Artigos

Leilão de carros: 8 dicas infalíveis para saber se um site é seguro

Está pensando em participar de um leilão de carros, mas tem medo de se meter em alguma encrenca? Hoje vamos te mostrar como saber se um site de leilões é seguro!

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

ANÚNCIOS

Participe de leilão de carros seguros

Imagine a seguinte situação: Você guarda dinheiro para participar de um leilão de carros, fecha negócio e depois descobre que foi vítima de um golpe. Infelizmente, ainda existem pessoas que cai nesse tipo de fraude. Por isso é tão importante sempre buscar sites de leiloeiros confiáveis 

Conteúdo Recomendado
Leilão de carros

Conhecer sites de leilões seguros

Conheça sites de leilões seguros onde você pode comprar um carro para chamar de seu sem nenhum tipo de complicação!

A primeira coisa que temos para te falar sobre leilões de veículos é que a compra de carros por essa modalidade é segura e sem nenhum tipo de problema desde que feita com uma empresa que tenha experiência no mercado e seja confiável. 

Nesse momento você pode questionar: Ok, mas como saber se um site de leilão de carros é realmente confiável? 

Existem sim algumas formas de saber se o site em que você está pesquisando é seguro ou não. E é sobre isso que falaremos no artigo de hoje. 

Como você sabe, nós do Senhor Carros estamos aqui para te ajudar a comprar o seu carro da melhor forma possível e a compra por meio de leilão é uma alternativa válida e que vem crescendo. 

Separamos no artigo de hoje oito dicas para que você não caia em nenhum tipo de fraude e consiga comprar o seu carro por meio de um site de leilão seguro. Bora conferir?

Leilão de carros: 8 dicas para saber se um site é seguro

Confira agora 8 dicas importantíssimas para saber se um site de leilão de carros é seguro e não cair em nenhuma tentativa de golpe! 

Dica 8: Confira o endereço do site

A primeira dica já vai ser um teste de atenção. 

Logo ao entrar no site de uma leiloeira você precisa conferir atentamente o endereço do site. 

É preciso que ele seja condizente com a empresa e não apresente nenhum erro de português ou letras fora do lugar. 

Dica 7: Observe a grafia utilizada

A nossa segunda dica também está voltada para a escrita. 

Tome cuidado com sites que tenham a grafia errada, pois pessoas mal-intencionadas podem usar desse tipo de artifício para enganar os compradores e fazê-los pensar que estão em um site verdadeiro. 

Muitas vezes as grafias erradas colocam algumas letras a mais, como por exemplo escrevem leilão de carros com a letra L aparecendo duas vezes (Leillão) ou acrescenta outra letra em algum site famoso e seguro para se passar por ele. 

Por isso, atenção ao português e a grafia utilizada, estamos combinados?

Dica 6: Confira o Selo Leilão Seguro

Como os leilões de carros estão ficando cada vez mais populares e as chances de tentativas de fraudes vêm crescendo, como em muitas outras áreas, os leiloeiros resolveram dar um basta e tentar minimizar fraudes. 

Existe hoje um mecanismo muito importante e funcional para saber se você está em um local seguro. É o selo de Leilão Seguro. 

Selo Leilão Seguro é garantia de tranquilidade!

Para certificar os canais oficiais e combater os sites falsos a ALEIBRAS - Associação de Leiloeiros Oficial do Brasil criou o Selo Leilão Seguro. 

Esse selo está disponível apenas para empresas idôneas e corretas, 

Outra forma de conferir a segurança do site de leilão de carros é por meio do tribunal de justiça do seu estado. 

Para que uma leiloeira funcione no estado, ela precisa de autorização do tribunal de justiça. 

Dica 5: Confira a reputação e semelhança de informações

Busque se existem reclamações em redes sociais ou demais canais, como o Portal Reclame Aqui, por exemplo. 

Desconfie de empresas que se contradizem com números de telefone e aparências diferentes de logotipos. 

Confirme também se a descrição dos anúncios bate com as fotos e se o nome da empresa e o endereço do site estão com a grafia correta. 

A maioria desses detalhes podem passar despercebidos por muita gente. Por isso atenção em tudo o que o estamos falando para você olhar!

Dica 4: Atente-se aos meios de pagamento

A questão dos pagamentos é outro ponto que merece muita atenção! 

Nenhuma leiloeira exige pagamento antes do leilão de carros acontecer, ou seja, não existe venda direta. 

