Artigos

Carros Baratos Que São Extremamente Caros De Manter

por

Senhor Carros

Publicado em

O preço sempre é o maior suspeito quando se trata de um bem material, chega a ser mais suspeito ainda quando esse bem material se trata de um veículo. Possuir um carro bom é essencial, ter a liberdade de locomoção é confortável e completamente seguro. Entretanto, não é fácil encontrar carros bons e baratos que suprem todas as necessidades do proprietário. Por isso, hoje iremos mostrar para vocês alguns carros baratos que são extremamente caros de manter. Confira! 

carros bons e baratos
Carros Bons e Baratos – Senhor Carros
ANÚNCIOS

Carros bons e baratos 

Como foi dito acima, iremos mostrar alguns modelos de veículos que são relativamente baratos no mercado, mas que são caros para se manter. Usamos fontes como icarros, webmotors e claro, a nota do Inmetro. Consideramos a qualidade do carro e a média financeira de um hipotético cliente em potencial. Por isso, escolhemos carros que possuem um valor máximo de R$ 50,000,00 e alguns modelos com uma certa margem de erro.

carros bons e baratos
Revisão de Veículo – Senhor Carros

Pois, comparando os modelos a seguir com os concorrentes, eles podem ser considerados “baratos”, também consideramos a nota do Inmetro e o quanto gastam, por isso fizemos essa lista exclusivamente para você. 

Então, antes de qualquer objeção, necessito lhe dar um aviso: jamais pense em comprar um carro pelo preço de mercado sem ler este artigo, ele mudará sua visão. Continue lendo para conferir! 

O que faz um carro ser gastão 

Assim como qualquer outro provedor de energia, o carro precisa consumir para se locomover, e isso faz ele gastar com combustível, manutenção, seguro, lavagens, etc. Carros bons e baratos nem sempre são a melhor opção para adquirir um veículo, às vezes o mais caro é o que mais vale a pena a longo prazo. 

Os gastos de um veículo são anuais, acumulando todos os gastos mínimos mensais como lavagens, combustível, taxas, além de outros. Por isso, para que um dos carros bons e baratos não gaste tanto para se manter, ele precisa ter a economia necessária. 

carros bons e baratos
Carro Danificado – Senhor Carros

Para um carro não gastar muito é importante observar alguns detalhes antes de comprar, abaixo estará a lista dos itens importantes para observar em um veículo antes de pensar em comprá-lo:

  • Consumo Energético
  • Consumo Cidade – Etanol
  • Consumo Estrada – Etanol
  • Consumo Combinado – Etanol
  • Consumo Cidade – Gasolina
  • Consumo Estrada – Gasolina
  • Consumo Combinado – Gasolina
  • Valor do IPVA – DPVAT 
  • Valor do Seguro Anual
  • Revisão e Manutenção

Exemplos de Carros Bons e Baratos Que São Caros de Manter

Volkswagen Gol Trendline 1.6 

O Volkswagen Gol é um ícone da montadora alemã Volkswagen, que foi desenhado exclusivamente no Brasil. Em termos de qualidade e preço, ele é um dos melhores carros bons e baratos do mercado. Sua história é icástica, presente no mercado a exatos 40 anos, um carro que o brasileiro conhece desde suas origens. Eleito “Carro do Ano” no Brasil duas vezes pela revistaautoesporte. Certamente, o Volkswagen Gol deixou o seu legado em nosso país. 

Volkswagen Gol Trendline 1.6 – Senhor Carros

Agora, sua sétima versão, denominada de Gol G7, com a versão Trendline 1.6, se enquadra entre os carros bons e baratos, mas não tão barato quanto é mantê-lo. O valor do veículo está avaliado em R$ 34.500,00, um preço bem razoável. Mas agora iremos listar os gastos do veículo usando informações de pesquisa da icarros (confira)

  • Valor de Aquisição: R$ 45.859,00
  • Valor de Depreciação: R$ 17.425,08 (38,00%)
  • Taxas obrigatórias: R$ 5.726,63
  • Seguro obrigatório: R$ 204,30
  • Seguro opcional: R$ 5.391,96
  • Revisão: R$ 1.933,60
  • Lavagens: R$ 1.800,00
  • Combustível: R$ 17.757,39
  • Custo de 3 anos: R$ 50.238,96
  • Custo mensal: R$ 1.395,53
carros bons e baratos
Volkswagen Gol – Senhor Carros

