Artigos

Comprar carro no cartão de crédito: vale à pena?

por

Maria Eduarda

Publicado em

| Atualizado em

Comprar um carro é o sonho de qualquer brasileiro. Ele traz liberdade de ir e vir, praticidade e comodidade também. Entretanto, nem sempre é possível planejar sua vida financeira para um pagamento à vista, não é mesmo? E, sabemos que financiamentos podem ser complicados. Mas, algumas concessionárias permitem comprar carro no cartão de crédito, você sabia?

É possível comprar carro no cartão de crédito em alguns casos e quitar o valor com poucas parcelas. O cartão surge como um grande facilitador, realmente. Mas, depende de alguns fatores, como: valor do automóvel, limite disponível no cartão de crédito, condições da loja ou concessionária escolhida, dentre outros. 

Com tantos fatores e sendo um assunto um pouco desconhecido para a maioria, é natural surgirem dúvidas de como comprar carro no cartão de crédito. E se, de fato, vale à pena. O cartão de crédito é uma boa opção ou uma “furada” para o comprador? Veremos ao longo do post de hoje.

comprar carro no cartão de crédito
ANÚNCIOS

Comprar carro no cartão de crédito ajuda o comprador

A transformação digital gerou benefícios em muitos setores. E, no de bens e serviços não foi diferente. Agora, é possível comprar carrão no cartão de crédito. O que, muitas vezes, é uma opção bem mais viável para o comprador do que um pagamento à vista ou financiado. É possível até mesmo realizar um parcelamento. 

Faz-se necessário, contudo, avaliar sua vida financeira e também seu planejamento financeiro a longo prazo. Afinal, é preciso saber se comprar carro no cartão de crédito vale à pena para você. 

As concessionárias, de fato, liberam a compra em alguns casos e até mesmo permitem o parcelamento de parte do valor. Em geral, elas aceitam em torno de 10% do valor do carro de entrada e permitem que o restante seja parcelado. 

Se você deseja realizar o parcelamento da compra do carro no cartão de crédito sem juros, deve considerar não comprometer mais do que 10 parcelas. Além disso, cabe ressaltar que o valor da parcela não deve ultrapassar o limite de R$ 10 mil reais. 

parcelamento compra de carro no cartão de crédito

Condições das concessionárias e lojas para comprar um carro no cartão de crédito

As oportunidades são diversas. Com ofertas exclusivas e promoções. Não é nem um pouco difícil encontrar uma concessionária ou loja especializada que permita a comercialização de veículos pelo cartão de crédito. 

No entanto, conforme já afirmamos, as condições para realizar tal compra são: pagamento à vista de 10% do valor total do carro. E, então, o restante pode ser parcelado. 

Isso ocorre porque ao comprar o carro no cartão de crédito de forma integral, a taxação de juros pode ficar bem mais cara para o bolso de quem está comprando. Por isso também a recomendação de apenas dez parcelas. 

E nem adianta você querer parcelar em mais vezes. Algumas instituições financeiras estabelecem este limite para que não haja cobrança de juros. É uma proteção para o próprio consumidor, que muitas vezes se deixa levar pela emoção de concretizar seu sonho de comprar um veículo e parcelar em mais vezes do que seu orçamento familiar permite.

seguro de carro

Contratação de seguro de carro

Depois da aquisição do seu carro, todo mundo sabe que o próximo passo lógico – e mais inteligente, é contratar o seguro de carro para sua própria proteção. 

Em se tratando deste tema, a compra de um carro com cartão de crédito é uma ótima opção. É bastante benéfica. Isso porque algumas seguradoras oferecem condições bem especiais e mais flexíveis para quem faz o parcelamento do bem adquirido. 

Para entender melhor sobre esta opção, faz-se necessário contatar um especialista. Assim, você poderá realizar a cotação do seguro e escolher aquele que melhor atende às suas necessidades. 

taxas de juros ao comprar veículo no cartão de crédito

Quais são as taxas de juros ao comprar veículo no cartão de crédito?

