Listas

De populares a importados: Conheça os carros dos candidatos a prefeitura de SP e RJ

Saiba quais são os modelos dirigidos pelos principais candidatos à prefeito das cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro.

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

ANÚNCIOS

Saiba quais são os carros que os candidato dirigem

Você já se perguntou quais são os carros dos candidatos a prefeitura das principais cidades do Brasil?  Pois bem. Para disputar as eleições é necessário que qualquer candidato declare bens e seu nome e isso inclui imóveis e também automóveis. 

Carros dos candidatos

E você sabe bem que quando o assunto é carro os especialistas do Senhor Carros estão envolvidos e nunca deixam a peteca cair. Assim pensando em matar a sua curiosidade separamos aqueles que são os modelos que os candidatos a prefeito de SP e do RJ possuem em suas garagens.

Já adiantamos de antemão que tem tudo na lista: Desde veículos populares até carros importados. 

Os carros dos candidatos a prefeitura de São Paulo

Dos 14 candidatos que vão disputar o cargo de prefeito de São Paulo sete declararam ter algum veículo em seu nome. Confira agora quais são os modelos de cada um deles. 

Andrea Matarazzo – PSD: Honda CBR 1100 XX 

Andrea Matarazzo não tem nenhum carro registrado em seu nome e sim uma Moto. E não se trata de uma moto qualquer. É uma Honda CBR 1100 XX 1997. 

Honda CBR 1100 XX
Honda CBR 1100 XX 

Apelidada de Super Black Bird ela já foi considerada a moto mais rápida do mundo atingindo 287 km/h em um teste no ano de 1997 mas acabou superada em 1999 por sua concorrente a Suzuki Hayabusa que atingiu incríveis 312 km/h em 1999.

Bruno Covas – PSDB: Audi Q3

O atual prefeito da capital do estado de São Paulo declarou ter em seu nome um Audi Q3. 

Audi Q3
Audi Q3

O SUV alemão pode ter entre 170 a 220 cavalos dependendo da versão e da tração que alimenta as rodas que pode ser integral. o Motor é um 2.0 turbo com quatro cilindros. O modelo hoje vale R$ 83.500.

Celso Russomanno – REPUBLICANOS: 7 veículos diferentes

Aqui temos muitos carros dos candidatos a prefeitura de SãoPaulo. Na verdade apenas o Candidato Celso Russomano que atualmente aparece na liderança das pesquisas é também o candidato que mais possui veículos em seu nome. 

Russomano declarou ter uma Chevrolet Blazer 1998; Um Volkswagen Passat V6 2004; um Hummer 2007; Um tander Phor 1979 e um Jipe Engesa 1996. Além dos carros, o candidato ainda possui duas motocicletas: Uma Honda NX Falcon 400 e uma Ducati. 

Hummer 2007
Hummer 2007

Ao somarmos todos os veículos o candidato dispõe de um montante que ultrapassa as cifras de R$ 280 mil. 

Guilherme Boulos – PSOL Chevrolet Celta

O Candidato da esquerda mais bem posicionado na capital paulista tem apenas um único bem declarado: Um chevrolet Celta sem ano especificado. O modelo foi produzido no Brasil durante os anos de 2000 a 2015. 

Chevrolet Celta

Jilmar Tatto – PT: Honda Civic

A exemplo de Guilherme Boulos o candidato do PT à prefeitura de São Paulo não especificou o ano do seu Honda Civic. Entretanto no valor declarado podemos presumir que o veículo seja modelo 2017. 

Honda Civic
Honda Civic

Marina Helou – REDE: Honda HR-V EX

E para finalizar os carros dos candidatos a prefeitura de São Paulo temos a Marina Helou da Rede que declarou possuir um Honda HR-V EX ano 2018. O modelo é avaliado em R$ 78 mil. 

Honda HR-V EX
Honda HR-V EX

Carros dos candidatos a prefeitura do Rio de Janeiro 

A exemplo de são Paulo dos 14 postulantes à prefeitura carioca apenas oito possuem algum veículo em seu nome. Confira agora quais são os veículos dos candidatos do Rio de Janeiro.

Bandeira de Mello – REDE: 2 veículos diferentes

Aqui temos mais alguns exemplos de carros de candidatos a prefeitura. Nesse caso no Rio de Janeiro.

