Dicas

Transferência de carro: cuidados e passo a passo para fazer o procedimento

Comprou ou vendeu um veículo? Saiba quais são os procedimentos e documentos para fazer a transferência de carro e evitar dores de cabeça. Neste artigo, vamos dar o passo a passo para que esse processo seja feito de forma tranquila e rápida!

Anúncios

Preste atenção nos cuidados antes de fazer a transferência de um carro!

Então, como fazer a transferência do veículo? Fonte: Pexels.
Então, como fazer a transferência do veículo? Fonte: Pexels.

Pois bem, você tem dúvidas em como fazer a transferência de carro? Hoje vamos mostrar como fazer esse processo de forma simples e segura.

Pois não apenas é necessário verificar se o pneu está careca. Ou, então, se o motor não está rangendo.

Além disso, é preciso que se faça uma consulta no site do Detran com o número da placa e o RENAVAM do veículo. Dessa forma, você descobre se o carro não possui dívidas em relação a multas, taxas e licenças, entre outros detalhes.

Então, continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!

Veja como consultar e calcular IPVA 2022

Descubra quais são os caminhos para consultar e calcular IPVA 2022 de maneira simples e já começar a acertar as contas do ano que vem!

Anúncios

O que é uma transferência de carro?

Mas o que é a transferência de carro? Fonte: Pixabay.
Mas o que é a transferência de carro? Fonte: Pixabay.

Pois bem, a transferência do carro deve ser feita toda vez que o veículo mudar de dono.

Assim, a não transferência no ato da venda implica ao vendedor em problemas legais no futuro. Por exemplo, se o novo dono cometer uma infração de trânsito ou se envolver em algum acidente.

Então, o valor da transferência de carro varia para cada estado. Dessa forma, para saber esses valores, você pode consultar o site do Detran do seu estado.

Ademais, o Detran estipula um prazo de 30 dias após a assinatura do Certificado de Registro do Veículo (CRV) para que seja feita essa transferência. Assim, através dela é possível identificar que a propriedade do bem mudou de dono.

Portanto, fique atento ao prazo e assim evite pagar a multa cujo valor é de R$ 195,23.

Além disso, essa multa é considerada grave e implica na soma de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do comprador e até na retenção do veículo para que seja feita a regularização.

Assim, é preciso estar atento e ciente das obrigações do vendedor e do comprador do carro!

Ou seja, cabe ao vendedor a responsabilidade de comunicar a venda do veículo ao Detran.

Já o comprador deve ser responsável por tomar todas as providências referentes à expedição do novo Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) do veículo.

Cuidados antes de transferir um veículo

A seguir listamos os cuidados que você precisa ter ao fazer a transferência do seu carro. Confira!

  • Em primeiro lugar, se for o vendedor do veículo, só faça a transferência dos documentos após a confirmação do recebimento do valor devido pela venda do carro. Dessa forma, você evita golpes e fraudes.
  • Além disso, nunca entregue o Certificado de Registro do Veículo (CRV) em branco, mesmo que o comprador insista para que você o faça.
  • Após preencher o CRV, tire cópias dele e de todos os documentos da venda para que possa comprovar futuramente que o carro mudou de proprietário.
  • Dessa forma, verifique junto ao Detran se o processo de transferência do carro foi concluído pelo comprador dentro do prazo de 30 dias. Ademais, solicite que ele o faça caso não tenha feito ainda.

Anúncios

Como fazer transferência de carro: passo a passo

Então, qual o passo a passo? Fonte: Unsplash.
Então, qual o passo a passo? Fonte: Unsplash.

Pois bem, agora que você já sabe quais são os cuidados necessários para realizar a transferência do veículo, confira as principais informações e o nosso passo a passo para fazer o processo. Vamos lá?

Quando solicitar

A partir da venda do veículo, o novo proprietário deve realizar todos os procedimentos necessários para passar o carro para o seu nome em um prazo de 30 dias.

Assim, evite pagar a multa por atraso que é de R$ 195,23 e soma de cinco pontos na CNH. Fique atento ao prazo!

Onde solicitar

Então, você pode solicitar a transferência do carro pela internet no portal do Detran ou presencialmente mediante agendamento nos Postos do Poupatempo.

Quem solicita

Pois bem, o responsável para realizar a solicitação de transferência do carro é o novo proprietário. Assim, o processo pode ser feito tanto pela internet como presencialmente. 

Agora vamos ao passo a passo da transferência do carro. Confira abaixo!

