seu cuidado e elevado grau de atenção, mas de engenheiras, projetistas, designers, etc.

ANÚNCIOS

Como elas começaram?

A primeira mulher a dirigir um carro que se tem notícia foi a alemã Bertha Benz, casada com o engenheiro Karl Benz, a quem é atribuída a criação do primeiro veículo com motor a explosão e movido a combustível de petróleo. Além de esposa do inventor, foi uma grande incentivadora e patrocinadora do protótipo que, em um dia de ousadia, utilizaria para visitar a sua mãe em uma vila próxima.

Ela conhecia o funcionamento do carro tanto quanto o marido. Ao planejar essa viagem, pensou na quantidade de combustível e como faria o abastecimento durante o caminho para que conseguisse chegar ao seu destino junto com os dois filhos. Em meio a esse trajeto aconteceram alguns imprevistos, como a quebra de alguns componentes do carro, e a própria Bertha tratou de consertar a sua maneira.

ANÚNCIOS

O lugar das mulheres

Por muitos anos elas ainda se mantiveram atrás do sucesso de seus maridos e de outros homens. Mas o fascínio pelos automóveis as acompanha há séculos. Dorothy Levitt, uma das primeiras pilotas britânicas, escreveu em 1906 um livro sobre as mulheres e os carros. A ela é atribuída a ideia sobre os primeiros retrovisores, já que nesse livro ela escreve que as mulheres devem ter sempre um espelho para ver o que acontece atrás delas.

E como espelhos são essenciais e nunca deixarão de acompanhar as mulheres, muitas modificações nos carros foram feitas por causa das exigências femininas. Os espelhos no quebra-sol, por exemplo, que de início foram pensados para as “copilotas” ficavam apenas do lado do banco do passageiro.

Hoje há espelhos dos dois lados, assim como os porta-trecos, porta-copos, estações multimídia para as crianças, cintos e bancos especiais, cadeirinhas infantis, entre outros que foram incorporados aos automóveis durante a sua história.

ANÚNCIOS

O carro que elas querem, elas projetam

Hoje o carro é delas, os acessórios projetados, os espaços pensados para o seu conforto, e até os pequenos mimos como os espelhos. As mães, donas de casas, mulheres de negócios, profissionais autônomas, não vivem mais sem ter um meio de transporte que agilize a sua vida e seus compromissos. E, tanto quanto os homens, elas cuidam, fazem as revisões e se preocupam com a manutenção dos veículos.

A chinesa Wulin Gaowa é a responsável pelo centro de design da General Motors em seu país. A única mulher dentro de uma lista de consagrados profissionais segundo o portal UOL Carros.

Em um momento em que a economia mundial pedia carros menores, confortáveis, menos poluentes e, principalmente, econômicos, os países emergentes como Índia, Brasil e China, têm buscado aumentar os seus mercados. As montadoras têm apostado no potencial de vendas e no design desenvolvido nesses locais.

O design dos carros fabricados na China seguem as tendências mundiais, independentemente de ser uma designer mulher ou um homem, os automóveis desses centros são pensados para agradar a todos os países, não somente os asiáticos.

Hoje, muitos carros vendidos no mundo têm projetos desenvolvidos por chineses, tanto externamente quanto internamente. A visão global de Wulin e a alma feminina foram a aposta da GM.

ANÚNCIOS

Apenas o começo?

Estaríamos começando a reconhecer o trabalho das mulheres dentro da indústria automobilística ou apenas constatando que elas sempre influenciaram o desenvolvimento dos veículos automotores?

A paixão, a necessidade de um meio de transporte para trabalhar ou levar os filhos para a escola fazem parte do que é hoje a mulher e como ela vive num mundo em que os carros não são mais pensados apenas para eles.

