Listas

Conheça todas as mudanças da nova gasolina do Brasil

Recetntemente a ANP fez alterações na composição da gasolina brasileira. Conheça todas as mudanças da nova gasolina do Brasil!

Nova gasolina do Brasil

A partir de agosto, o brasileiro terá à disposição um novo tipo de gasolina, com maior qualidade e mais semelhante com combustíveis que são comercializados na Europa e Estados Unidos, mas ainda há muitas dúvidas com relação a ela. Por isso, o time de especialistas do Senhor Carros traz agora para você tudo sobre a nova gasolina do Brasil. E aí? Bora ficar por dentro do assunto?

Anúncios

Saiba tudo sobre a nova gasolina do Brasil

Para falarmos sobre a nova gasolina do Brasil precisamos voltar um pouco no tempo e entender porque o nosso combustível era (e ainda é) tão criticado. 

A má qualidade da gasolina brasileira é algo antigo.

Na década de 80, ela era tão ruim, que os carros importados precisavam passar por uma alteração mecânica para reduzir a taxa de compressão do motor, para que o carro pudesse funcionar com a “sua baixa octanagem”. 

Até 1994 a gasolina do Brasil ainda era conhecida por sua toxicidade, pois havia em sua composição chumbo tetra-etila, que foi substituida pelo etanol anidro, o que a tornou mais limpa e ainda aumentou sua octanagem.

No ano de 2014, mais uma mudança para aumentar a qualidade da nossa gasolina: a redução do teor de enxofre de 200 para 50 ppm – parte por milhão.

Com essa medida e a elevada octanagem, nosso combustível passou ser considerado um dos melhores do mundo. Mas ainda havia espaço para melhorias. 

Anúncios

Densidade: A principal mudança da nova gasolina do Brasil

Para nosso combustível ter padrão internacional, faltava uma regulamentação específica para sua densidade. 

A atual densidade da gasolina brasileira gira em torno de 700 kg por m³ enquanto a do etanol gira ao redor de 750 kg por m³. Apenas para efeito de comparação a da água é de 1kg por m³ ou seja, 1 kg por litro. 

Densidade
Densidade da nova gasolina do Brasil vai mudar

A eficiência de um motor, depende da densidade do combustível. Quanto mais densidade, mais potência e menos consumo.

No entanto, por conta de uma ausência de regulamentação, a gasolina brasileira podia variar de densidade, embora quase todas sejam refinadas e fornecidas pela petrobrás. 

Mas com a possibilidade de ser importada e reformulada por outras refinarias, parte da gasolina comercializada nos postos brasileiros poderia ser reformulada com densidade inferior, o que interfere na potência e no consumo. 

Resolução da ANP eleva qualidade da nova gasolina do Brasil

Em janeiro, a ANP – Agência Nacional do Petróleo, órgão responsável pela regulamentação dos combustíveis no país, estabeleceu novos padrões para a nossa gasolina, incluindo a densidade mínima. 

A resolução 807 de 23 de janeiro de 2020 reclassifica a octanagem, que é seu poder de resistir à compreensão do motor antes e durante a combustão. 

A octanagem possui dois padrões de medicação: O método de pesquisas – RON e o método do motor – MON.

Qualidade
Gasolina brasileira terá mais qualidade

O método RON é o utilizado na Europa. No Brasil, hoje se adota a mesma metodologia utilizada nos EUA, que é a média entre RON e MON, chamado de índice antidetonante – IAD. 

A gasolina comum do Brasil, por exemplo, tem uma octanagem de 82 pelo método MON e 93 pelo método RON.

A média entre as duas: MON 82 + RON 93 dividido por dois é de 87, o que corresponde a 87 IAD, que é o índice utilizado aqui e nos EUA, conforme mencionamos. 

Anúncios

Entendendo na prática as alterações da nova gasolina do Brasil

Em relação à octanagem, muda o padrão de classificação da gasolina do IAD que utilizamos atualmente para o Europeu RON.

A especificação da nova gasolina do Brasil, determina então, que a gasolina comum, seja ela fabricada no Brasil ou importada tenha uma massa de densidade mínima de 715 kg por m³ e octanagem de pelo menos 92 octanas seguindo o padrão RON. 

Importante destacar que existem gasolinas especiais no mercado brasileiro com octanagem superior às 92 octanas não padronizadas pela ANP,são exemplos a Podium da Petrobrás, a Octapro da Ipiranga e a Shell Racing da Shell, mas não são encontradas em todos os postos. 

Com relação a adição do etanol anidro em sua composição, não houve alteração. Manteve-se os níveis de 27% para gasolinas comum e aditivada e 25% para a gasolina premium. 

