Artigos

Evolução do Volkswagen Golf: De Carro Popular a Referência Elétrica

por

Senhor Carros

Publicado em

Quando uma montadora fabrica um carro e ele tem bons resultados a esperança é que surjam novas versões, atualizadas e melhoradas do modelo em questão. Existem carros que criaram uma trajetória memorável no mercado e se tornaram ícone dos automotores. Hoje, apresentamos a vocês, o novo quadro do Senhor Carros, o “Evolução dos Carros”. Nós iremos mostrar a evolução de carros memoráveis que alavancaram o mercado automotivo, começando com o ilustre Volkswagen Golf, que tem uma excelente presença no mercado, se mantendo firme e representando a Volkswagen. 

Continue lendo e confira a evolução do Volkswagen Golf: de carro popular a referência elétrica!

ANÚNCIOS

Origem

O Volkswagen Golf foi lançado no mercado europeu em 1974, chegou no mercado brasileiro em 1995, quando já estava em sua terceira geração. Talvez poucos saibam disso, mas o Golf é o sucessor do majestoso Fusca, então a pressão era tremenda para o Golf, já que o Fusca era o carro mais vendido da Volkswagen. O nome (Golf) é originalizado alusivo ao desporto, como o carro, que refere não somente a desportividade, mas também o requinte.

  • evolução dos carros
  • evolução dos carros

Desde que chegou no mercado brasileiro o Volkswagen Golf encontrou seu espaço, em pouco tempo se tornou um dos principais carros da montadora aqui no Brasil e um dos veículos mais vendidos do país. Ele foi um dos primeiros hatchbacks com tração dianteira, passava seus concorrentes, que na época eram o Peugeot 308, que era muito bem aclamado na Europa, o Citroën C4, Citroën C4L que ganhou o prêmio “CAR Awards 2014” e o Renault Megane, que ganhou “Carro do Ano na Europa 2003”.

Gerações

A primeira geração do Volkswagen Golf, intitulada de Golf MK1, era a cara dos anos 70. A Volkswagen conseguiu surpreender o mercado com um carro novo pós Fusca, deixando concorrentes como Morris Mini, Honda N360 e Fiat 128 para trás, devido ao pouco sucesso nos Estados Unidos. O modelo desde o princípio possuía sua autenticidade, com uma lataria e detalhes de design que só quem era nascido recorda. 

evolução dos carros
Volkswagen Golf – Primeira Geração

Depois que o Volkswagen Golf MK1 fez um sucesso grandioso no mercado europeu, chegou a segunda geração do Golf em 1984, 10 anos depois do lançamento da primeira versão. Com injeção eletrônica Bosch K-Jetronic (CIS), logo surgiu o primeiro GTi, que fazia 129 cv na versão norte-americana e 139 cv na versão europeia com motor 1.8 16v. A versão teve produção até 1993.

evolução dos carros
Volkswagen Golf – Segunda Geração

A terceira geração surgiu antes mesmo da segunda sair de linha, em 1991 o Golf MK3 já estava sendo produzido, e foi lançado em 1992, tendo comercialização brasileira dos modelos GL (1.8) e GLX (2.0), além do VR6 2.8 e GTi (2.0 8v dotado de fluxo cruzado de admissão). Enquanto na Europa foi comercializado um modelo a mais do Golf, o GTi 2.0. Na terceira geração do Golf já dava pra imaginar a evolução dos carros ocorrer com esse modelo. 

Volkswagen Golf – Terceira Geração

A quarta geração do Golf passou por tremendas mudanças mecânicas, deixando o Golf com uma postura diferente. Intitulado de Golf MK4, o carro sofreu alterações em seus motores, em quase todas as suas versões. Foi comercializado no Brasil como Golf TotalFlex 1.6 e a versão GTi 1.8 deixou de ser produzida e comercializada no Brasil. Foram muitas mudanças no Golf 4º geração, mudanças que fazem parte da evolução dos carros. A fabricação do Golf MK4 durou até 2006.

