Artigos

Você pode fazer isso pelo seu carro se ele estiver parado na quarentena!

por

Murilo C.

Publicado em

Estamos enfrentando a primeira pandemia do mundo moderno. Antes precisávamos ir a todos os lugares, hoje existe a necessidade de ficar em casa, para evitar uma maior propagação do coronavírus. Assim como nós, o carro parado na quarentena, também demanda alguns cuidados. 

Já dizia o velho ditado: Quem ama cuida, e certamente se você possui um carro, você deve amá-lo e considerá-lo como um membro da família. Pois bem, tão importante quanto cuidar de um veículo que roda todos os dias, é cuidar de um carro que está parado por motivos de força maior. 

Foi pensando nisso que nós do Senhor Carros preparamos esse manual para te ensinar a cuidar do carro parado na quarentena. As medidas que mostraremos são simples e podem ser feitas por você mesmo no conforto e segurança do seu lar. Quer saber mais? É só continuar a leitura desse artigo! 

Carro parado na quarentena
ANÚNCIOS

Cuidados com o carro parado na quarentena

Confira quais são os principais cuidados que devem ser tomados com o carro parado na quarentena. 

Funcionamento do motor 

O Motor é o coração do carro, correto? Sendo assim, é preciso ligá-lo ao menos duas vezes por semana para que fluídos e óleos possam circular pelo sistema como um todo evitando possíveis travamentos e formação de borras, como pode acontecer com o óleo. 

O período de funcionamento deve durar de 10 a 15 minutos ou até que a temperatura de trabalho seja atingida. No entanto é preciso ressaltar: Evite fazer isso em garagens fechadas, pois a liberação de gases pode causar sufocamento ou até mesmo irritações das mucosas. Se possível mantenha o portão aberto enquanto funciona seu carro. Esse é o primeiro cuidado com o carro parado na quarentena. 

Ligue o motor
É importante dar a partida no motor semanalmente

Solte o freio de mão 

Esse cuidado pode parecer um pouco estranho, correto? Mas ele é totalmente necessário. Para realizar esse tipo de ação, o recomendado é que você encontre calços para as quatro rodas para evitar que seu carro se movimente e acabe atingindo outro veículo, paredes, pilastras ou portão. 

É importante soltar o freio de mão e deixar o carro em ponto morto (por isso a necessidade dos calços) para evitar que o platô de embreagem se cole, além do surgimento de folgas no sistema de tensão do freio de mão. 

freio de mão
Deixe o freio de mão solto e calce os pneus

Sistemas e componentes elétricos 

Equipamentos também podem apresentar mal funcionamento durante períodos inativos. A dica aqui é simples: Enquanto espera o motor aquecer, você deve executar dois ciclos de ativação dos dispositivos elétricos. A utilização desses sistemas é um cuidado fundamental com o carro parado na quarentena. 

Portanto, suba e desça os vidros, trave e destrave as portas, dê seta, acione os faróis e as lanternas, o desembaçador traseiro, e também os ejetores de água e limpadores. Tudo em duplicata. 

Outro item que merece atenção redobrada é o ar-condicionado. Logo após a partida do motor, o sistema deve ser ligado no modo de refrigeração por pelo menos cinco minutos, o que garante a lubrificação do motor. 

No período de tempo restante, desligue o compressor e ligue o ar quente, mantendo-o ligado pelo restante do tempo que o motor estiver funcionando. O ar aquecido vai evitar a formação de condensação nas tubulações, prevenindo o mal cheiro na cabine, além da formação de fungos, que podem colaborar para o surgimento de alergias e doenças respiratórias. 

componentes elétricos
Ative todos os sistemas e componentes elétricos

Combustível 

Essa é outra dica importante. Já que ainda não sabemos quando o mundo voltará a normalidade, o ideal é que não se deixe o tanque cheio. Em caso de gasolina comum, altas quantidades do combustível parado pode acabar formando viscosidades no tanque e obstruir filtros, entupir injetores e em casos de carros antigos, até os carburadores podem acabar prejudicados. 

Sabemos que etanol é reconhecido por ser mais difícil para se dar partida, o que poderia consumir mais bateria, prejudicando o funcionamento elétrico do veículo como todo. Por isso, com a chegada do outono, seria interessante evitar esse tipo de combustível.