Bandeira de Mello também declarou ao TSE ter dois veículos. Um é o Chevrolet Spin 2019 e o outro um Fiat Palio Adventure Locker 2009. Juntos ambos os carros valem cerca de R$ 120 mil. 

Chevrolet Spin
Chevrolet Spin

Benedita da Silva – PT: 2 veículos diferentes

A Candidata Benedita da Silva do Partido dos trabalhadores possui em sua declaração de bens dois veículos diferentes. 

O primeiro é um Fiat 500 Sport e o outro é um Renault Logan 2014/205. Na avaliação ambos os veículos juntos valem cerca de R$ 100 mil. 

Fiat 500 Sport
Fiat 500 Sport

Cyro Garcia – PSTU:  Chevrolet Celta 2010

A exemplo de Guilherme Boulos em São Paulo Cyro Garcia no RIo de Janeiro possui apenas um veículo em seu nome: Um chevrolet Celta ano 2010 que na tabela Fipe é avaliado em cerca de R$ 15 mil. 

Chevrolet Celta 2010
Chevrolet Celta 2010

Delegada Martha Rocha – PDT: Toyota Corolla 2016/2017

Com bens que ultrapassam a cifra de R$ 1 milhão a candidata a prefeitura Martha Rocha declarou apenas um veículo: Um Toyota Corolla 2016/2017 no valor de R$ 110 mil. 

Toyota Corolla 2016/2017
Toyota Corolla 2016/2017

Pelo alto valor o modelo pode ser o top de linha da versão Altis com transmissão Multi-Drive e motor 2.0 de 154 cavalos de potência. 

Eduardo Paes – DEM:  Volkswagen Tiguan 2019

Prefeito da cidade maravilhosa por dois mandatos na última década Eduardo Paes declarou ser proprietário de um Volkswagen Tiguan 2019. 

Volkswagen Tiguan 2019
Volkswagen Tiguan 2019

Pelo valor de R$ 76.571 o modelo pode ser da versão Allspace equipado com um  motor 1.4 TSI de 150 cavalos com câmbio automático de dupla embreagem. 

Fred Luz – NOVO:  2 veículos diferentes

A exemplo de outros candidatos do Rio de Janeiro Fred Luz declarou possuir dois veículos em seu nome. Um Jeep Compass Sport e um Hyundai i30 2015. Juntos ambos os automóveis valem em média R$ 170 mil. 

Jeep Compass Sport
Jeep Compass Sport

Glória Heloiza – PSC: 2 veículos diferentes

Dois de todos os três bens declarados da candidata do PSC são carros. 

Glória Heloiza possui um Citroen C3 Tendence e um Audi A8 não especificado. Mas pelo valor deve ser um A3 Sedan equipado com câmbio Tiptronic. Ao todo os dois carros valem pouco mais de R$ 100 mil. 

Citroen C3 Tendece
Citroen C3 Tendence

Renata Souza – PSOL: – Renault Sandero Stepway 2015 

E a nossa última candidata da lista é Renata Souza do Psol que declarou ser proprietária de um Renault Sandero Stepway 2015. O veículo possui um motor 1.4 flex e atinge 106 cavalos de potência quando abastecido com etanol. 

Sandero Stepway 2015
Sandero Stepway 2015 

Conclusão

E como citamos inicialmente alguns candidatos por conta de suas atuações no ramo empresarial dispõem de mais dinheiro do que outros refletindo assim nos veículos que dirigem. 

Os casos mais emblemático são do Candidato de São Paulo Celso Russomano que declarou ter 7 veículos e dos candidatos Guilherme Boulos e Cyro Garcia que possuem um simples Celta. 

Além disso é importante lembrar que alguns candidatos sequer possuem carros e apelam para transporte público, taxi ou até mesmo veículos por aplicativos para se locomover nas capitais. 

Depois de conhecer os carros dos candidatos as prefeituras de São Paulo e do Rio de Janeiro que tal saber quais são os modelos que os influenciadores possuem na garagem?

Para saber quais são os carros dos influenciadores brasileiros é só clicar no link abaixo. Ah e já damos um spoiler: Assim como no meio político, os influencers também são donos de populares e de importados. Bora conferir?