Conheça o passo a passo

Pela internet:

  • Primeiramente, consulte eventuais débitos do veículo, como multas, IPVA, DPVAT, restrições ou bloqueios.
  • Em seguida, vá ao cartório para comunicar a compra do veículo. Dessa forma, você deverá fazer o reconhecimento de firma por autenticidade do vendedor e do comprador no documento de propriedade do veículo.
  • Leve seu veículo a uma Empresa Credenciada de Vistoria (ECV) para fazer a vistoria de identificação veicular.
  • Além disso, faça o pagamento das taxas de transferência do carro conforme instruções no site do Detran.
  • Digitalize, tire foto ou escaneie a documentação necessária.
  • Fique atento! Não se esqueça de entregar o documento de transferência original com reconhecimento de firma em uma unidade de atendimento para concluir a transferência e desbloquear o carro.
  • Depois de ter todos os documentos em mãos, faça o login no site do Detran para solicitar a transferência de propriedade do carro.
  • Após a solicitação da transferência, você pode consultar o andamento do processo no serviço online “Acompanhamento de serviços de veículos”.
  • Selecione a opção de documento do veículo conforme informado no site.
  • Por fim, faça a troca de placas de acordo com as opções indicadas no site.

Presencialmente:

  • Assim como informamos acima, consulte os eventuais débitos do carro e leve seu veículo a uma Empresa Credenciada de Vistoria (ECV).
  • Então, vá a uma unidade de atendimento de registro do veículo com todos os documentos solicitados. Porém, fique atento, pois o atendimento presencial somente será realizado mediante agendamento via internet nos Postos Poupatempo.
  • Faça o pagamento das taxas de transferência do carro conforme instruções na unidade de atendimento.
  • Por fim, com o novo conjunto de documentos em mãos, faça o emplacamento.

No site do Detran, você verifica todos os documentos necessários, tanto para a transferência do carro pela Internet como presencialmente.

Ademais, no site, você também encontra toda a documentação necessária caso o veículo seja de pessoa jurídica, de revendedora ou concessionária e outros casos específicos.

Assim, o processo de documentação da transferência do carro está finalizado!

Agora você já sabe como fazer a transferência de carro sem burocracia e complicações.

Além disso, sempre que for necessário você pode obter mais informações acessando os sites do Detran ou do Poupatempo.

E se você quer mais dicas sobre carros, clique no botão abaixo e confira o nosso conteúdo!

pessoa abrindo carro branco com chave

Leilão de carros seguro: 8 dicas infalíveis

Conheça nossas dicas para comprar somente em site de leilão de carros que seja seguro! Preste atenção nelas, e economize sem cair em golpes!

Em Alta

content

Leilão Vip Direto: conheça e saiba se é confiável

Com a Leilão Vip Direto, você pode adquirir seu veículo com preços acessíveis e em ótimo estado de conservação. Conheça aqui mais vantagens!

Continue lendo
content

Leilão de carros Itaú: Saiba tudo e descubra se realmente vale a pena

Conheça o Leilão de carros Itaú, que conta com vários benefícios e diferentes modelos de carros tomados pela financeira. Clique e saiba mais!

Continue lendo
content

Descubra as formas de contratar Azul Seguro Auto e proteger seu carro

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Descubra as formas de contratar Azul Seguro Auto e proteger seu carro

Continue lendo

Artigos

Quer dirigir um carro elétrico, mas não tem grana? Beepbeep é solução

Tem vontade de dirigir um carro elétrico pensando no meio ambiente, economia, mas não tem grana para comprar um exemplar? Não se preocupe, a Beep Beep é a solução para você!

Beepbeep veio para ficar

O crescimento de veículos elétricos é uma realidade em todo o mundo e no Brasil não é diferente. Embora aqui a hibridização pareça ser o caminho mais plausível em um primeiro momento, a verdade é que estamos em um caminho sem volta rumo à eletrificação, e um exemplo claro disso é a atuação da Beepbeep no Brasil. 

alugar carro elétrico

Como alugar carro com a Beepbeep?

Saiba quais são os passos para alugar um veículo elétrico com a Beepbeep

Como muitos sabem, somos especialistas em veículos e abordamos os mais variados assuntos que envolvem automóveis. 

E hoje trazemos à tona um tema que embora não seja tão novo assim, ainda não é conhecido de muita gente. 

Estamos falando da Beepbeep, uma startup de car sharing apenas de veículos elétricos que já está funcionando em algumas cidades brasileiras. 