Caso precise deixar combustível no tanque, o ideal é optar pela gasolina aditivada. Ela possui um período maior de durabilidade, reduzindo as chances de acúmulo de viscosidades que podem lesionar tanto o motor quanto os seus componentes. 

Marcador de combustível
Evite deixar o tanque cheio

Bateria 

Aqui temos outro cuidado de grande importância para o carro parado na quarentena. Para evitar a descarga, como mencionamos anteriormente, o veículo deve ser ligado ao menos duas vezes por semana. 

Nesse momento você deve estar se perguntando: Ok, mas e os veículos elétricos ou híbridos? Para esse tipo de veículos, durante o período de quarentena, o ideal é ligar o veículo em um local de carregamento adequado. Além disso, o status da bateria deve ser checado regularmente e o veículo não deve ficar parado por um período maior de três meses com status de carga inferior a 50%, o que pode causar mal funcionamento da bateria no futuro. 

elétrico
Manter vida útil da bateria é simples

Seguro 

Aqui temos outro cuidado importante com o carro parado na quarentena. Não é todo mundo que tem uma garagem apropriada para deixar o seu veículo. Infelizmente há quem deixe o carro na rua ou então em estacionamentos coletivos, o que pode aumentar a chance de roubo, tanto do veículo em si, quanto de algumas peças como rodas ou estepes e até mesmo problemas estéticos como amassados ou quebras e trincas no vidro. 

Muita gente pode pensar que não renovar o seguro pelo simples fato de não estar rodando com o carro pode ser uma economia. Mas na verdade, essa é uma economia que pode ser cara, caso algum dano aconteça com o veículo nesse período, ou pior ainda, o veículo seja roubado. Lembre que sua avó dizia: O seguro morreu de velho.

seguro auto
Não negligencie o seguro

Interior 

O cuidado com o interior também não deve ser deixado de lado. Para quem mora ou guarda o carro em lugares úmidos é importante abrir o veículo por algumas horas durante a semana. 

Além disso, a higienização interna não deve ser deixada de lado. Para o painel e botões deve-se utilizar álcool isopropílico, caso você não tenha o material, o ideal é usar detergente neutro. 

Carpetes e tapetes também devem ser limpos e se possível aspirados ao menos uma vez por mês. Todas essas ações, visam impedir a formação de bolores e fungos que podem deixar o veículo mal cheiroso, além de prejudicar futuramente a saúde respiratória de seus ocupantes 

interior
Cuide do interior

Pintura 

Outro item que não deve ser negligenciado é a pintura. Se o veículo for ficar exposto ao tempo, o ideal é em um primeiro momento lavá-lo, para retirar toda a sujidade e o excesso de pó ou poluição. Em seguida, o carro deve ser seco  e posteriormente coberto, preferencialmente com uma capa de algodão, pois evita danos e riscos à pintura. 

Cobrir o carro também evita que folhas, insetos e sujeiras entrem no duto de ar, podendo trazer problemas futuros ao funcionamento do ar-condicionado, por exemplo, além de prevenir danos na pintura ocasionados pelo sol.

capa
Cubra o carro

Pneus 

O ideal mesmo seria deixar o veículo elevado, fazendo com que os pneus não ficassem no chão, mas convenhamos que não são todos que possuem macacos hidráulicos em casa. O ato de levantar o carro evita que os pneus se deformem durante o período forçado de paralisação. 

Para que não pode levantar o carro, a sugestão é de que os pneus sejam calibrados a cada 10 dias. alguns condomínios dispõem de calibradores na garagem, assim como há aquelas pessoas que possuem seus próprios calibradores em suas casas. 

No entanto para quem não dispõe do equipamento em casa, o ideal é ir até o posto de combustível a cada 10 dias para realizar a calibragem dos pneus. O que nos leva ao último tópico dos cuidados que devemos ter com o carro parado na quarentena. 

calibra
Mantenha os pneus calibrados

Ande com o carro 

E por fim, esse é o último cuidado que devemos ter com o carro parado na quarentena. Se possível, ande com o carro pelo menos uma vez a cada 10 dias – e aproveite esse voltinha para calibrar os pneus. 