A nova gasolina do Brasil já está disponível nos postos?

A resolução estabelecida ainda em janeiro entrou em vigor no dia 03 de agosto e terá de ser oferecida em 100% dos postos do país em até 90 dias.

Por isso, só haverá certeza de que você irá abastecer seu carro com a nova gasolina do Brasil a partir do dia 3 de novembro. 

Entretanto, de acordo com a Petrobrás (responsável pela refinaria de 90% da gasolina brasileira) o combustível com maior qualidade já está sendo produzido desde o início do ano. 

Gasolina
Você poe ter rodado com a nova gasolina e nem saber disso

Muita gente não sabe, mas já pode ter ou estar rodando com a nova gasolina brasileira há algum tempo.

É importante destacar que não é possível identificar o novo combustível na bomba, ela não traz nomenclatura específica, e é visualmente idêntica à antiga. 

A ANP informou que empresas e postos que forem flagrados vendendo gasolina antiga após o prazo de 90 dias poderá ser multada em valores que variam de R$ 20 mil a R$ 5 milhões. 

Potência e economia

ao contrário do que muita gente acredita, a nova gasolina do brasil não proporciona potência ou torque acima dos valores informados pelas montadoras aos diversos modelos de carros. 

Entretanto, especialmente no caso dos carros flex, a potência e o torque com o novo combustível podem sentir.

Sabemos que muitos automóveis bicombustíveis possuem maior desempenho quando abastecidos com etanol, porém, com a nova gasolina, essa diferença deve cair, especialmente em motores mais modernos, dotados de turbo e injeção direta. 

Com relação a questão da economia e eficiência, a nova gasolina do Brasil tem a promessa de maior eficiência energética, e redução de consumo de até 6%.

Valores da nova gasolina do Brasil

E como era de se esperar, a nova gasolina, por dispor de mais qualidade será mais cara. No entanto, a Petrobras não informa uma estimativa de quanto o valor médio aumentou ou ainda irá aumentar. 

Atualmente o valor do combustível no Brasil é definido por cotação no mercado internacional e outros tipos de variáveis, como o valor do barril de petróleo, câmbio e até mesmo o frete. 

Por isso, esses fatores podem variar tanto para mais, quanto para menos e são mais influentes no preço do que o custo adicional da nova especificação. 

É importante mencionar que a Petrobras acrescenta que é responsável somente por 30% do preço final da gasolina aos postos de combustíveis.

Petrobras e preço
Petrobras é responsável por apenas 30% do valor da gasolina

Os demais percentuais que compõem o valor final da gasolina são compostos por tributos, preço do etanol adicionado e as margens de lucro de distribuidoras e revendedores. 

Agora que você já sabe tudo sobre a nova gasolina do Brasil, se for abastecer questione o frentista ou gerente se a gasolina que está sendo colocada no seu carro já está com os novos parâmetros.

Se a resposta for positiva, atente-se às respostas do motor, assim como o consumo e deixe um comentário aqui em nosso post. 

É sempre legal quando nossos leitores participam dando opiniões e mostrando fatos que ocorrem no dia a dia. 

E já que estamos falando de combustível que tal conferir uma lista com aqueles que são os 30 carros com menor consumo na estrada?

Para conhecê-los, é só clicar no botão abaixo! 

Sobre o autor

Murilo C.

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Em Alta

content

Como tirar carteira de motorista: O guia completo da CNH

Aprenda nesse conteúdo o passo a passo de como tirar carteira de motorista, além de saber os preços e diferenças entre as categorias!

Continue lendo
content

Seguro auto Porto Seguro: O que você precisa saber

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Seguro auto Porto Seguro: O que você precisa saber

Continue lendo
content

Toyota Corolla Cross: Saiba tudo sobre a novidade do ano

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Toyota Corolla Cross: Saiba tudo sobre a novidade do ano

Continue lendo

Artigos

11 dicas para valorizar seu carro e conseguir mais grana na venda

Conheça as principais dicas para valorizar seu carro na hora da venda e conseguir levantar uma grana a mais em tempos de crise!

Vender seu carro usado pelo preço estabelecido pela famosa e conhecida Tabela Fipe é uma árdua missão para muita gente e a história sempre é a mesma: o dono quer o preço lá em cima e o comprador quer pouco e nessa guerra cada um usa as armas que tem, mas a verdade é que existem dicas funcionais para valorizar seu carro que resultam em grana a mais na hora de negociar. 

ganhar dinheiro com seu carro

8 formas de ganhar dinheiro com seu carro.

Conheça 8 maneiras diferentes e inusitadas de levantar uma grana com seu carro.