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Listas

Não feche negócio: 10 Carros 0km que você deve evitar

Não feche negócio antes de ler esse artigo com os 10 carros 0km que você deve evitar de comprar!

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Você já parou para pensar que existem carros 0km que você deve evitar? Parece louco, mas é a pura verdade. Existe uma série de modelos que não devem ser comprados por uma série de motivos.

Pensando em te manter informado nós do Senhor carros separamos 10 modelos de carros 0km que você não deve comprar. As razões são as mais distintas e vão desde incerteza de continuidade até o preço em si. 

Carros 0km que você deve evitar

Se você está prestes a comprar um carro aqui vai um aviso: Não feche negócio antes de ler o artigo de hoje. Ele pode salvar o seu bolso! 

10 carros 0km que você deve evitar

Conheça agora quais são os 10 carros 0km que você deve evitar. 

10. Mitsubishi ASX

O Mitsubishi ASX é um carro legal que muita gente gosta, mas é preciso dizer que ele parou no tempo. 

O modelo é produzido há dez anos sobre a mesma plataforma e mesmo com reestilizações, ainda tem um design ultrapassado perante aos seus rivais e até mesmo quando comparados a outros modelos da marca. 

Mitsubishi ASX
Mitsubishi ASX

O acabamento é um tanto quanto simples para o seu valor. Além do mais, proprietários afirmam que o motor 2.0 Flex deixa a desejar e o pós-venda tem fama de complicado.Por fim, o preço também um tanto quanto salgado.

Existem outras opções no mercado que são mais espaçosas e mais acessíveis em termos financeiros como é o caso do Jeep Compass e o Volkswagen Tiguan Allspace. 

9. Chery New QQ

O New QQ já não pode mais nem se valer de ser o carro mais barato do país, já que o Moby é agora o detentor desse título. 

O New QQ tem uma estrutura frágil, motor fraco e sua manutenção tem fama de ser complicada. Além disso a montadora já confirmou que 2020 é o fim da linha para o modelo. 

Chery New QQ
Chery New QQ

Tão ruim quanto comprar um New QQ 0km é ter que vendê-lo no futuro. Por isso, se você tem amor ao seu dinheiro não compre os modelos remanescentes nas concessionárias por mais que isso possa parecer um bom negócio. 

8. Volkswagen Fox

Você deve estar pensando: Essa galera do Senhor Carros está louca. O Fox é um carrão! Sim… Não há dúvidas quanto a isso e vamos mostrar porque o modelo está nessa lista. 

O Volkswagen Fox ficou um pouco deslocado na linha da marca depois da chegada do Up e do Polo. O Fox hoje é vendido em três versões que vão de  R$ 51 mi a R$ 56 mil. 

Volkswagen Fox
Volkswagen Fox

Só que o Polo que é muito mais moderno e mais prazeroso de pilotar, tem preço inicial na faixa dos R$ 53 mil.  

Mesmo a versão 1.6 MSI do Polo que sai por R$ 61 mil acaba tendo melhor custo benefício por conta da tecnologia e segurança e novidades estruturais. Além disso, há rumores fortes que o Fox saia de linha já em 2021.

Ter nas mãos um carro obsoleto e fora de linha é prejuízo na certa. Por isso, o ideal é evitá-lo. 

7. Nissan March

Aqui temos um motivo direto para você evitar o Nissan March 0km: 2020 é o último ano do modelo. A Nissan já confirmou que ele sai de linha. 

O modelo já vinha meio esquecido pela Nissan há algum tempo. Além do mais seu preço era um tanto quanto salgado com valores entre R$ 51 mil e R$ 56 mil. 

Nissan March
Nissan March

Seria um negócio muito melhor comprar o sedã que usa a mesma plataforma e tem ainda um porta-malas maior e amplo espaço interno. Isso sem contar que é uma versão com menos desvalorização. 

6. Renault Duster

A reestilização do Renault Duster foi uma verdadeira vergonha e não apenas por isso que ele é mais um dos carros 0km que você deve evitar.

A montadora que estava prometendo mudanças drásticas à SUV fez apenas uma maquiagem no exterior e pouco mexeu no interior e na mecânica, tirando ainda uma das versões mais vendidas que era a 4x4. 

