Siga nas Redes Sociais

Artigos

Desvende a tecnologia por trás de carros que freiam automaticamente!

Por

Senhor Carros 

| Publicado em

Mclaren 720S

Provavelmente você já passou por uma situação de frenagem de emergência, seja por falta de atenção ou descuido de terceiros. Hoje, porém, existem sistemas de segurança para evitar que tais situações acabem se tornando um acidente grave. Os sistemas autônomos de frenagem de emergência, ou AEB, prometem diminuir a velocidade ou até mesmo levar o carro a total imobilidade caso seja identificada uma possível colisão.

Através de sensores localizados na parte frontal do veículo são identificados obstáculos na trajetória do automóvel e são calculadas a distância e a velocidade que os objetos estão. A partir daí é analisado pelo sistema qual a melhor ação a ser tomada. Ou se para totalmente o veículo ou se aplica pressão nos sistemas de freios para diminuir sua velocidade.

ANÚNCIOS

Identificação do obstáculo

A total parada do veículo geralmente é limitada a baixas velocidades, em alguns casos, como a Volvo, o sistema é limitado a 50 km/h. Em velocidades superiores o sistema reduz a velocidade com o objetivo de minimizar os efeitos de uma colisão.

A Volvo tem sido pioneira e referência no desenvolvimento de sistemas de segurança, e já oferece o sistema de frenagem automática em seus modelos. Ao redor do mundo todas as grandes montadoras já aplicam a tecnologia enquanto no Brasil poucos modelos de fabricação nacional oferecem o assistente de frenagem. É o caso do Ford Focus Titanium Plus, a opção mais em conta no mercado nacional que possui a tecnologia.

ANÚNCIOS

Modelo do Ford Focus com tecnologia de frenagem autônoma

FORD TESTA SISTEMA DE FRENAGEM AUTOMÁTICA NO TRÂNSITO DE PARIS Imagens e fotos de carro
ANÚNCIOS

Avanço conjunto

Já nos EUA foi firmado um acordo entre mais de 20 montadoras se comprometendo a incorporar o sistema como item de série em seus veículos a partir de 2022. Em nosso país, assim como ocorreu com ABS e Air Bag que um dia foram opcionais e exclusivos de modelos de luxo, esse tipo de auxílio eletrônico tende a ter um menor custo no futuro e poderá também se tornar um item de série em nossos veículos.

Segundo o IIHS, Instituto de Seguradoras de Segurança para Rodovias, o sistema de frenagem autônoma pode reduzir acidentes em até 35%. Já o EuroNCAP, instituição que avalia o nível de segurança de veículos automotores, já considera a tecnologia para realizar a pontuação de seus testes.

Abaixo é possível visualizar o teste da EuroNCAP em alguns veículos equipados com o AEB, como o Ford Focus:

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=-gYiP9u6mU8[/embed]

O AEB tem obtido respostas muito satisfatórias nos testes e em uso, e em breve a tecnologia deve se tornar mais acessível no país. O que pode ajudar a diminuir as altas estatísticas de acidentes fatais no Brasil.

ANÚNCIOS
ANÚNCIOS

Em Alta