Todos os veículos precisam ir a leilão para que sejam disputados e comprados por quem der o melhor lance. 

Em um leilão você só paga depois e arrematar o carro

Se algum site de leilões pedir pagamento antecipado, caia fora porque é uma verdadeira furada. 

Empresas sérias não enviam boletos nem solicitam pagamentos antecipados pelo Whatsapp. 

Todo o processo de venda, compra e pagamento é realizado de forma exclusiva durante o pregão. 

Desconfie também de notas fiscais que não estão no nome da leiloeira.

Dica 3: Leia o edital com muita atenção

Um leilão de carros é praticamente uma licitação, por isso, é seguro e regulamentado por um edital que deve descrever tudo o que o participante da modalidade precisa saber. 

Esse é um item muito importante, que traz legalidade e segurança para as transações. 

Dessa forma, compare sempre os dados do edital do leilão com o que está sendo divulgado. Se houver diferenças de informações desconfie. 

Dica 2: Tire suas dúvidas

Arrematar um produto em um leilão não deixa de ser uma compra como outra qualquer.

Isso quer dizer que você pode e deve saber de maneira exata e precisa o que está comprando, dentro das limitações que essa forma de compra oferece. 

Tire todas as suas dúvidas antes de dar um lance!

Você também tem o direito de conhecer a empresa leiloeira e a sua reputação!

Caso ainda esteja desconfiado, ligue para a leiloeira e converse com o seu canal de atendimento!

Dica 1: Consulte a lista de sites falsos

E a nossa última dica é a de que você consulte uma lista de sites falsos! Sim existe uma lista com site de leilões de veículos falsos. 

A internet é uma poderosa ferramenta de pesquisa e ajuda todos a serem mais ativos e evitar golpes ou compras que não sejam vantajosas ou lesivas. 

Pensando nisso a ALEIBRAS listou os sites de leilão falsos que aplicam golpes. Para conferir a lista e fazer negócio apenas com sites de leilões confiáveis você só precisa clicar aqui!

Os principais golpes em sites falsos de leilões veiculares

Depois de aprender as principais dicas que você precisa ficar de olho para ter certeza de que o site de leilão é seguro, vamos te mostrar agora aqueles que são os principais golpes praticados nesse tipo de venda.

Pagamento adiantado

Um dos golpes mais comuns e famosos do setor de leilões veiculares é a solicitação do pagamento adiantado por parte do cliente. 

Essa é uma estratégia muito vantajosa para o meliante, pois uma vez que a pessoa se der conta de que existe um problema, ela já estará sem o dinheiro e pouco poderá fazer para reaver essa grana. 

Em empresas sérias, o pagamento só é feito após todo o trâmite do pregão. 

Entrega de carro clonado

Por incrível que possa parecer, mesmo na compra de um item tão valioso e querido, ainda existem empresas que praticam golpes contra a clientela. 

Infelizmente, existem leiloeiras falsas que entregam carros clonados ou até mesmo com multas em aberto. 

Uma instituição séria jamais fará isso, entregando somente veículos dentro da legalidade. 

Sites falsos

E o terceiro golpe mais praticado, como você acabou de ver, são os sites falsos de leilão de carros. 

Hoje a troca da grafia do nome da empresa é uma das fraudes mais praticadas no segmento. 

O pior dessa situação, é que na maioria das vezes quem está tentando enganar compradores tenta se passar por sites seguros como forma de emplacar uma falsa credibilidade. 

Por isso, leia e releia o endereço do site atentamente para conferir se ele está correto evitando todo e qualquer tipo de fraude. 

Conclusão

Com os altos preços praticados pelo mercado de veículos 0 km, e com uma grande disputa entre os veículos usados, muitos brasileiros têm apostado nos leilões para comprar um carro para chamar de seu!

E nós, como sempre, pensando em te ajudar, separamos alguns sites de leilão seguros e confiáveis onde você pode comprar um carro sem nenhum tipo de problema. Para saber quais são é só clicar abaixo!

Conteúdo Recomendado
Leilão de carros

Conhecer sites de leilões seguros

Conheça sites de leilões seguros onde você pode comprar um carro para chamar de seu sem nenhum tipo de complicação!

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Listas

Nacionais que não fazem falta: Os 10 piores carros produzidos no Brasil

Conheça os piores carros produzidos no Brasil e evite-os a todo custo!

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Automóveis despertam uma paixão natural em muita gente e isso pode ser um problema, pois leva muita gente a pensar com a emoção e não com a razão. O fato de ser passional já fez muita gente comprar os piores carros produzidos no Brasil.