Primeiramente, você deve ter bem claro em sua mente que para comprar carro no cartão de crédito exige que se cumpra certas condições. Sendo assim, será realizada uma análise de crédito e do seu perfil como comprador. Isso fará com que você possa analisar a taxa de juros tanto a curto quanto a médio prazo que é oferecida para sua compra. 

Em algumas concessionária se lojas especializadas, como você agora sabe, é possível realizar a compra de um veículo sem juros se respeitada certa quantidade de parcelas. 

Nestas situações, a compra por cartão de crédito se torna muito mais vantajosa do que um financiamento realizado em uma instituição financeira, por exemplo. Afinal, os juros acabam sendo muito mais altos. 

Entretanto, mesmo quando a compra de um carro pelo cartão de crédito pareça mais vantajosa na teoria, é preciso verificar alguns pontos, como: atraso no pagamento do cartão de crédito e benefícios que podem ser perdidos com esse atraso. 

A taxa de juros de um cartão de crédito tem o valor aproximado de 298,6% ao ano. É uma taxa extremamente alta e pode gerar um prejuízo absurdo para o comprador de adquirir carro no cartão de crédito. 

Em contrapartida, a taxa de juros média de um financiamento de um carro é de 1,5% ao mês em instituições financeiras. E, aproximadamente 19% ano ano. Mas, se você realizar a compra através de um cartão de crédito, não haverá cobrança de juros, dependendo das condições da concessionária escolhida. E a possibilidade de parcelar em até dez vezes. 

Como conclusão, pode-se dizer que comprar carro no cartão de crédito vale à pena, sim. Mas se você o fizer nas condições de taxa de juros zero. Pense bem: a taxa de juros do cartão de crédito é de 298,6% ao ano! E se você financiá-lo em um banco sairá muito mais barato. 

Portanto, nesta comparação, não se trata tanto de valores e sim da sua capacidade de pagamento mensal sem atrasos. Além disso, você deverá ficar atento a outros fatores que abordaremos em seguida.

 limite do cartão de crédito

Cuidado com o limite do cartão de crédito

O primeiro fator a ser levado em consideração na aquisição de um carro no cartão de crédito é o limite de tal cartão. Se você, por exemplo, possui o limite de R$15.000 reais e utiliza esse limite para uma compra parcelada, então você terá consumido todo o valor disponível do seu cartão. Assim, não poderá utilizá-lo até ter quitado as parcelas. A cada parcela quitada, o valor vai retornando ao seu limite. 

Portanto, se você optar por comprar carro no cartão de crédito, então você precisa estar atento de que não poderá utilizá-lo no curto e médio prazo. Sendo assim, organize seu orçamento familiar.  

Se você tem o costume de utilizar o cartão de crédito para comprar de alimentação, combustível, educação, dentre outras despesas, precisa verificar se vale à pena comprometer o seu limite na compra de um veículo. Ou, se é melhor realizar um pagamento à vista planejado ou um financiamento junto à uma instituição financeira. Afinal, o valor de um carro é alto e é preciso planejamento financeiro para tal compra.

Atenção ao valor das parcelas

Atenção ao valor das parcelas

O segundo fator a ser levado em consideração ao comprar carro no cartão de crédito se trata do valor das parcelas. Os cartões de crédito possibilitam o parcelamento em até 12 vezes. Sendo assim, dependendo do valor do automóvel e das condições oferecidas pela concessionária, e de quanto você dará de entrada, o valor da parcela do cartão de crédito pode ser mais barata ou mais caro do que um financiamento. 

Afinal, em um financiamento de carro, é possível parcelar em 24, 36 ou 48 vezes, dependendo do modelo do carro, do seu perfil de crédito e da instituição bancária escolhida. 

Sendo assim, faça o cálculo do valor das prestações para ambos os cenários. Depois, avalie qual é a melhor escolha para o seu orçamento familiar. Lembre-se que o atraso no pagamento do cartão de crédito pode custar muito caro para você. E que entrar no crédito rotativo, ao realizar o pagamento mínimo do cartão, irá gerar muito mais juros do que se você tivesse optado por um financiamento. A chance de você entrar no superendividamento é bem grande. 