No artigo de hoje vamos mostrar todo o seu aparato de funcionamento e te mostrar quais são os caminhos para, enfim, pilotar um modelo elétrico. 

E aí? Quer se locomover pelos grandes centros de maneira sustentável e barata sem nenhum tipo de perrengue? É só continuar lendo o artigo de hoje. 

Partiu?

Beepbeep entra na tendência crescente do carsharing

O carsharing, que é o compartilhamento de veículos, ainda não tem a mesma força no Brasil em relação aos países europeus. 

Mas esse tipo de serviço vem se difundindo, principalmente em tempos de Covid-19, já que evita aglomerações em transporte público e é um dos conselhos mais importantes para evitar adoecer. 

Para se destacar de empresas que já oferecem esse tipo de comodidade, como é o caso da Turbi, por exemplo, a Beepbeep aposta num diferencial que realmente chama atenção: uma frota composta 100% de carros elétricos. 

O compartilhamento de carros veio na esteira da invasão de patinetes e bicicletas compartilhados que foram uma verdadeira febre algum tempo atrás, com as empresas Grin e Yellow. 

O movimento ocorre também, junto do crescimento do uso dos apps de corrida e da tendência de parte das pessoas trocarem o carro próprio por deslocamentos feitos a partir de ferramentas oferecidas por diferentes empresas e aplicativos. 

Enquanto os patinetes e bicicletas tiveram vida curta, o compartilhamento de carros segue firme e em crescimento saudável. 

Oportunidade e facilidade

Operando desde o fim de julho de 2019 no estado de São Paulo, a Beepbeep atua nas cidades de: São Paulo e São José dos Campos. 

A meta é expandir as operações para outras praças, como a cidade de Barueri, que em breve deve receber os elétricos. Avançar em outros estados também está nos planos da startup. 

“O usuário paga mais caro se decidir pegar um Uber ou um ônibus entre São Paulo e São José dos Campos, então por isso decidimos ir para as cidades do interior”, afirma Fábio Fagionato, co-fundador da beepbeep.

O investimento inicial da empresa foi na faixa dos R$ 3 milhões para desenvolver um aplicativo e comprar veículos elétricos. 

Os veículos tem como base estacionamentos de parceiros, entre supermercados, centros comerciais, condomínios corporativos e hotéis, onde são encontrados pelos clientes e também podem ser deixados. 

Parte desses pontos possui sistema de recarga que permite recarregar o sistema em até duas horas. 

Fabio Fagionato, presidente executivo e cofundador da Startup, diz que a maior vantagem da Beepbeep ao apostar nos veículos elétricos é a atratividade que eles oferecem na hora de buscar parcerias por seu apelo à sustentabilidade. 

Desafios da empresa

Embora seja uma empresa inovadora, a Beepbeep tem grandes desafios pela frente para que o negócio realmente se torne rentável. 

Embora experiência e apelo ambiental sejam importantes para muita gente, esses fatores têm menor peso se o preço for elevado. 

O preço é determinante na hora que uma pessoa precisa escolher entre alugar um carro elétrico ou andar com um veículo cujo motor é à combustão. 

Por isso o preço da locação hoje é equivalente aos modelos tradicionais. 

Outro desafio encarado e que está sendo superado pela startup é o de que o carro elétrico é ainda mais caro que um modelo tradicional equivalente. 

Seguindo o Fagionato, o investimento para cada veículo foi de cerca de R$ 150 mil, mas como sabemos, conforme a tecnologia avança, em especial, falando de baterias, o custo deve baixar. 

Mesmo com o alto custo, a Beepbeep é uma aposta que veio em boa hora devido à popularização dos modelos de aluguel de veículos por aplicativos, de um lado, e pela possibilidade de a startup ser pioneira em um mercado com grande potencial de crescimento.

A ideia por trás de toda a operação, é estar bem posicionado no mercado quando empresas maiores, inclusive montadoras, começarem a lançar serviços semelhantes. 

Aluguel de carros elétricos não é novidade no Brasil

Embora pouca gente saiba ou até mesmo se lembre, a Beepbeep não é a primeira a experimentar o modelo no Brasil. 

No ano de 2018, a startup Urbano chegou a ter 60 veículos elétricos para locação em São Paulo. 

A companhia, que permitia que seus veículos fossem estacionados na rua, enfrentou dificuldades como a depreciação, roubos e avarias por conta de inundações, além de uma série de problemas na hora de transferir multas para os usuários. 