Há muitas de mulheres que trabalham no chão da fábrica, em oficinas, em concessionárias e que compram e colecionam carros por hobby. A Daniella é um ótimo exemplo. Cansada de ser enganada por mecânicos, ela fez um curso de mecânica e elétrica automotiva e abriu uma oficina mecânica voltada para o público feminino.

Apostando na transparência (usando o WhatsApp para que os proprietários acompanhem os trabalhos) e cuidado na prestação dos serviços ela tem conquistado clientes homens e, principalmente, mulheres.

O carro virou uma profissão para muitas. O número de taxistas mulheres é 5% de toda frota na cidade de São Paulo. O que ainda pode ser considerado baixo. Já o Uber tem uma meta ousada: ter 1 milhão de motoristas mulheres até 2020 em todo o mundo. Até 2 anos atrás elas representavam 14% dos 160 mil motoristas cadastrados nos EUA.

Apesar dos perigos das grandes cidades, elas vêm dominando esses espaços e até cooperativas com táxis dirigidos somente por mulheres foram criadas. Muitas pessoas preferem as mulheres no volante pela atenção e pelo cuidado ao dirigir, assim como outras mulheres, que se sentem mais seguras com uma motorista ao volante.

Com a tecnologia e os aplicativos disponíveis hoje, é possível escolher o melhor meio de transporte e até saber quem será o motorista que conduzirá sua corrida. Parece que o mundo está abrindo os olhos para um novo horizonte, para novos caminhos, agora pilotados por homens e por mulheres.

A participação das mulheres no mundo automobilístico é inegável. Mesmo as mulheres que não se interessam por carros têm a oportunidade de conhecer mais sobre o assunto e saber o que acontece com o seu veículo. Há muitos blogs, sites e comunidades em redes sociais que falam sobre carros e sua manutenção, e as mulheres os têm procurado com frequência.

ANÚNCIOS

Artigos

Empréstimo com garantia de veículo

Por

Maria Eduarda 

| Publicado em

Para que serve um empréstimo com garantia de veículo? Esta é a pergunta que planejamos responder ao longo deste artigo. 

Uma vida financeira equilibrada. Dívidas quitadas, tranquilidade com as contas do dia-a-dia, sonhos tendo a chance de serem realizados. Esse provavelmente é o objetivo de todo brasileiro, não é mesmo? Colocar o orçamento familiar em ordem é um privilégio de poucos. Mas, poderia ser o seu. Tudo é possível nas finanças se você contar com um planejamento financeiro assertivo para sair do superendividamento de uma vez por todas. 

Ninguém gosta de entrar no cheque especial, lidar com o crédito rotativo, juros altíssimos do cartão de crédito e tantas outras pequenas e grandes dívidas que vão se acumulando ao longo da sua vida financeira. Entretanto, para mudar esse cenário só tem um jeito: gastar menos do que você ganha. 

Mas, sabemos que muitas vezes imprevistos acontecem, a reserva financeira emergencial precisa ser utilizada. Problemas de saúde, um reparo necessário na casa, etc. 

Quando isso acontece e, para não virar uma bola de neve, você precisa procurar alternativas de empréstimo que tenham taxas mais vantajosas no mercado. E, que além disso, oferecem um bom prazo de pagamento para que você consiga retomar as rédeas da sua vida financeira. 

Neste cenário, o empréstimo com garantia de veículo surge como uma ótima oportunidade para você recuperar-se do aperto financeiro. Nessa modalidade de empréstimo, a instituição financeira, como o próprio nome já sugere, utiliza o seu veículo como garantia. 

Ao optar por esse tipo de empréstimo, você não precisa justificar o destino do dinheiro, conquista taxas de juros mais baixas do que um empréstimo sem garantia e um prazo de pagamento maior. Além disso, não é preciso oferecer nenhuma garantia adicional, como um devedor solidário, por exemplo. E você não precisa parar de usufruir do seu carro enquanto o contrato está vigente com o banco. 

empréstimo com garantia de veículo
Continuar Lendo

Em Alta