Se você tá precisando levantar uma grana por meio da venda do seu carro, tenha calma!

Não feche nenhum tipo de negócio sem antes ler o artigo de hoje. 

Nossos especialistas separaram dicas funcionais e fáceis de serem colocadas em prática que vão te garantir uma venda mais certa e lucrativa.

Partiu aprender a ganhar dinheiro?

11 dicas para valorizar seu carro na hora da venda

Como já dissemos, embora vender um carro seja uma tarefa relativamente simples, a briga com compradores na hora de fechar negócio é difícil.

Mas conseguir algumas vantagens na hora da negociação é simples. 

Basta seguir as 11 dicas que vamos te mostrar agora. 

11. Fuja das concessionárias

Embora entregar seu carro em uma concessionária seja rápido e prático isso vai te trazer prejuízo na certa. 

Isso porque as concessionárias sempre pagam um valor abaixo da tabela alegando que precisará ajustar algo no veículo para vendê-lo para outra pessoa pelo valor que está na FIPE. 

No caso de revendedoras o processo acaba sendo um pouco diferente e com menos lucro para você. 

Você acaba deixando seu carro usado sob a forma de consignação. Ele fica exposto e quando acham um comprador, ficam com maior percentual do valor recebido. 

No segundo caso, a comissão pode variar de acordo com o contrato de consignação acordado entre você e o consignatário. 

Sempre vale a pena estudar mais de uma proposta caso opte por essa modalidade de venda. 

Sites de classificados são ótimas opções. O único problema é a necessidade de marcar encontros para avaliação e test drive. 

Para ter o mínimo de trabalho, o ideal são feiras e feirões de carros. Nesse tipo, carros e consumidores estão em busca de um match! 

Se você tá precisando de grana, concessionária nunca! 

10. Mantenha o veículo original

Adaptações não são bem-vistas em nenhum tipo de veículo. 

Quem procura por um carro usado ou seminovo quer garantia de que ele está rodando e funcionando direitinho e que não tenha sofrido nenhum tipo de modificação. 

Assim, quando trocar as peças do seu veículo, opte sempre pelas peças originais. 

A ausência de frisos e logotipo também contam contra você na hora da negociação. 

Itens como ar-condicionado, ou qualquer outro tipo de modificação podem ser feitos por oficinas especializadas. Mas o serviço não fica como de fábrica. 

A conta chega quando o comprador confere esses itens e você acaba perdendo dinheiro. 

Por isso a regra é clara: o máximo de originalidade na hora de vender é uma das melhores maneiras de valorizar seu carro.. 

9. Deixe o carro sempre limpo

Parece um conselho óbvio, mas lembre-se que o óbvio também precisa ser dito!

Muita gente acaba afastando potenciais compradores por apresentar o veículo longe de sua melhor forma. 

Quando for tirar uma foto ou expor seu carro usado, sempre confira se o interior e exterior estão limpos. 

Estofados manchados, por exemplo, dão a impressão de descaso e deixam compradores inseguros. 

E o mesmo vale para cheiros, afinal ninguém quer comprar um carro com cheiro estranho. 

Outro ponto importante que merece atenção são: volante e bancos de couro. 

Volante e bancos em couro ressecados e descascando também são pontos negativos na apresentação de um carro usado. 

Deixá-los em bom estado é fundamental para que o comprador não desvalorize o veículo e você aumente sua margem de lucro. 

8. Guarde os comprovantes de manutenção

Apresentar um histórico seguro e conciso do carro é uma das questões mais importantes quando o assunto é valorização na hora da venda

Com o histórico de manutenções e trocas – seja de pastilha, pneus, entre outros, o comprador vai compreender que você foi cuidadoso com o veículo.

Isso transmite segurança e normalmente as pessoas pagam a mais por essa tranquilidade, pois sabem que estão economizando com mecânica no futuro. 

7. Guarde o manual e a chave reserva

Aqui temos mais uma dica muito simples e fácil de ser colocada em prática para valorizar seu carro. 

No manual estão os carimbos das revisões obrigatórias e uma série de informações necessárias e importantes para o novo dono. 

Em outras palavras: trata-se de um item imprescindível. 

A chave reserva, por sua vez, pode fazer toda a diferença na questão da decisão!

Se o comprador estiver entre o seu carro e outro veículo e só você tiver a chave reserva, com certeza você será o escolhido. 

6. Aposte em cores tradicionais na hora da compra

Recebemos muitas perguntas do seguinte tipo com um tom de indignação: 

Quer dizer que quando compro um carro já tenho que pensar na hora que for vender?” 

Sim! Por mais absurdo que isso possa parecer, isso é verdade e um dos pontos mais importantes de serem levados em consideração é a cor!