Renault Duster
Renault Duster

A nova versão conta apenas com um tipo de motor o antigo e defasado 1.6. Para o futuro se espera o 1.3 t turboflex que entrega um ótimo custo x benefício em termos de desempenho e consumo. 

5. Citroen

A exemplo do que ocorre com o Nissan March, o Citroen C3 parece ter sido abandonado pela montadora francesa. 

O modelo que é repleto de itens de série e preços relativamente acessíveis era um chamariz para diferentes perfis de consumidores. Mas seu futuro no Brasil ainda é incerto. 

Citroen
Citroen

Seguindo o padrão atual do mercado automotivo de crossover, o C4 Cactus deve ganhar as ruas ano que vem e com isso modelos mais antigos tendem a cair no esquecimento ou até mesmo saírem de linha.

Embora a Citroen não confirme há fortes rumores de que o C3 está próximo de ser descontinuado. 

4. Fiat Grand Siena

O Fiat Grand Siena é mais um entre os carros 0km que você deve evitar. 

O modelo possui valor de entrada na faixa dos R$ 50 mil equipado com motor 1.0 e custa cerca de R$ 56 mil com motorização 1.6. No entanto existe outro sedã da mesma marca e com custo X benefício muito mais atrativo.

Fiat Grand Siena
Fiat Grand Siena

 Estamos falando do Cronos. Que embora parta de valores na faixa de R$ 58 mil vem equipado com o moderno motor 1.3 FireFly muito mais econômico e com melhor dirigibilidade sem contar os diversos itens de série. 

O Siena é um modelo ultrapassado que dificilmente vai passar por um processo de renovação. Por isso deve ser evitado. 

3. Lifan X60

O Lifan X60 tem um custo x benefício melhor que muitos outros veículos que são concorrentes. Além disso parte de uma faixa de R$ 70 mil, muito mais em conta que seus concorrentes EcoSport e Tracker por exemplo.

Lifan X60
Lifan X60

O Lifan X60 também vem recheado de opcionais de série. Mas então por que ele é um carro a ser evitado?

Simples: Existem poucas concessionárias e o modelo tem fama manutenção cara e complicada. Além do mais o modelo tem uma liquidez ruim o que o desvaloriza muito mais do que seus rivais. Triste não é mesmo?

2. Fiat Doblò

o Fiat Doblò é mais um caso de carros que não devem ser comprados 0km. 

Na verdade, modelo é uma verdadeira incógnita. Trata-se de um projeto antigo e sem nenhum tipo de renovação com um motor antigo e pouco eficiente. Além do mais o modelo só possui opção de câmbio manual e acabamento extremamente simplório.

Fiat Doblò
Fiat Doblò

O Doblò é um carro que serve para trabalhar e também para famílias que tenham algum ente portador de necessidades especiais. O modelo é muito mal visto no mercado automotivo e tem grande desvalorização.

Além do mais anualmente o Doblò é colocado na lista dos carros que podem deixar de ser produzidos. Por isso não recomendamos. 

1. Chevrolet Tracker

O Tracker vem sendo amplamente elogiado e isso é correto, afinal o modelo é muito bom e tem muita qualidade. Entretanto não se trata de um modelo que deve ser comprado 0km. 

A justificativa são: preço, plataforma e comparação com um veículo da mesma marca.A versão de entrada do Tracker parte de R$ 85 mil. Já a versão top de linha do Onix Plus custa R$ 80 mil.

Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker

O Tracker e o Onix Plus usam a mesma plataforma e o mesmo motor. Enquanto o Tracker vem pelado, por R$ 5 mil a menos o Onix Plus vem completão.

Assim, se você está pensando em comprar um Tracker 0km reveja com calma e dê valor ao seu suado dinheiro. 

Conclusão

E na sua opinião? Além dos modelos que mostramos aqui tem mais algum modelo que não deve ser comprado 0km? Se sim, deixe um comentário pra gente contando qual é o modelo.

Depois de conhecer os modelos de carros 0km que você deve evitar, que tal conhecer modelos baratos que são exemplos de segurança? Para isso, é só clicar no botão abaixo!

Continuar Lendo

Em Alta