Hyundai HB20 Comfort Plus

O primeiro carro popular da Hyundai fabricado no Brasil, o Hyundai HB20 tem pouco tempo de mercado e conquistou um excelente espaço no país, sendo um dos carros mais vendidos do Brasil. Com fabricação totalmente independente e brasileira, o Hyundai HB20 foi o terceiro carro mais vendido em 2015 e 2016, e recentemente criou uma competição monomarca intitulada como Copa HB20, ou também conhecida como HB20 Motorsport, com o objetivo de engajar os apaixonados por automobilismo promovendo o modelo HB20 em todo o Brasil.

Hyundai HB20 Comfort Plus – Senhor Carros

Com o sucesso que a Hyundai fez com esse carro em sua primeira versão, era inevitável chegar novidades de bom nível do veículo, que além de ser um dos melhores carros bons e baratos, é um dos que mais economiza. Consequentemente, ganhou novas versões, como o HB20X, um crossover lançado um ano depois do primeiro modelo. E em seguida veio o Hyundai HB20S, uma versão sedan que foi muito bem recebida no mercado e deixa a Hyundai no Top 25 nacional.

Agora, uma das mais recentes versões do Hyundai HB20 é a Comfort Plus, que de acordo com o site icarros é um dos carros bons e baratos mais caros de se manter. O carro está avaliado em torno de R$ 49.990,00. Iremos listar abaixo os gastos deste veículo:

  • Valor de Aquisição: R$ 45.080,00
  • Valor de Depreciação: R$ 12.497,51 (27,72%)
  • Taxas obrigatórias: R$ 5.825,80
  • Seguro obrigatório: R$ 204,30
  • Seguro opcional: R$ 4.565,52
  • Revisão: R$ 1.770,46
  • Lavagens: R$ 1.800,00
  • Combustível: R$ 16.336,80
  • Custo de 3 anos: R$ 43.000,39
  • Custo mensal: R$ 1.194,46
Hyundai HB20 – Senhor Carros

Ford Ka 1.0 SE

Assim como o Volkswagen Gol, o Ka, veículo fabricado pela montadora Ford, também é histórico em nosso país. Presente desde 1996, já foi um dos hatchs mais econômicos do Brasil para um dos sedans mais vendidos do país. 

Ford Ka 1.0 SE – Senhor Carros

O Ford Ka faz parte da lista dos melhores carros bons e baratos do mercado, avaliando seu preço desde sua primeira geração, o Ka tem um valor que cabe no bolso, principalmente o Ford Ka Básico, que em 1997 chegou a custar R$ 11.000, se tornando o carro mais barato oferecido pela Ford na época. 

Com toda evolução visível e independente, o Ford Ka ganhou novas versões, com melhorias e novos detalhes. Porém, perdeu o título de carro econômico bom e barato, pois com a versão Ford Ka 1.0 SE, ele não se enquadra mais entre os carros bons e baratos de manter. De acordo com as pesquisas do icarros, o Ford Ka 1.0 SE tem um preço bem salgado para se manter. 

O preço do veículo está avaliado em torno de R$ 49.240,00. Um preço relativamente alto para alguns, mas como estamos colocando veículos com o limite de R$ 50.000,00, o Ka se enquadra em nossa lista. Agora iremos listar os gastos:

  • Valor de Aquisição: R$ 41.520,00
  • Valor de Depreciação: R$ 12.201,64 (29,39%)
  • Taxas obrigatórias: R$ 5.390,10
  • Seguro obrigatório: R$ 204,30
  • Seguro opcional: R$ 4.125,51
  • Revisão: R$ 1.996,00
  • Lavagens: R$ 1.800,00
  • Combustível: R$ 15.126,67
  • Custo de 3 anos: R$ 40.844,21
  • Custo mensal: R$ 1.134,56
Ford Ka – Senhor Carros

Conclusão 

Os gastos de um veículo sempre irão existir, sendo ele um dos carros bons e baratos ou um dos luxuosos e caros. É importante avaliar cada detalhe de aquisição financeira antes de comprar qualquer veículo, sendo novo ou usado. Ter um carro é como ter uma casa, e manter sua casa com comida e contas é equivalente a manter o seu carro com combustível e despesas em dia. Se for tomar a decisão de comprar o seu primeiro carro ou renovar o seu veículo, não compre um carro que os custos sejam maiores que a sua renda. Os modelos que apresentamos são de fato caros de se manter, mas ainda sim valem a pena, se não eles não seriam os carros mais vendidos do país (confira nosso artigo sobre os mais vendidos). 