Volkswagen Golf – Quarta Geração

Foi lançado na Europa a quinta versão do Volkswagen Golf em 2003, bem antes de acabar a produção da quarta. Ela possui diferentes versões, com motores 1.4 FSI 90cv, 1.4 16V de 80cv e 1.4 TSI de 140cv e 170cv. Esta geração não foi comercializada no Brasil e teve finalização da produção em 2009.

Volkswagen Golf – Quinta Geração

Lançada em Portugal desde 2008, a sexta geração do Volkswagen Golf começou a ter o visual moderno que conhecemos hoje. Com uma frente mais desportiva e atual, bem atraente. Um carro que é belo e com excelente mecânica, e quem tem o desejo de dirigir terá que ir até à Europa. Com a evolução dos carros e a tecnologia avançando, o Brasil ainda não suporta tanta coisa assim.

Volkswagen Golf – Sexta Geração

Finalmente o Golf voltou para as vias brasileiras. Com a sétima geração, iniciada em 2012 e comercializada aqui desde 2014, a Volkswagen lança uma geração com estilo e diversos detalhes e melhorias. A sétima geração tem um porta-malas amplo comparado com as antigas, com 380 litros de espaço. O Volkswagen Golf possui três versões, Highline de 1.4 TSI de 140 cv, tem a Confortline MSI de 120 cv e a mais cara GTI 2.0 TSI de 220 cv.

Volkswagen Golf – Sétima Geração

  Especificações

O Golf é um carro com forte presença na Europa, principalmente na Alemanha, onde é a sua origem. Uma das novidades do Golf é sua motorização, que conta com motores common rail (os antigos eram bomba injectora). Além do mais, o Volkswagen Golf tirou nota B no Selo Conpet do Inmetro, o que é excelente. 

O nível de conforto acústico e os níveis de insonorização suprem todas as barreiras da classe. Um modelo que tem volante derivado do Passat CC, com detalhes do alumínio escovado, deixa a impressão de que está a bordo de um veículo de segmento superior. Acompanhando a evolução dos carros, a Volkswagen deixou o Golf um carro muito confortável, elegante e moderno.

Volkswagen Golf Interno

Falando de segurança, o Volkswagen Golf possui o ACC, Controle de Distância Automático e outros sistemas de assistência à condução como “Park Assist”, função de estacionamento automático e também chassis adaptativos (DCC). Fatores que deixam o Volkswagen Golf com um alto nível de segurança. 

O Golf vive não só a evolução dos carros, mas também da tecnologia. Com equipamentos de seguranças precisos, contando com 7 airbags de respostas imediatas em todo seu campo de ação, com luzes de presença diurnas e sistema de detecção de cinto de segurança nos lugares traseiros. 

Prêmios e Detalhes

O Volkswagen Golf não é o nosso primeiro carro do quadro “Evolução dos Carros” à toa, ele é de alta qualidade, e por isso iremos mostrar alguns prêmios que ele possui e também algumas curiosidades. Se você lembrar, saberá que o Golf não teve muita presença aqui no Brasil, mas o pouco que teve já foi o suficiente para ganhar o primeiro prêmio da nossa listagem:

  • Carro do Ano em 2014
  • North American Car of the Year 2015 (Carro do ano Norte-americano)
  • Hatchback do Ano EUA 2019
  • Best of 2018
  • Best Cars 2015
  • Imprensa Automotiva 2016
  • World Car of The Year 2009

Prosseguindo com a evolução dos carros citando o Volkswagen Golf, iremos mostrar alguns detalhes e curiosidades incríveis que esse modelo tem. Estes foram apenas alguns dos prêmios que ele ganhou. O Golf é, atualmente, o carro de maior sucesso e vendas na história da Volkswagen, superando até o lendário Fusca, veículo que substituiu na Europa na década de 1970.

Bem antes mesmo de ser papa, o ex papa Bento XVI teve um Volkswagen Golf, na época que ainda era cardeal, veja a foto abaixo:

Volkswagen Golf do Papa

A Volkswagen tem grandes promessas para o Volkswagen Fusca, com lançamentos de híbridos recentes que irão alavancar a montadora.