Seja cauteloso. 

Mas, se também considere qual o montante será pago à vista e o valor das parcelas. Afinal, é possível que o valor de 10 prestações sem juros caibam no seu bolso tranquilamente. Ou, se você realizar um planejamento financeiro bem alinhado é possível realizar uma compra bem vantajosa através do cartão de crédito. E, ainda por cima, obter condições flexíveis na contratação do seguro de carro.

Escolhendo entre cartão de crédito e financiamento bancário

Escolhendo entre cartão de crédito e financiamento bancário

Ok, agora você ficou um pouco em dúvida entre o cartão de crédito e o financiamento bancário, não é mesmo?

Afinal, ambas parecem boas opções para você neste momento. 

Mas, não se preocupe! Temos uma boa notícia: é possível utilizar ambas modalidades na compra do seu veículo. 

Você pode realizar o parcelamento da entrada no cartão de crédito e financiar o restante do valor com o banco. Essa é uma estratégia bem inteligente para reduzir os juros cobrados no financiamento e não correr o risco de se endividar no cartão de crédito. 

Apenas atente-se para conciliar o pagamento da parcela do cartão de crédito e da parcela do financiamento em dia. Tenha consciência de que você terá dois compromissos financeiros e eles precisam estar provisionados no seu orçamento familiar. 

Outro benefício em comprar veículo no cartão de crédito

Outros benefícios em comprar carro no cartão de crédito

Além da redução da taxa de juros no pagamento em dia das parcelas no cartão de crédito e condições especiais na hora de contratar o seguro auto. E não ter seu nome vinculado a um financiamento – o que pode te impossibilitar de comprar um imóvel, por exemplo, por conta do perfil de crédito, existem outros benefícios. 

O carro adquirido já estará no seu nome. Ou seja, será seu e não de uma instituição financeira. Isso facilita bastante na hora de revendê-lo – no caso de algum imprevisto financeiro. E também caso você queira alugar um imóvel e não tenha fiador. O carro é considerado um bem e pode te ajudar bastante nesta hora. 

O não pagamento também não resulta na tomada do veículo, que pode ocorrer no caso do financiamento. Sim, você pagará mais juros, mas não correrá o risco de perder o bem. E, assim, poderá revendê-lo ou renegociar as parcelas do cartão de crédito. 

compra de carro

Qual cartão o Senhor Carros recomenda para isso?

O Cartão de Crédito Porto Seguro acumula pontos para trocar por mais descontos em serviços e produtos Porto Seguro, como desconto na contratação de seguro para automóveis.

O cliente que possui o cartão de crédito Porto Seguro consegue comprar um carro com seu cartão. E o melhor, a compra não reduz o limite do cartão.

Confira também: 7 respostas sobre o Cartão Porto Seguro!

Então, vale à pena?

Em resumo, comprar carro no cartão de crédito pode valer bastante à pena. Mas é preciso tomar certos cuidados e ter cautela. 

Analisar o seu orçamento familiar e as opções de pagamento à vista e financiamento são fundamentais. 

Também é preciso antever a probabilidade de atraso no pagamento de cartão de crédito. Se você for um pagador que ocasionalmente atrasa o pagamento ou realiza o pagamento mínimo e cai no crédito rotativo, comprar um veículo com cartão de crédito provavelmente não é uma opção para você. 

Além disso, se o valor das parcelas – por ser em menor quantidade, forem muito pesadas. Também é preciso rever a opção escolhida. 

Caso você consiga se planejar para um pagamento à vista também reveja sua escolha. 

Mas, se você não tem todo o valor necessário de entrada para o caso de um financiamento e nem o valor total para o pagamento à vista, comprar no cartão de crédito vale à pena. 

Atente-se ao seu limite e ao valor das parcelas oferecidas pela concessionária. Além disso, verifique se, de fato, não será cobrada uma taxa de juros ou qualquer despesa a mais não prevista. Assim, você estará bem calçado para sua escolha.

Guia completo de como economizar no seguro de carro.

Agora que você sabe que existe a possibilidade de comprar carro no cartão de crédito, é interessante entender melhor sobre a contratação de seguro de carro.