Resumindo, ter um carro é difícil, mantê-lo é ainda mais difícil. Mas quando as coisas ficam corretas e você passeia com a sua família, tudo fica mais fácil. Pois, isso não tem preço. 

Depois dessa revisão detalhada do custo para se manter alguns veículos, que tal aproveitar esse tempo ocioso para aprender um pouco mais sobre mecânica e cuidados automotivos?

Ficou curioso?

Então confira o curso a seguir, 100% digital.

Listas

É o fim: Saiba quais são os carros que vão sair de linha em 2020

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Carros que vão sair de linha

Sempre que o ano chega em seu segundo semestre, notícias temerosas surgem no universo automotivo e em 2020 a história não é diferente. Muitos modelos já estão com data marcada para desaparecer. Embora alguns vão ser substituídos por novas gerações, há alguns carros que vão sair de linha. 

Se você escolheu 2020 como o ano para comprar um carro, não feche nenhum negócio antes de ler o artigo de hoje, afinal, comprar um carro que vai sair de linha nem sempre é uma boa idéia. 

Com o objetivo de te manter informado, nós do Senhor Carros vamos te mostrar hoje quais são os carros que vão sair de linha em 2020. Não deixe de conferir. 

Carros que vão sair de linha em 2020: Saiba quais são

Saiba agora quais são os carros que vão sair de linha em 2020

Chevrolet Cobalt

Com o lançamento do Onix Plus, a chevrolet disse que o Cobalt não sairia de linha. 

Até agora, o modelo ainda é comercializado em concessionários, mas de acordo com informações de representantes da marca, as unidades comercializadas são 2019/2020.

Cobalt
Cobalt é cotado para aposentadoria eterna

Assim que os estoques acabarem, o Chevrolet Cobalt chegará ao fim de sua jornada. Seu irmão menor, o Joy Plus (antes chamado de Prisma) ganhou sobrevida e deverá deixar o mercado apenas no fim de 2022.

Ford Fusion

As perspectivas são obscuras para o Ford Fusion. A montadora estadunidense já afirmou que o modelo, que é produzido no México e exportado para EUA e Brasil terá a produção encerrada. 

De acordo com a própria Ford, um substituto direto está descartado, uma vez que a marca vai abandonar o segmento de sedãs médios e grandes para focar em SUVs. A chegada do Bronco é um exemplo disso. 

Fusion
Fim da linha para o Fusion

O modelo ainda segue sendo comercializado nas concessionárias, mas sob a chancela de produção e modelo 2019/2020. 

Hyundai IX35

O Hyundai IX35 pode até não sair de linha em 2020, mas seu futuro é um tanto quanto incerto. 

O motivo do modelo estar na lista dos carros que vão sair de linha em 2020 é sua baixa participação no mercado. 

Além de sofrer derrotas consecutivas para concorrentes de outra marca, o Creta faz concorrência interna direta por ser mais moderno e ter valores semelhantes. 

IX35
Imbróglio jurídico e baixas vendas devem colocar fim na produção do IX35

Embora o modelo 2020 esteja sendo comercializado, e eIxista um contrato de produção entre a Hyundai e a Caoa, a empresa sul-coreana se recusa a renová-lo. 

O imbróglio é tão grande que está sendo analisado no tribunal de justiça de Frankfurt na Alemanha. Pela nossa experiência na área, é muito provável que 2020 seja o fim da linha para o IX35. 

Volkswagen Fox

O Fox pode até ganhar sobrevida e sobreviver mais um ano, mas se isso ocorrer, os modelos provavelmente serão comercializados como 2020/2021. 