Os carros mais fáceis de serem vendidos são os brancos, pretos e os pratas. 

Na hora de vender um carro usado, não adianta. A galera automaticamente paga menos pelos coloridos puramente por conta da baixa rotatividade. Ou seja, eles realmente são mais difíceis de serem vendidos. 

Se sua ideia é ficar com seu carro por MUITO tempo, então compre a cor que você mais gostar. 

Agora se você já compra um carro pensando em trocá-lo em curto ou médio prazo, opte por uma cor mais tradicional. 

5. Mantenha a documentação em dia

A documentação é outro grande facilitador na hora de vender um carro usado ou seminovo e é uma das formas mais naturais de valorizar o seu carro. . 

Isso porque se as multas e o IPVA estiverem pagos é possível trabalhar com o financiamento, o que facilita a venda e torna o processo de transferência mais ágil. 

Caso o documento esteja vencido ou existam multas pendentes, o comprador vai barganhar para tirar um valor maior do que essas pendências e o prejuízo vai ficar na sua mão, literalmente. 

Documentação em dia é uma ordem para quem quer ou precisa vender o carro de forma rápida sem levar nenhum tipo de prejuízo. 

4. Remova customizações

Como mostramos anteriormente, quanto mais original estiver o veículo, mais fácil será vendê-lo. 

A maioria das customizações são feitas a gosto do dono e podem se tornar um complicador na hora da venda. 

Farol de Xenon adaptado, engates, rodas muito grandes são customizações mal vistas pelos compradores que não apenas dificultam a venda, como abaixam o valor do carro. 

Quem customiza um veículo precisa entender que não conseguirá ressarcimento de modificações no futuro. 

3. Evite fazer pequenos reparos na pintura H2 

Embora pequenos reparos na pintura tenham a melhor das intenções, não siga adiante com essa ideia. 

Dificilmente reparos ficam tão bem feitos quanto a pintura original do carro. 

Assim, ao fazer isso, você pode passar a impressão de que o veículo sofreu algum tipo de avaria mais grave.

Isso naturalmente desperta curiosidade e abaixa automaticamente o valor do seu carro!

Logo, se for optar por entregar o carro a uma revendedora ou concessionária, mostre os pequenos danos na pintura – que na maioria das vezes são provenientes de uso e deixem que eles escolham uma empresa de confiança deles.

2. Faça uma perícia cautelar no seu carro

De maneira geral, lojas e estacionamentos mudam o preço oferecido por veículos usados e seminovos quando se deparam com um laudo de perícia cautelar. 

Isso porque um dos itens que mais afetam a valorização de um veículo é a condição de sua estrutura. 

O laudo da perícia cautelar comprova que o carro está em boas condições, nunca foi batido e diminui os riscos do comprador, gerando um aumento no valor final do seu usado. 

A perícia cautelar é o clássico caso do investimento que vale a pena e que ajudar a valorizar seu carro. 

1. Pesquise o valor de modelos semelhantes ao seu

É muito comum que os proprietários considerem o valor da Tabela Fipe para negociar o seu carro. 

No entanto, há problemas nesse tipo de escolha, já que a tabela não pondera uma série de informações essenciais, como a quilometragem, estado de conservação e não diferencia as diferentes versões de um mesmo exemplar. 

Saber qual é o valor do carro em portais de classificados é uma boa estratégia na hora de valorizar seu carro na hora da negociação e levantar uma grana a mais. 

Conclusão

Agora que você já sabe como valorizar seu carro de maneira simples e pouco trabalhosa, é hora de colocar tudo em prática o que acabamos de te ensinar e se preparar para contar um valor maior de dinheiro que você vai receber pelo seu veículo. 

E já que estamos falando de dinheiro e carro, sabia que é possível levantar uma grana com seu carro enquanto você não consegue vendê-lo?

Para te ajudar com isso, preparamos um artigo especial onde mostramos 8 maneiras de ganhar dinheiro com seu carro sem precisar ser motorista de transporte por app.

Se interessou? Quer saber mais? É simples! Basta clicar abaixo. 

ganhar dinheiro com seu carro

8 formas de ganhar dinheiro com seu carro.

Conheça 8 maneiras diferentes e inusitadas de levantar uma grana com seu carro.

Você também pode gostar

content

Carro esportivo de leilão: como e onde arrematar o seu

Saiba como e onde arrematar seu carro esportivo de leilão e leve uma verdadeira joia sobre rodas para casa pagando pouco!

Continue lendo
content

Descubra quais são os pontos positivos do Fiat Argo

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Descubra quais são os pontos positivos do Fiat Argo

Continue lendo