Sim, a ordem é ficar em casa e devemos prezar pelo isolamento social e só sair quando for necessário, por isso essa volta deve ser pequena e o mais rápido possível, seguindo todos os cuidados sanitários. 

Andar com o carro faz com que todos os sistemas sejam utilizados e movimentados, evitando qualquer tipo de problema ou mal funcionamento futuro. Caso você more em um condomínio grande ou a garagem seja espaçosa e conte com um calibrador de pneus, é possível rodar com o veículo ali dentro mesmo, sem precisar sair para o mundo exterior. 

Dirija
Se possível, ande com o carro

Após conhecer os cuidados que devem ser tomados com o carro parado na quarentena, que tal aproveitar esse tempo ocioso para aprender um pouco mais sobre mecânica e cuidados automotivos?

Ficou curioso?

Então confira o curso a seguir, 100% digital.

Redator especialista em carros, se identifica com conteúdos relacionados a lançamentos e análises de veículos e acredita que compartilhar conhecimento na área ajuda todos a tomarem melhores decisões em busca do veículo ideal para cada tipo de perfil.

Listas

É o fim: Saiba quais são os carros que vão sair de linha em 2020

por

Murilo C.

Publicado em

| Atualizado em

Carros que vão sair de linha

Sempre que o ano chega em seu segundo semestre, notícias temerosas surgem no universo automotivo e em 2020 a história não é diferente. Muitos modelos já estão com data marcada para desaparecer. Embora alguns vão ser substituídos por novas gerações, há alguns carros que vão sair de linha. 

Se você escolheu 2020 como o ano para comprar um carro, não feche nenhum negócio antes de ler o artigo de hoje, afinal, comprar um carro que vai sair de linha nem sempre é uma boa idéia. 

Com o objetivo de te manter informado, nós do Senhor Carros vamos te mostrar hoje quais são os carros que vão sair de linha em 2020. Não deixe de conferir. 

Carros que vão sair de linha em 2020: Saiba quais são

Saiba agora quais são os carros que vão sair de linha em 2020

Chevrolet Cobalt

Com o lançamento do Onix Plus, a chevrolet disse que o Cobalt não sairia de linha. 

Até agora, o modelo ainda é comercializado em concessionários, mas de acordo com informações de representantes da marca, as unidades comercializadas são 2019/2020.

Cobalt
Cobalt é cotado para aposentadoria eterna

Assim que os estoques acabarem, o Chevrolet Cobalt chegará ao fim de sua jornada. Seu irmão menor, o Joy Plus (antes chamado de Prisma) ganhou sobrevida e deverá deixar o mercado apenas no fim de 2022.

Ford Fusion

As perspectivas são obscuras para o Ford Fusion. A montadora estadunidense já afirmou que o modelo, que é produzido no México e exportado para EUA e Brasil terá a produção encerrada. 

De acordo com a própria Ford, um substituto direto está descartado, uma vez que a marca vai abandonar o segmento de sedãs médios e grandes para focar em SUVs. A chegada do Bronco é um exemplo disso. 

Fusion
Fim da linha para o Fusion

O modelo ainda segue sendo comercializado nas concessionárias, mas sob a chancela de produção e modelo 2019/2020. 

Hyundai IX35

O Hyundai IX35 pode até não sair de linha em 2020, mas seu futuro é um tanto quanto incerto. 

O motivo do modelo estar na lista dos carros que vão sair de linha em 2020 é sua baixa participação no mercado. 

Além de sofrer derrotas consecutivas para concorrentes de outra marca, o Creta faz concorrência interna direta por ser mais moderno e ter valores semelhantes. 

IX35
Imbróglio jurídico e baixas vendas devem colocar fim na produção do IX35

Embora o modelo 2020 esteja sendo comercializado, e eIxista um contrato de produção entre a Hyundai e a Caoa, a empresa sul-coreana se recusa a renová-lo. 

O imbróglio é tão grande que está sendo analisado no tribunal de justiça de Frankfurt na Alemanha. Pela nossa experiência na área, é muito provável que 2020 seja o fim da linha para o IX35. 

Volkswagen Fox

O Fox pode até ganhar sobrevida e sobreviver mais um ano, mas se isso ocorrer, os modelos provavelmente serão comercializados como 2020/2021. 