A sobrevivência do pequeno hatch está atrelada ao seu desempenho comercial. Em 2019 o modelo foi o 19º carro mais vendido por aqui com mais de 38 mil unidades emplacadas. 

Fox
Vendas podem sacramentar a produção do Fox

O problema é que seus emplacamentos vêm sofrendo quedas constantes. É importante lembrar que a SpaceFox já foi descontinuada exatamente por conta de seu fraco desempenho de vendas. 

Gerações que sairão de linha em 2020

A exemplo de alguns carros que vão sair de linha em 2020, há também as gerações que estão se despedindo para dar lugar às suas sucessoras, que terão apenas seus nomes, mas que na prática serão totalmente diferentes. Bora saber quais são?

Renault Duster

Conforme já mostramos aqui, o novo Duster passou por algumas alterações que são fáceis de serem notadas, mas que deixaram a desejar. 

O carro foi sim, e é considerado pela montadora francesa como uma nova geração, mas só de olhar, é possível encontrar muitas semelhanças com a geração anterior. Além disso, a motorização é sem sombra de dúvidas o ponto fraco dessa “renovação”

O novo Renault Duster conta apenas com uma opção de motor, o “defasado” 1.6 Sce de 120 cavalos. 

Duster
Nova geração do Duster é semelhante à anterior

O aclamado motor 2.0 aspirado saiu de linha e o substituto natural, que seria o 1.3 turbo ainda não deus as caras por aqui. Algo que pode atrapalhar as vendas. 

Chevrolet Tracker

O Tracker é mais um modelo que terá sua geração renovada. 

O modelo que antes era fabricado e importado do México passou por idas e vindas no mercado brasileiro e agora tenta se firmar de uma vez por todas como um SUV competitivo e atrativo. 

Além do visual renovado, as versões mais básicas do novo Chevrolet Tracker trazem sob o capô um motor 1.0 turbo flex de 3 cilindros, capazes de render até 116 cavalos de potência e câmbios manual ou automático de 6 marchas. 

Tracker
Chevrolet Tracker mudou da água pro vinho

Já as versões superiores, são equipadas com um inédito motor 1.2 turbo, também de três cilindros, flex, mas somente com câmbio automático de 6 velocidades. Sem sombra de dúvidas um “plus” para enfrentar a concorrência. 

Peugeot 208

Considerado o “carro chefe” da montadora francesa no Brasil, o 208 vai ganhar uma nova geração incrível. 

O modelo será igual ao europeu que foi lançado no ano passado. A exemplo de muitos outros veículos, o novo 208 teve seu lançamento e vendas atrapalhados pela pandemia do novo coronavírus. 

A geração atual do 208 é fabricada na fábrica de Porto Real no RJ, mas o novo será produzido na Argentina, na fábrica da montadora na cidade de El Palomar e será importado para o Brasil com os benefícios comerciais assegurados pelo Mercosul. 

208
Peugeot 208 passou sofreu mudanças profundas

O hatch é parte importante dos planos da Peugeot para aumentar a participação no mercado automotivo brasileiro a partir de 2021.

Honda FIT

A quarta geração do Honda Fit foi apresentada na última edição do Salão do Automóvel de Tóquio e é esperada aqui no Brasil ainda no segundo semestre de 2020. 

Embora tenha sido totalmente reformulado, o modo mantém o foco no aproveitamento do espaço interno e praticidade no interior do habitáculo. 

Além da renovação estética, o Fit conta com novidades no motor. Pela primeira vez, o modelo será equipado com uma unidade 1.0 turbo de três cilindros e injeção direta associado a um câmbio CVT. 

Honda Fit
Honda Fit passou por alterações mais do que necessárias

Já no mercado europeu, o Fit da nova geração terá uma versão híbrida, movida por um motor 1.5 à combustão movido a gasolina e outro elétrico. 

Agora queremos saber de você. Qual é o seu modelo preferido entre os carros que vão sair de linha de 2020? Deixe um comentário contando pra gente. 

E depois de descobrir quais são os modelos de carros que vão sair de linha em 2020 que tal conferir uma lista com aqueles modelos que mais se destacaram na última década? Para isso, é só clicar no botão a seguir.

Continuar Lendo

Em Alta