Embora passional, o consumidor brasileiro também é exigente. Uma matéria da revista Exame mostrou há anos que as montadoras se preparam para atender clientes cada vez mais exigentes. 

Piores carros produzidos no Brasil

Em tempos de crise muita gente pode acabar vendendo seu carro e comprando um carro usado como forma de manter as contas em dia, mas para isso alguns cuidados devem ser tomados. 

Como forma de refrescar a memória de muita gente e evitar trocas ruins, nós do Senhor Carros fizemos uma lista com aqueles que são os 10 piores carros nacionais já produzidos. 

Para saber quais são eles é só continuar a leitura do artigo de hoje!

Os 10 piores carros produzidos no Brasil

Conheça agora quais são os 10 piores carros produzidos no Brasil.

10. Fiat Marea

Sim! O Marea vai estar em toda lista de carros ruins. O modelo é uma unanimidade quando o assunto é carro problemático e infelizmente o modelo justifica essa horrorosa fama. 

A principal discrepância de qualidade é a necessidade de se tirar o motor por completo para para trocar uma simples correia dentada. Mas os problemas não param por aí.

Fiat Marea
Fiat Marea

Os modelos e versões do Marea tinham alguns erros inaceitáveis de projetos. Ou seja, a FIAT o tratava com um verdadeiro Frankenstein. 

Um exemplo clássico disso é o modelo 2005 que tinha um motor 2.4 de 160 cavalos e um câmbio automático de apenas 4 marchas. Além disso, o Marea é conhecido por explosões e fogo sob o capô. 

Sem sombra de dúvidas é um modelo que merece estar presente em nossa lista. 

9. Fiat Tipo

Na nona posição temos mais um veículo da montadora italiana que ficou famoso pela sua má qualidade. 

Assim como o Marea o Tipo teve a imagem manchada por casos de incêndio. Um problema nas mangueiras do sistema hidráulico da direção, fazia com que um líquido inflamável fosse despejado no motor. 

O Resultado: Fogo! Já pensou estar dirigindo e o carro começar a pegar fogo? Não dá, né?

Fiat Tipo
Fiat Tipo

O Tipo foi lançado em 1988 e até 1991 contava com uma série de opções de motor e potência. Teve até modelo movido a diesel. 

Em 1993 o Tipo passou por uma renovação e ganhou até mesmo uma versão com três portas (muito antes do Veloster). Em 1994 o modelo recebeu melhorias de segurança, até sair de linha em 1995, sendo substituído pelo Bravo. 

Até hoje o Tipo é visto como um dos piores carros produzidos por aqui. Sendo assim você deve evitá-lo a todo custo.

8. Fiat Freemont

Não. Essa lista não tem apenas carros da Fiat. Mas o Freemont é mais um caso que precisa ser citado. Principalmente os modelos mais antigos. 

Embora seja um carro amplo e com bastante espaço sendo uma ótima opção para famílias é mais um exemplar dentre os piores carros brasileiros. 

Fiat Freemont
Fiat Freemont

Muito semelhante ao Dodge Journey quando lançado contava com uma opção de câmbio automático com apenas 4 marchas. Algo que acabava com seu desempenho e aumentava o já alto consumo de combustível.

Se você gosta muito do design e o espaço do Fiat Freemont é um atrativo para você nossa sugestão é que busque as versões mais novas que passaram por melhorias no câmbio, consumo e potência. 

Caso contrário as chances de você passar raiva e virar sócio dos postos de gasolina são grandes.

7. Troller Pantanal

Além de ruim, o Troller Pantanal é um desconhecido de muita gente por conta do seu baixo número de vendas. Apenas 77 unidades foram vendidas, uma verdadeira vergonha. 

Troller Pantanal
Troller Pantanal

O Modelo foi produzido durante os anos de 2006 e 2008 e passou por um recall pelo simples fato de que sua estrutura poderia se desfazer de uma hora para outra enquanto estivesse andando. 

Hoje os modelos são comercializados são vendidos a preços MUITO baratos, mas não caia em tentação. Se você se deparar com um Troller Pantanal à venda você só deve fugir. 

6. Hyundai Veloster

Aqui temos um exemplar que causou muita confusão e sofreu com críticas pesadas da mídia especializada na época em que ainda era vendido. 

O Veloster era bonito e contava com bom acabamento interno e externo. Porém era chamado pela montadora de esportivo. 