Para isso, você deve contar com a expertise de um bom corretor. Ele te ajudará na simulação de compra do carro, na cotação de seguro e na análise de riscos e de coberturas a serem contratadas.

Além disso, ele te mostrará os diversos tipos de seguros existentes e quais são as franquias disponíveis.

A parte de condutores adicionais e também do preenchimento do formulário de risco pode ser mais complicada. Além da questão de estacionamento, planejamento financeiro, rastreador e forma de pagamento.

São diversos fatores a serem levados em consideração antes mesmo de comprar carro no cartão de crédito. Por isso, também recomendamos que você entenda sobre o seguro de carro.

Confira o Guia completo de como economizar no seguro de carro.

Artigos

Os carros para evitar de comprar em 2020. Confira!

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

carros para evitar comprar em 2020

Pensando em trocar de carro? Quais são os carros que você deve evitar esse ano, já se perguntou sobre isso? Sabe-se que a paixão dos brasileiros por carros é muito grande, e como já diria o velho ditado: O amor pode acabar nos cegando, e isso é muito verdadeiro, principalmente quando é adaptado ao universo automotivo, afinal, quando se gosta de algum modelo, existe a grande possibilidade de não se atentar a alguns detalhes que podem ser tornar uma grande dor de cabeça, como ausência de peças, mecânica defasada e valor de seguro, por exemplo.

Foi pensando em te dar uma mão para que você acerte na sua escolha, que escrevemos esse artigo, onde você vai descobrir quais são os carros para evitar comprar em 2020. Confira nossa lista a seguir e nos diga por email o que achou.

Os principais carros para evitar comprar em 2020. Confira!

Saiba quais são os principais carros para evitar comprar em 2020.

15. Lifan X 60 

Embora conte com um custo-benefício absurdo, com valores partindo de R$ 70 mil, e repleto de equipamentos de série, como câmera de ré, luzes diurnas, Isofix, Central multimídia com GPS, bancos de couro e muitos outros, você pode se perguntar: Mas por qual motivo ele está na lista dos carros para evitar comprar em 2020? 

A resposta é simples. A Lifan possui poucas revendas e o modelo é famoso por manutenções caras. Some-se a isso a pouca liquidez, que desvaloriza o carro no momento da venda e pronto. Temos a receita do desastre. 

Lifan x60
Lifan X60

14. Nissan March 

Embora seja um veículo bem interessante, existem rumores de que o compacto da montadora japonesa esteja com os dias contados, uma vez que a aposta da empresa para o mercado brasileiro é nova geração do Versa. 

Com as chances de sair de linha, e com valores um pouco elevados, partindo de cerca de R$ 51 mil e R$ 65 mil para as versões S.10 e SL1.6, respectivamente, o Nissan March, certamente é um dos carros para se evitar de comprar em 2020.

Nissan March
Nissan March

13. Volkswagen Fox 

Com a chegada do Up e do Polo, o Fox acabou ficando meio perdido no mercado, a montadora alemã, acabou criando um verdadeiro dilema entre os seus apreciadores. 

Atualmente, o Fox é vendido somente em duas versões, a Connect e a Xtreme, com valores na faixa de R$ 51 mil e R$ 56 mil. No entanto, o modernizado Polo, possui valores que partem de R$ 53 mil. 

Além disso, com a provável chegada da nova geração do gol em 2021, há quem diga que o a produção do Fox pode acabar. Por via das dúvidas, o Fox é mais um dos carros para evitar comprar em 2020.

Volkswagen Fox
Volkswagen Fox

12. Mitsubishi ASX 

O Mitsubishi ASX é um exemplo clássico de modelo que estacionou no tempo. Produzido a quase uma década sob a mesma plataforma e mesmo como duas reestilizações, o modelo carrega um design ultrapassado em relação aos seus rivais e até os outros modelos da montadora. 

O motor 2.0 flex não empolga, o acabamento é relativamente simples e o pós-venda é desanimador. Além disso, seus concorrente, como Jeeps Compass e o Volkswagen Tiguan possui valores mais atrativos e são considerados veículos com melhor custo-benefício.