A sobrevivência do pequeno hatch está atrelada ao seu desempenho comercial. Em 2019 o modelo foi o 19º carro mais vendido por aqui com mais de 38 mil unidades emplacadas. 

Fox
Vendas podem sacramentar a produção do Fox

O problema é que seus emplacamentos vêm sofrendo quedas constantes. É importante lembrar que a SpaceFox já foi descontinuada exatamente por conta de seu fraco desempenho de vendas. 

Gerações que sairão de linha em 2020

A exemplo de alguns carros que vão sair de linha em 2020, há também as gerações que estão se despedindo para dar lugar às suas sucessoras, que terão apenas seus nomes, mas que na prática serão totalmente diferentes. Bora saber quais são?

Renault Duster

Conforme já mostramos aqui, o novo Duster passou por algumas alterações que são fáceis de serem notadas, mas que deixaram a desejar. 

O carro foi sim, e é considerado pela montadora francesa como uma nova geração, mas só de olhar, é possível encontrar muitas semelhanças com a geração anterior. Além disso, a motorização é sem sombra de dúvidas o ponto fraco dessa “renovação”

O novo Renault Duster conta apenas com uma opção de motor, o “defasado” 1.6 Sce de 120 cavalos. 

Duster
Nova geração do Duster é semelhante à anterior

O aclamado motor 2.0 aspirado saiu de linha e o substituto natural, que seria o 1.3 turbo ainda não deus as caras por aqui. Algo que pode atrapalhar as vendas. 

Chevrolet Tracker

O Tracker é mais um modelo que terá sua geração renovada. 

O modelo que antes era fabricado e importado do México passou por idas e vindas no mercado brasileiro e agora tenta se firmar de uma vez por todas como um SUV competitivo e atrativo. 

Além do visual renovado, as versões mais básicas do novo Chevrolet Tracker trazem sob o capô um motor 1.0 turbo flex de 3 cilindros, capazes de render até 116 cavalos de potência e câmbios manual ou automático de 6 marchas. 

Tracker
Chevrolet Tracker mudou da água pro vinho

Já as versões superiores, são equipadas com um inédito motor 1.2 turbo, também de três cilindros, flex, mas somente com câmbio automático de 6 velocidades. Sem sombra de dúvidas um “plus” para enfrentar a concorrência. 

Peugeot 208

Considerado o “carro chefe” da montadora francesa no Brasil, o 208 vai ganhar uma nova geração incrível. 

O modelo será igual ao europeu que foi lançado no ano passado. A exemplo de muitos outros veículos, o novo 208 teve seu lançamento e vendas atrapalhados pela pandemia do novo coronavírus. 

A geração atual do 208 é fabricada na fábrica de Porto Real no RJ, mas o novo será produzido na Argentina, na fábrica da montadora na cidade de El Palomar e será importado para o Brasil com os benefícios comerciais assegurados pelo Mercosul. 

208
Peugeot 208 passou sofreu mudanças profundas

O hatch é parte importante dos planos da Peugeot para aumentar a participação no mercado automotivo brasileiro a partir de 2021.

Honda FIT

A quarta geração do Honda Fit foi apresentada na última edição do Salão do Automóvel de Tóquio e é esperada aqui no Brasil ainda no segundo semestre de 2020. 

Embora tenha sido totalmente reformulado, o modo mantém o foco no aproveitamento do espaço interno e praticidade no interior do habitáculo. 

Além da renovação estética, o Fit conta com novidades no motor. Pela primeira vez, o modelo será equipado com uma unidade 1.0 turbo de três cilindros e injeção direta associado a um câmbio CVT. 

Honda Fit
Honda Fit passou por alterações mais do que necessárias

Já no mercado europeu, o Fit da nova geração terá uma versão híbrida, movida por um motor 1.5 à combustão movido a gasolina e outro elétrico. 

Agora queremos saber de você. Qual é o seu modelo preferido entre os carros que vão sair de linha de 2020? Deixe um comentário contando pra gente. 

E depois de descobrir quais são os modelos de carros que vão sair de linha em 2020 que tal conferir uma lista com aqueles modelos que mais se destacaram na última década? Para isso, é só clicar no botão a seguir.

Continuar Lendo

Em Alta