Como na Beepbeep os carros não ficam estacionados na rua, esses problemas não se repetem, o que dá grande fôlego para a empresa. 

No final do ano, a Urbano acabou por mudar o seu modelo de negócios e agora se chama Ucorp e se dedica a atender outras empresas, oferecendo serviço de locação de carros e digitalização da gestão. 

A startup não desistiu de trabalhar com carros elétricos e tem como objetivo para cada cliente, substituir anualmente de 3% a 5% da frota por veículos do tipo, com o intuito de colaborar para um ambiente mais sustentável. 

Renault Zoe foi o primeiro escolhido da Startup

O modelo para dar início à toda operação foi o Renault Zoe. 

De acordo com os fundadores da startup, o modelo acabou sendo uma escolha óbvia pelo fato de ter uma série de vantagens e atributos que estariam alinhados com a filososofia da empresa, tais como tecnologia e desempenho; design, zero emissão, autonomia e facilidade de carregamento. 

Vamos falar sobre cada um desses atributos agora. 

Tecnologia e desempenho

O Renault Zoe possui tecnologia de última geração.Com 100% de torque desde o início, ele vai de 0 a 50km/h em 4s. 

Além disso, possui baterias que não viciam, regeneração de energia e é projetado para garantir máxima eficiência dos componentes. 

O modelo possui menos peças do que um carro a combustão, otimizando a manutenção e garantindo melhor desempenho no aproveitamento da energia.

Design

As inovações do Renault Zoe vão muito além da mobilidade. Com linhas suaves, fechaduras integradas ao vidro, lanternas de LED e rodas diamantadas 16″, ele traz a identidade elétrica em todo o seu design e comprova a sua exclusividade em cada detalhe, assim como a empresa. 

Zero emissão

Com sistema de bateria Zero Emission 40 e motor elétrico, o Renault Zoe não emite poluentes, ruídos de motor ou de mudança de marcha, ele é um autêntico Zero Emissão.

Autonomia

O modelo possui uma bateria com autonomia para mais de 300 quilômetros e tecnologia de recarga regenerativa durante a frenagem, além de ser fácil e super rápido recarregá-la.

Facilidade de carregamento

O Renault Zoe Conta com um sistema de carregamento que se adaptaa diferentes níveis de potência, o Chameleon Charger™ capta a quantidade máxima de energia disponível, reduzindo o tempo de carregamento através do WallBox, otimizando a sua rotina.

Outros veículos

Embora o Renault Zoe ainda seja literalmente o carro chefe, a empresa deu início a compra de outros veículos, como é o caso do iEV40. 

Fabricado pela Jac, o iEV40 é um dos carros elétricos mais baratos do Brasil. Ele foi desenvolvido em parceria com a Volkswagen na China, e foi apresentado no início de 2019.

O modelo foi totalmente inspirado no SUV T40, também da montadora chinesa. 

Seu motor possui 115 cavalos e 27,5 kgfm de torque. Segundo a montadora, as baterias do seu carro elétrico garante ao veículo uma autonomia de 300 km alcançando 130 km/h.

Entre os carros elétricos no Brasil, o iEV40 já foi o mais acessível. Quando chegou, custaria R$ 129.990, depois passou para R$ 139.990 e, agora, é oferecido por R$ 153.500

Como alugar um carro da Beepbeep? Quanto custa?

A locação de um veículo da Beep Beep é muito simples e é dividida em simples passos que incluem: 

Baixar o app, se cadastrar, locar o veículo e sair rodando. Simples e direto assim. 

Como mencionado anteriormente, um ponto importante sobre a locação dos veículos elétricos da startup são os preços. 

O valor de uma locação com a Beepbeep é muito semelhante aos preços praticados por locadoras de veículos à combustão, transporte por aplicativos e até mesmo transportes públicos. 

Existe uma taxa de locação fixa que é de R$ 9,90. Em seguida, os valores são cobrados por minutos em intervalos de tempos diferentes, conforme a tabela a seguir:

  • Até 3 horas R$ 0,79 por minuto;
  • A partir de 3 horas R$ 0,65 por minuto;
  • A partir de 6 horas R$ 0,35 por minuto;
  • A partir de 12 horas R$ 0,25 por minuto;
  • A partir de 24 horas R$ 0,16 por minuto;
  • A partir de 48 horas R$ 0,15 por minuto. 