Se o Mitsubishi ASX estava em sua lista de compras para 2020, é melhor você riscá-lo fora.

Mitsubishi ASX
Mitsubishi ASX

11. Chery QQ

O Chery QQ continua com o título de veículo mais barato do Brasil, com preços que se iniciam na faixa dos R$ 25 mil, porém sem alguns itens de série. Embora o valor seja um chamariz, o modelo possui uma estrutura simples e frágil e seu motor 1.0 é considerado fraco e de manutenção complicado.

Apesar da montadora negar, algumas concessionárias, ainda em julho de 2019 afirmaram que o modelo vai ter a produção encerrada,e sua fabricação, que era feita em Jacareí (SP) será ocupada pelos novos veículos elétricos da Caoa Chery.

Sem uma previsão clara de futuro, ao invés de investir em um QQ, é mais vantajoso comprar um compacto seminovo com pouco uso e com itens de série. Dessa forma, o Chery QQ é mais um dos carros para evitar comprar em 2020.

Chery QQ
Chery QQ

10. Fiat Grand Siena 

Embora seja um carro bacana, ele peca principalmente no preço. Partindo de R$ 50 mil com motorização 1.0 e R$ 55 mil na versão 1.4. A questão é que é possível encontrar concorrentes que são mais econômicos, e contam com uma grande variedade de itens de série que não oferecidos pelo sedã italiano. 

O Cronos, modelo da mesma montadora, parte de R$ 56 mil, equipado com motorização moderna 1.3 e segundo especialistas, muito mais divertido de dirigir. Sendo assim, é melhor considerar o Grand Siena, como carta fora do baralho.

Fiat Grand Siena
Fiat Grand Siena

9. Citroen C3

O Citroen C3 é um verdadeiro sucesso da montadora francesa por contar com um acabamento de alta e qualidade e itens de série realmente interessantes, no entanto, seu futuro aqui no Brasil ainda é incerto. Isso porque a Citroen enxugou a linha e disponibiliza no momento apenas três versões, precisando que se desembolse cerca de R$ 55 mil para o modelo de entrada. A versão top de linha, hoje custa R$ 71 mil.

Com um futuro incerto, e valores elevados, é mais seguro buscar outras opções, até mesmo dentro da própria montadora, como é o caso do Citroen C4 Cactus, considerado mais moderno e divertido de dirigir, com valores partindo de R$ 75 mil. Infelizmente, o Citroen C3 é mais um dos carros para evitar comprar em 2020.

Citroen C3
Citroen C3

8. Ford EcoSport Run Flat 

Muitos brasileiros ainda colocam a estética do veículo antes da usabilidade e isso fez com que a Ford tirasse o estepe da traseira do EcoSport, acrescentando um kit de reparo de pneus do tipo run flat para sua linha 2020. Dessa forma, caso um pneu fure, o proprietário pode rodar no máximo 200 km com uma velocidade máxima de 80 km/h. 

Trata-se de uma inovação que causa um certo receio, afinal, com a ausência do estepe, o cliente pode equipar o veículo, apenas com pneus do tipo run flat, que são bem mais caros que os convencionais. Além disso, substituir os pneus por modelos convencionais não é permitido no caso do EcoSport Run Flat, que não pode rodar sem estepe e pneus convencionais por conta de sua homologação. 

Ford EcoSport Run Flat
Ford EcoSport Run Flat

7. Chevrolet Cobalt 

Com o lançamento do Onix Plus, o Cobalt automaticamente perde grande espaço dentro da linha de veículos da Chevrolet. Embora o modelo permaneça no site da montadora e ainda exista um estoque de carros disponíveis para vendas, concessionárias já afirmaram que o modelo sai de linha em 2020.

Quando os estoques acabarem, o fim do modelo estará sacramentado. Já seu irmão menor, o Joy Plus, ganha sobrevida no mercado. Dessa forma, o Chevrolet Cobalt é mais um dos carros para evitar comprar em 2020.