Futuro

Recentemente, meados 2019/2020, a Volkswagen anunciou a chegada de dois veículos extremamente inovadores no mercado, que como foi dito acima, irão alavancar a marca alemã, um feito completamente aperfeiçoado pela evolução dos carros. O primeiro é o Volkswagen Golf, um híbrido que combina o motor 1.4 TSI de 150 cv (em versão a gasolina) a outro motor elétrico com potência de 102 cv. Pode ser carregada em tomadas e demora 3 horas e 45 minutos para carregar em uma tomada de 220 volts. Com a carga no máximo, ele roda 50km usando apenas energia. A autonomia combinada chega até 939 km.

Volkswagen Golf GTE

Agora o e-Golf é 100% elétrico, o motor gera 136 cv de potência e ele oferece autonomia de 300 km se o pack de baterias estiver carregado. Ele tem um tempo de carga total em torno de 6 horas em tomadas de alta voltagem de acordo com a montadora. O veículo não possui saída de descarga, é totalmente elétrico, totalmente futurístico. Uma grande evolução dos carros, uma tremenda evolução da Volkswagen, e claro, do meio ambiente.

Volkswagen e-Golf

Todas as versões 

  • evolução dos carros
  • evolução dos carros
  • evolução dos carros
  • evolução dos carros
  • evolução dos carros
  • evolução dos carros
  • evolução dos carros
  • evolução dos carros

Listas

Prós e contras do Jeep Renegade: conheça os detalhes do modelo

A exemplo de muitos veículos no mercado o Jeep Renegade possui prós e contras, a boa notícia é que o exemplar possui mais benefícios do que malefícios, o que faz dele sem sombra de dúvidas uma boa compra.

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Prós e contras do Jeep Renegade que devem ser levados em consideração

Existem muitos prós e contras do Jeep Renegade. No entanto, quando elas são enfileiradas é possível notar que há muito mais pontos positivos em destaque do que pontos negativos, o que nos leva a crer que o modelo é uma boa opção de compra para aqueles que estão em busca de um SUV para chamar de seu.

Prós e contras do Jeep Renegade

O time de especialistas do Senhor Carros entra em campo mais uma vez para te mostrar o que há de bom e o que há ruim no Jeep Renegade e assim servindo como um guia literal para te ajudar nessa jornada de compra. 

Para conferir os prós e contras do Jeep Renegade basta apenas continuar a leitura do artigo. 

Pró: Alta capacidade tecnológica

Começamos a nossa lista de prós e contras do Jeep Renegade com uma questão que chama muito a atenção: O grande poder tecnológico. 

A versão 2021 do Jeep Renegade é rica em detalhes tecnológicos que saltam aos olhos não apenas dos condutores mas de todos os passageiros que viajam no modelo. 

Ar-condicionado dual zone, faróis Full Led, suspensão independente, seletor de terrenos, sensores de chuva e crepuscular tornam a condução do modelo muito mais divertida e consequentemente agradável. 

Afinal a experiência também é importante no momento de decidir comprar um exemplar. 

Pró: Dirigibilidade

Outro ponto positivo do Jeep Renegade tanto na versão 2021 quanto nas versões anteriores é seu poderio de dirigibilidade. 

Mesmo sendo um SUV com ambição off-road o veículo mostra um ótimo comportamento também em pisos de asfalto. Calçado com pneus de uso misto, o Renegade apresenta ótima fluidez em ruas, avenidas e estradas. 

Dirigibilidade
Dirigibilidade é ponto alto

Diferente do que muita gente pensa, sua dirigibilidade em um trânsito mais pesado é agradável e todo o aparato tecnológico é de grande ajuda na hora de realizar manobras. 

Pró: Segurança

O Jeep Renegade é uma ótima opção para o transporte familiar e de amigos. Sendo inclusive uma boa opção de veículos para solteiros que buscam realizar viagens inclusive com amigos. 

E para levar as pessoas que gostamos nada melhor do que contar com um carro conhecido por seus aparatos de segurança, não é mesmo? E quando o assunto é segurança, o Renegado tem grande resguardo. 

Com 7 airbags, sistema de controle de tração e estabilidade, seletor de terrenos e suspensão independente, rodar com um exemplar é uma tarefa prazerosa e segura ao mesmo tempo. 