Hyundai Veloster
Hyundai Veloster

A Hyundai anunciou que o motor dispunha de 140 cavalos quando na verdade possuía “somente” 128. Muitos proprietários se sentiram lesados e processaram a montadora que precisou pagar multa por propaganda enganosa. 

A falta de potência do motor aliada ao escândalo fez o modelo se tornar um dos piores carros produzidos no Brasil. Afinal ninguém gosta de ser enganado.

5. Lada Laika

O Laika chegou ao Brasil no início da década de 1990 e tinha na confiabilidade mecânica o seu ponto alto. Além disso a tração traseira fazia do modelo uma opção interessante e divertida de dirigir.

Lada Laika
Lada Laika

Entretanto embora fosse produzido no Brasil o modelo foi desenvolvido com tecnologia para rodar com gasolina pura, assim como era na Rússia seu país de origem. Por aqui a gasolina era diluída com etanol e isso acabou com o desempenho do Laika. 

4. Peugeot Hoggar

A Peugeot Hoggar é outro exemplo crônico de carro ruim fabricado em solo nacional. 

A pequena picape foi produzida para brigar com Montana, Saveiro e Strada. Sendo as duas últimas líderes de no segmento. 

Peugeot Hoggar
Peugeot Hoggar

Sem nenhum tipo de experiência anterior no segmento de pequenas picapes a Hoggar se mostrou fraca e com alto consumo de combustível quando estava com a caçamba carregada. 

Além disso muitos exemplares sofrem um desgaste precoce na suspensão. O que aumenta os gastos dos proprietários com manutenção muito antes do considerado ideal. Por isso é um modelo com lugar cativo em nossa lista. 

3. Citroen Xantia

Muito do receio que os brasileiros possuem com os carros da Citroen é proveniente de tempos antigos e o Xantia tem sua parcela de culpa nisso. 

O Xantia era considerado um carro à frente do seu tempo quando foi produzido. Com uma ampla gama de itens de série até agradava em um primeiro momento. Mas se seus proprietários precisassem de mão de obra especializada estavam literalmente perdidos.

Citroen Xantia
Citroen Xantia

Com tecnologia alta para a época e com componentes sofisticados eram poucos o que sabiam mexer nos seus sistemas elétricos e hidráulicos. E isso fazia qualquer tipo de reparo se tornar uma fortuna! 

Além do mais seus motores eram fracos para época quando comparados aos concorrentes nacionais já consolidados como era o caso do Volkswagen e Chevrolet, por exemplo. 

2. Simca Chambord

A Simca era uma montadora francesa que produziu carros no Brasil entre as décadas de 50 e 60. 

A montadora quis trazer aos brasileiros veículos com linhas americanas e conseguiu! Pelo menos em teremos de visual. 

Simca Chambord
Simca Chambord

O Simca Chambord que ganhou até música era bonito e espaçoso mas não andava nada. O modelo que era pesado possuía sob o capô um motor V8 com míseros 80 cavalos que era insuficiente para empurrar nas ruas e estradas. 

Nos dias atuais até mesmo os colecionadores fogem do Simca Chambord e o consideram um dos piores carros já produzidos em terras nacionais 

1. Gurgel BR 800

E como não poderia faltar temos também o Gurgel. 

Lançado em 1987 o Gurgel BR 800 tinha uma proposta louvável: ser um modelo barato, popular e 100% nacional. 

Na época o objetivo era fazer com que o modelo não custasse mais de 3 mil dólares. Mas por conta de uma série de problemas fiscais o modelo acabou sendo lançado na média dos 7 mil dólares. 

Gurgel BR 800
Gurgel BR 800

Apelidado de feinho até hoje, o modelo rodava incríveis 25 km por litro, não tinha correias e dispunha de refrigeração à água. No entanto não deslanchou em vendas. 

Sua performance era ruim e seu preço ficou muito semelhante aos de concorrentes da época, como é o caso do Uno Mille. Assim, o BR 800 é considerado por muitos até hoje como um dos piores carros produzidos no Brasil. 

Conclusão

Agora queremos saber a sua opinião. Concorda ou discorda com a nossa lista? Deixe um comentário contando quais são os seus motivos. 

Depois de conhecer os piores carros produzidos no Brasil, que tal conhecer modelos raros produzidos aqui que você nem sabia que existiam? Para saber quais são eles é só clicar no botão abaixo.

Continuar Lendo

Em Alta