Como é fácil perceber, quanto mais tempo você ficar com o veículo, menos pagará por ele. 

Onde usar os veículos da Beepbeep?

Na cidade de São Paulo a Beepbeep trabalha com estações em locais privados.

Você pega o carro em uma estação e pode devolver em qualquer um outra.

As estações concentram-se nas regiões sul e oeste de São Paulo e estão instaladas em algumas unidades do Supermercados St. Marche, em estacionamentos da rede Netpark, em alguns condomínios corporativos administrados pela JLL, além de shoppings como Market Place e JK Iguatemi e hotéis como Tívoli Mofarrej São Paulo, Pullman São Paulo Ibirapuera e Maksoud Plaza Hotel.

Em São José dos Campos a beepbeep opera com uma região delimitada no mapa e estações privadas,que podem ser acessadas pelo aplicativo. 

É possível usar veículos da startup onde você quiser – em todo o território nacional mas só dentro dessa região ou nas estações é possível iniciar e encerrar corridas.

Mas é preciso muita atenção na hora de finalizar a corrida. Só é permitido encerrar corrida:

  • Dentro da região delimitada no mapa;
  • Em vagas públicas, desde que não seja proibido estacionar;
  • Nas nossas vagas exclusivas nas estações beeepbep;
  • Logo, não é permitido encerrar a viagem em locais privados (que não sejam estação da beepbeep), como: farmácias, supermercados, condôminos fechados, shoppings, posto de gasolina e etc.

É possível ainda retirar um veículo em São José dos Campos e devolver em São Paulo e Vice-versa, sem nenhum custo adicional por isso. 

Atenção com a carga da bateria

Outro ponto que precisa de muita atenção por conta dos locatários diz respeito à carga de bateria. 

Se for se movimentar por mais quilômetros do que autonomia disponível no carro verifique se tem um carregador de carro elétrico no seu trajeto e planeje-se com tempo para carregar.

No app estão sinalizadas as estações de carregamento que são liberadas e o tempo de recarga.

Para conforto, comodidade e segurança todos os veículos possuem tag de estacionamentos e pedágios. Você só será cobrado pelo o que usar, no seu cartão de crédito. 

Para alugar um carro com a montadora são necessárias apenas duas coisas: Uma CNH válida e definitiva e um cartão de crédito válido. 

E se acontecer algum acidente durante a locação?

Como é de se imaginar, os veículos da startup são segurados, o que traz tranquilidade tanto para a empresa, quanto para quem está alugando. 

Em caso de acidente ou falha mecânica, basta entrar em contato com a central que você receberá todo o suporte que precisar. 

Os veículos contam com seguro de casco, contra danos, furtos, roubos, incêndios e colisões, até os limites estabelecidos conforme a apólice de seguro vigente.

No caso de alguma batida, acidente, furto ou roubo o usuário terá responsabilidade, independentemente do evento e de culpa, do pagamento da franquia do veículo ou conserto do dano, o que tiver menor custo.

Em caso de acidente, o motorista será responsável até o valor da franquia e caso ultrapasse este valor, incide a taxa de administração de 15%. Cada veículo possui um valor de franquia de R$ 6 mil. 

Como é possível notar, tanto os preços de locação, quanto de seguro são muito semelhantes aos de locadoras tradicionais. 

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre a empresa, deve estar se perguntando: Ok, mas quais são os passos para alugar um veículo elétrico com a Beepbeep e sair dirigindo por aí?

A resposta para essa questão você encontrará clicando no link abaixo que vai te direcionar para um artigo exclusivo mostrando não apenas o passo a passo, mas também as vantagens de alugar um carro com startup. 

Bora conferir?

alugar carro elétrico

Como alugar carro com a Beepbeep?

Saiba quais são os passos para alugar um veículo elétrico com a Beepbeep

Você também pode gostar

content

15 carros que são mais baratos do que um Iphone 11!

Comprar um carro ou um celular? Conheça algumas ótimas opções de Carros mais baratos que um Iphone 11, afinal dirigir é mais divertido!

Continue lendo
content

Fim do motor a combustão: 10 montadoras que vão abandonar a gasolina

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Fim do motor a combustão: 10 montadoras que vão abandonar a gasolina

Continue lendo
content

Prós e contras da Fiat Strada: Saiba como é ter a melhor picape do Brasil

Senhor Carros | Os melhores artigos sobre carros da internet! Prós e contras da Fiat Strada: Saiba como é ter a melhor picape do Brasil

Continue lendo