Pró: Conforto e espaço interno

Aqui temos mais um ponto positivo na lista de prós e contras do Jeep Renegade. Na verdade um não, dois! 

Com um acabamento refinado é rápido e fácil se sentir confortável no interior de um Renegade. Além disso o amplo espaço interno também chama atenção.

Espaço interno
Segurança e espaço interno são destaques

Motorista, carona e ocupantes do banco traseiro, geralmente viajam de maneira bastante confortável em grandes deslocamentos. Sem sombra de dúvidas o SUV é um modelo indicado para quem busca conforto. 

Pró: Consumo na versão diesel

Pensando em custo x benefício direto do ponto de vista de valor de combustível para locomoção, ter um Renegade movido à diesel na garagem é uma ótima opção. 

Afinal, se trata de um SUV com valor mais acessível do que outros modelos e com um motor extremamente durável que apresenta pouca manutenção. 

Pró: Versões usadas em bom estado

Outro ponto positivo na nossa lista de prós e contras do Jeep Renegade é que por ser um veículo com boa aceitação e consequentemente bons números de vendas é relativamente simples encontrar um modelo usado em bom estado. 

É preciso lembrar que comprar um modelo usado nem sempre é má ideia. Uma vez que é possível encontrar veículos conservados, com baixa quilometragem e o mais importante de tudo: Com valores bem mais acessíveis. 

Pró: Possibilidade de customização

Outro item que pesa a favor na hora de comprar um Renegade é a possibilidade de customização do seu exemplar. 

Moab
Possibilidade de customização chama atenção

A montadora disponibiliza para o comprador um pack com uma série de acessórios. Assim cada modelo que sai da concessionária é único e não é igual ao outro, o que praticamente garante um exemplar único. 

Pró: Pacote de serviços

E o nosso último mas não menos importante item a favor na hora de comprar um Renegade é a disposição de um pacote de serviços ao proprietário do veículo.

Dentro deste pacote estão o aumento do período garantia de fábrica, os valores fixados de revisões e ainda proteções extras a rodas e pneus. O que permite maior controle de gastos ou diluição de despesas em caso de compra por meio de financiamento. 

Contra: Porta-malas pequeno

O primeiro item negativo na nossa lista de prós e contras do Jeep Renegade é o tamanho do porta-malas. 

Porta-malas
Porta-malas pequeno é calcanhar de Aquiles do Renegade

Talvez por conta do amplo espaço interno ou por algum erro de projeto. Não sabemos. A verdade é que o porta-malas do Renegade é pequeno e deixa a desejar em termos de espaço e isso pode ser visto como um empecilho na hora da compra por muita gente. 

Contra: Motor defasado

O Renegade já está há alguns anos no nosso mercado e já faz tempo que carrega consigo o funcional porém antiquado motor 1.8 Flex.

Como se sabe a Jeep faz parte do grupo FCA que também envolve a Fiat. Há um motor 1.3 turbo flex FireFly pronto para ser colocado em muitos modelos 2021 e um dos veículos que muitos acreditavam que ganharia o novo motor era justamente o Renegade. 

Mas isso não aconteceu e assim o modelo seguirá em desvantagens em termos de economia, sustentabilidade e até mesmo potência. 

Contra: Consumo com etanol

E o nosso último item da lista é o consumo com etanol. Mesmo se tratando de um SUV pesado o consumo do modelo quando abastecido com Etanol deixa bastante a desejar. 

Esse item negativo está diretamente relacionado ao nosso fator anterior que é um motor antigo e defasado sob o capô. Algo que só deve mudar em 2022. 

Conclusão

A exemplo de muitos outros modelos, não existe um carro que seja 100% em termos de itens favoráveis na hora da compra. Assim é preciso pesar os prós e contras antes de fechar qualquer tipo de negócio. 

Entretanto como é possível notar quando falamos de prós e contras o Jeep Renegade possui muito mais itens positivos do que negativos. Podendo então ser considerado um ótimo negócio. 

Se você está interessado em comprar um modelo, seja ele zero km ou até mesmo usado é só clicar no botão abaixo que te ajudaremos a efetuar a compra de um Renegade para chamar de seu. 

Continuar Lendo

Em Alta