Chevrolet Cobalt
Chevrolet Cobalt

6. Honda CR-V 

O SUV japonês está longe de ser um carro ruim, muito pelo contrário. Trata-se de um veículo repleto de qualidades, mas o que atrapalha é o seu preço, que parte de R$ 189 mil.

Mesmo com tração integral e motor turbo 1.5 de 190 cavalos, é possível encontrar concorrentes mais potentes com valores mais atrativos, como o Volkswagen Tiguan R-Line, por exemplo. Além disso, sabe-se que o CR-V sofre uma considerável desvalorização no momento de venda, fazendo com que seja colocado na nossa lista de carros para evitar comprar em 2020. 

Honda CR-V
Honda CR-V 

5. Peugeot 208 

O Peugeot 208 é o carro chefe da montadora francesa no Brasil e vai ganhar uma nova linhagem por aqui. O modelo será igual ao europeu que foi lançado em 2019. As vendas devem começar no segundo semestre. 

A atual geração, ainda é fabricada no Brasil, em Porto Real - RJ. Já a nova versão do 208, será produzida em El Palomar na Argentina e será importado para o Brasil, através de benefícios comerciais assegurados pelo acordo do Mercosul. 

Por isso, se você está pensando em comprar o modelo, é melhor esperar pela chegada e lançamento da nova linhagem. 

Peugeot 208
Peugeot 208

4. Hyundai ix35

O Hyundai ix35 é mais um na lista dos carros para evitar comprar em 2020 por conta de seu futuro nebuloso. O SUV da Hyundai tem vendas cada vez mais discretas. Em 2019, não foram emplacadas nem 6 mil unidades. Para piorar a situação, o ix35 sofre concorrência interna direta do Creta, que é menor, porém, mais moderno e com preços semelhantes. 

O Hyundai ix35 só permanece em produção por conta do contrato da Hyundai com a Caoa, e esse é outro ponto delicado, pois a montadora sul-coreana já afirmou que não irá renová-lo. O caso acabou na justiça alemã, em um tribunal em Frankfurt. 

Atualmente o ix35 é o único automóvel montado na fábrica operada pela empresa brasileira em Goiás. Se você tinha planos de comprar esse SUV, é melhor você escolher outro modelo. 

Hyundai ix35
Hyundai ix35

3. Honda Fit 

A nova geração do Fit foi apresentada no último salão de tóquio e tem previsão de chegada no Brasil nesse segundo semestre. Embora tenha sido completamente reformulado, o utilitário mantém foco no aproveitamento de espaço e praticidade. 

O novo modelo, terá motor turbo, com três cilindros e injeção direta. o câmbio será um CVT automático. Uma versão híbrida também é esperada. Por isso, não é hora de comprar um Honda Fit, pois você provavelmente ficará com um mico nas mãos. 

Honda Fit
Honda Fit

2. Volkswagen Space Fox

A perua da montadora alemã nunca conseguiu substituir à altura suas antecessoras, a Santana quantum e a Parati. Seu motor sempre foi considerado fraco para o peso total da carroceria. 

Sua produção era feita na Argentina e seu fim foi confirmado oficialmente. Com preços partindo de R$ 66 mil, a perua se despede com uma versão de acesso com motor 1.6 com câmbio manual ou automático. 

Embora nunca tenha sido uma boa compra, agora, mais do que nunca, a Space Fox é um dos carros para evitar comprar em 2020.

Volkswagen Space Fox
Volkswagen Space Fox

1. Mitsubishi Lancer 

Já faz tempo que o sedã médio japonês está ameaçado de extinção, mesmo com uma atualização recente em Taiwan, o modelo não se firma no mercado brasileiro. 

No ano de 2019, suas vendas foram pequenas e mesmo com 10 anos de estrada, o Lancer fica desatualizado perante aos seus rivais. Essa ausência de novidades, aliada às baixas vendas levantam dúvidas sobre a sobrevivência do modelo por mais tempo, o fazendo figurar na lista dos carros para evitar comprar em 2020.

Mitsubishi Lancer
Mitsubishi Lancer

Gostou? Continue lendo abaixo!

Continuar Lendo

Em Alta